Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Inversão

27 de setembro de 2012 4

Ou todo mundo ocupa somente o espaço que lhe é destinado, ou vai ficar cada vez mais difícil conviver nas cidades. Na Rua Theodoro Holtrup, Bairro Vila Nova, Blumenau,  há uma inversão: pedestres na pista de rolamento, carros nas calçadas.

Não é por aí.

Alguma coisa está fora da ordem.

(Fotos: Sandro Bittencourt/Especial)


Comentários (4)

  • Curt Nees diz: 28 de setembro de 2012

    Meu caro Ostermann, tudo bem contigo?
    Penso que além de mostrar as fotos, deves mostrar, principalmente, as placas destes veículos, infratores do espaço alheio!!!

  • Nati diz: 28 de setembro de 2012

    Pensei que só eu achasse um absurdo esse lugar (estacionamento em cima da calçada), eu moro aí pertinho, já foi meu caminho diário como pedestre ter que desviar desses carros correndo risco de ser atropelada. Acidentes graves (capotamento, invasão de calçada e atropelamento de pedestres nas mesmas) não param de acontecer nessa rua, alias. É estranho o rigor da fiscalização em apenas alguns locais e aspectos da cidade e a “vista grossa” que se faz em outros.

  • CURTO&GROSSO diz: 28 de setembro de 2012

    Desrespeito com as normas de segurança e consequentemente um descaso total com a vida dos cidadãos.
    Observe-se que isto se tornou algo comum em todos os bairros da cidade e só não ocorre no centro pois por lá está o pessoal da GT que ao invés de sinalizar/auxiliar o trânsito nos momentos de rush, prefere sacar do bloco e da caneta e meter multas sem dar muita importância ao engavetamento constante na rua 15, o qual muitas vezes faz com que levemos em torno de 35 minutos para percorrer 1 km e isto sem contar com o consumo/custo desnecessário e irracional de combustível.

  • Cidadão Comum diz: 29 de setembro de 2012

    E ainda fazem propaganda de que somos a cidade nº 1 de Santa Catarina.
    É de se duvidar da veracidade desta pesquisa pois quando não estamos embaixo d’água, estamos engavetados no trânsito ou correndo o risco de morrer atropelado por falta de espaço seguro (?) para caminhar e tudo isto sem contar com o elevado custo de vida local.

Envie seu Comentário