Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bom e ruim

05 de maio de 2013 24

O Sistema Único de Saúde, SUS, é um dos maiores programas de saúde pública do planeta.

A tabela do SUS é uma das menores remunerações por serviços prestados do planeta.

O nó está aí.

Comentários (24)

  • Juliano diz: 5 de maio de 2013

    O nó é outro. O nó é que querem tudo de graça ou se paga mais do que realmente vale.

    Nunca gostei de comparar Brasil com outros países, como muitos aqui fazem…Mas época que morei fora, e usei sistema publico de saúde da Europa(no país que vivia) lá o sistema é misto. Medico de base, ou seja, o clinico geral da família é de graça. Depois especialistas e exames eram pago a parte. Existe uma tabela de preço conforme os exames. O exame mais complexo era 30 euros na época. Nunca paguei mais de 10 euros por um exame de analises clínicas e ganha uma vale remédio pra ter desconto no farmácia.
    Em outro país da Europa todo mundo é obrigado a ter seguro saúde, que é barato e não tem essa discriminação por idade, todo mundo paga o mesmo pelo mesmo plano independente da idade.
    Problema do Brasil é o maldito 8 ou 80. Querem tudo de graça ou se paga mais do que realmente vale. E se a pessoa resolve pagar do seu bolso uma consulta vai morrer com 300,00 reais numa consulta de 20 minutos. É que já aconteceu comigo. O Bom que é hoje em tem mais concorrência nos planos de saúde e boa parte das empresas oferecem plano para seus funcionários.

  • Ronald diz: 5 de maio de 2013

    Me preocupa apenas o fato que já existem casos onde o atendimento por plano de saúde já está no mesmo nível. O SUS e todas as demais instituições estatais são apenas o retrato da nossa histórica herança de mazelas da mais variada espécie e que não se resolvem num estalo de dedos, mesmo porque a sociedade é a peça fundamental deste jogo onde poucos ganham muito e muitos ganham pouco. No final, todos perdem diretamente ou indiretamente. É mais ou menos uma briga de casal. O retrato pode ser ainda pior do que ele é pintado. Geralmente o traído é o último a saber.

  • jorge diz: 5 de maio de 2013

    O SUS (SISTEMA ULTRAPASSADO SOCIALISTA) está destruindo todo o sistema de saúde do Brasil.
    Mudanças já!
    E que nos apresentem soluções de “gente grande”, pois a “coisa” vai de mal a pior.
    Que os eleitos se dediquem menos à politicagem barata e trabalhem para a solução dos problemas que abatem severamente o povo brasileiro.

  • josa diz: 5 de maio de 2013

    mais um exemplo de como por aqui as avaliações tendem a ser muito mais quantitativas que qualitativas

  • CURTO&GROSSO diz: 5 de maio de 2013

    Eles sabem que aquilo que realmente importa para a maioria neste país é o futebol, carnaval, novelas, músicas escrachadas e festas regadas a muita cachaça.
    O SUS portanto nada mais é do que um dos muitos desserviços com a marca de nossos governos e bem com a cara do nosso povo !!!

  • CARLOS diz: 5 de maio de 2013

    Valther. afora a roubalheira, má administração e assim por diante, vamos falar do povo. O cidadão come como um boi, bebe como não sei o que, empanturra-se com tudo, todos os dias agride seu corpo, não cuida dele e assim por diante, evidentemente que irá adoecer, aumentando a fila dos que deveras nescessitam. Ai valther não tem sistema que aguenta. Graças a Deus tenho me cuidado, porém se adoecer, tenho um bom plano de saúde, deixando minha vaga para um destes exagerados.
    Em tempo – Pergunto a todos os que reclamam, em quantas reuniões do Conselho local, regional, municipal, estadual participaram, contribuindo para o bom funcionamento? Pois é…

  • Augustinho diz: 6 de maio de 2013

    Valther, O SUS está mais doente que seus pacientes e se não encontrar remédio logo morrerá. O motivo: Na década de 80 o governo central era responsável por 70% dos gastos com saúde e aos poucos vem atribuindo a gestão aos estados e munícipios. hoje o repasse não passa de 40%. O investimento em saúde no Brasil gira em torno de 3,5% em relação ao PIB enquanto países países europeus 10% nos EUA 15% do PIB. O baixo investimento, associado a má gestão, desvios, superfaturamento, desperdícios e outras mazelas presentes na administração pública brasileira, representa vida curta para o SUS.

  • Luciano de BLUMENAU diz: 6 de maio de 2013

    Depois dos comentários do CURTO&GROSSO e CARLOS……..sou obrigado a concordar ! Bem isso mesmo ! !

