Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A nossa grande causa

27 de outubro de 2012 7

Admito que fiquei assustado: a BR-470 é considerada a segunda rodovia mais perigosa do Brasil. Depois desta revelação, a pressão pela duplicação deve, com perdão da redundância, duplicar.

Temos, agora, o argumento definitivo.

Comentários (7)

  • Eduardo diz: 28 de outubro de 2012

    queria acreditar na duplicação da 470, mas eu acho quase impossível sair essa obra, apresentarão projeto,lote 1,2,3,4, aprovados,..nenhum vai sair do papel, se por algum motivo muito coerente sair do papel, vai ser como a 101, vai levar uns 20 anos, e pior, o numero de mortes vai dobrar, isso mostra o descaso com SC. isso tudo, não por causa de dinheiro, isso nós sabemos, mas sim por causa politica, a politica a cima dos direitos humanos.

  • Ronald diz: 28 de outubro de 2012

    A duplicação da BR 470 passa pela duplicação urgente da consciência e educação das pessoas. Nada garante alguma alteração de cenário com ela duplicada até Indaial, já que as estatísticas dão conta que o problema é generalizado em sua extensão. Assim como é generalizada a falta de educação das pessoas que transformam qualquer via em ring. Somando a falta de ação do sistema, temos esta realidade que todos nós nos acostumamos a enfrentar diariamente. Logo, sistema + sociedade = realidade!

  • CARLOS diz: 28 de outubro de 2012

    Valther. Ja pensou, usar-se a terceira lei de Newton com relação a BR-470. Aplicando apenas a força do voto útil, certamente teriamos uma reação.

  • Curt diz: 28 de outubro de 2012

    tentei enviar um comentário – desistí – é complicado demais.

  • Adelmo Faes diz: 28 de outubro de 2012

    Sempre a 470, codinome nacional de estacionamento a céu aberto…a gente não viaja, se arrasta. A muito tempo já deviam ter sido construidas marginais, acessos rápidos para outras cidades a partir de Gaspar até Indaial,Vila itoupava, Massaranduba, Pomerode e bairros de blumenau …dessafogando o estacionamento na 470. Muito carro só com o motorista, muitos caminhões e ônibus vazios. Faltam escrúpulos, educação e o trem para passageiros e carga. O vale europeu cresce acelerando com tudo, queremos que accelere mais, mas com a duplicação súbita…E sem viadutos invertidos.

  • junior diz: 28 de outubro de 2012

    Adorei, Ronald, faço minhas as suas palavras:

    Assim como é generalizada a falta de educação das pessoas que transformam qualquer via em ring. Somando a falta de ação do sistema, temos esta realidade que todos nós nos acostumamos a enfrentar diariamente. Logo, sistema + sociedade = realidade!

  • Juliano diz: 28 de outubro de 2012

    Culpado das mortes não é a rodovia, são os motoristas que não respeitam as regras. Duplicação é apenas para diminuir a lentidão.

Envie seu Comentário