Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Vandalismo

24 de julho de 2012 4

Faço da Opinião do Santa a minha:

Afronta à civilidade

Mais do que um ataque a um dos principais símbolos da paisagem de Blumenau, o ato de vandalismo que provocou um princípio de incêndio na torre da Catedral São Paulo Apóstolo representa um gesto de desprezo e uma inaceitável investida contra a autoestima da cidade. Ocorrido no início da manhã de sábado, o fato constitui o ápice de uma sequência de episódios cujas implicações são cada vez mais graves, colocando na ordem do dia um debate que não pode mais ser postergado: até quando a comunidade vai tolerar tamanha afronta à educação e à civilidade?

Impõe-se, de uma vez por todas, que as autoridades investiguem, identifiquem e punam os responsáveis por estas agressões ao patrimônio de Blumenau.

Comentários (4)

  • junior diz: 24 de julho de 2012

    e os peritos liberaram a torre para o eletricista encontrar o motivo do incêndio? ahh conta outra…

  • JC diz: 24 de julho de 2012

    Pior foi a pichação no monumento na rua das palmeiras.
    Lugar destes vagabundos é na cadeia ou a 7 palmos.

  • André Silva diz: 24 de julho de 2012

    Consta que a PM exigiu a presença de dois padres, para registrar a ocorrência, e ainda, levando os sinos juntos, para provar que eram padres da Catredal, e uma foto do vândalo. Sem isso, nada de B.O.

  • Alberto diz: 25 de julho de 2012

    Valther…

    A maior parte das fogueiras são feitas por moradores de rua e outros usuários de drogas. É provável que tenham dormido no local e fazendo do mesmo um “mocó”. Nestes locais eles urinam, defecam e se alimentam, além de dormir. Raro aceitarem ajuda para se livrarem dos vícios e contam com a ajuda e costas quentes dos direitos humanos para praticarem pequenos delitos, daí o fato da PM não poder colocar a mão nos meliantes, mesmo sabendo quem são.

Envie seu Comentário