  • Dr. Destino diz: 6 de maio de 2013

    O mais triste é que em tempos onde falam apenas em Copa do Mundo, diariamente um hospital ameaça de fechar as portas por falta de VERBA e para fazer um estadio rolam os BILHÕES em reais ….O problema não é apenas este…Para ter um bom sistema é preciso primeiro educar o Brasileiro…que anda burro e folgado….e bastante

  • waldir diz: 6 de maio de 2013

    ESTES COMENTARIO ACIMA SÃO DE PESSOAS QUE NO MINIMO NUNCA USARAM O SUS OU SE USARAM POR UM MOTIVO OU OUTRO NÃO SABEM O QUE ESTÀO ESCREVENDO.O COMENTARIO DO SR JULIANO ACIMA É BEM TIPICO DE QUEM SE CONSULTA NO MÉDICO PARTICULAR DELE QUANDO SOBRA DINHEIRO PARA A CONSULTA E DEPOIS VAI BUSCAR OS MEDICAMENTOS NAS REDES DA FORMACIA POPULAR,QUE OS MÉDICOS GANHAM POUCO É DISCUTIVEL.SE OS HOSPITAIS SÃO MAL REMUNERADOS ISTO JÁ OUTRA COISA MAS MÃE NENHUMA TEM O DIREITO DE PASSAR HORAS COM SEU FILHO EM UMA FILA PARA CONSEGUIR PEDIATRA,QUE OS PODERES CENTRAIS DEIXEM DE FAVORESCER A POUCOS E OLHE PARA A GRANDE MAIORIA.OLHA SÓ O QUE O PROGRAMA DO FANTASTICO DIVULGOU ONTEM MEDICOS E CLINICAS COBRAVAM DOS PACIENTES FAZIAM TUDO PELO SUS E ISTO NÃO É PARA ACABAR?O ESTADO BRASILEIRO QUE SE LEVAR A FUNDO TODOS OS DESMANDOS NA SAUDE VAI PASSAR DE QUEBRADO PARA SUPERAVITARIO.

  • Nati Rodrigues diz: 6 de maio de 2013

    Quanto preconceito nesses comentários!

  • José Carlos de Melo diz: 6 de maio de 2013

    Minha mãe tem 81 anos de idade. Há alguns anos tinha que fazer uma cirurgia de vesícula. Até hoje ainda não realizou, pois quando terminou de realizar o último exame para a cirurgia, o primeiro já não tinha mais validade. Coitada, continua do mesmo jeito. Atualmente nós, os filhos, ajudamos a pagar seus exames e consultas quando ela fica doente. Se houvesse algum investimento em saúde no Brasil, ninguém precisaria ter planos de saúde.

  • rosiane martins diz: 6 de maio de 2013

    bom eu acho que tem comentários ai de pessoas que provavelmente não precisam do SUS..parabéns para vcs que não precisam..agora passar por duas humilhação..ficar numa fila por 5 horas e não ser atendida ai é pra caba né…não sei como tem pessoas que ainda protegem..mais agora eles vão investir na copa que esta por vir..e a saúde publica que se dane..só acho que tem gente ai que esta protegendo não sei pq..quer dizer sei..deve ter dinheiro né..não precisa ficar esperando a boa vontade de alguém marcar uma consulta que leva messes e quando chega o dia o medico simplismente vai embora e deu..um nódulo no seio não é brincadeira..não se pode esperar..nem uma doença é brincadeira para tanta espera..fico indignada com pessoas que pensam assim..mais como falei parabéns para quem tem para pagar consultas,exames e tudo mais

  • Luciano de BLUMENAU diz: 6 de maio de 2013

    Todos os comentários acima estão corretos. São vários fatores que contribuem para o descaso na saúde em nosso pais. Mas vocês nem viram nada ainda. Se aqui no sul o Sus é considerado melhor do que no resto do pais (apesar de ser considerado ruim por muitos aqui) imaginem la pro norte !! O Sus funciona sim ! Pena que nossos governantes não estão fazendo o dever de casa de forma correta e honesta!! E mau sabe o pessoal daqui de Blumenau que o dinheiro para construir a camara de vereadores na rua das palmeiras, veio de uma sobra que era para ser destinada ao fundo municipal de saúde de nossa cidade. Dinheiro este que tbem está sendo usado para pagar o aluguel. Agora nossos vereadores acham que são santos porque repassaram 300 mil ao Santo Antonio !!! Valor este que mal dá para 1 mes de atendimentos !!!

  • rosiane martins diz: 6 de maio de 2013

    ainda bem né SR CARLOS,,QUE VC PODE DEIXAR A VAGA PARA OS EXAGERADOS..COMO VC DISSE..TENS FILHOS ENTÃO PENSA PRIMEIRO NO QUE FALA…Luciano de BLUMENAU..E VC TAMBÉM CONCORDA MESMO COM TUDO ISSO..MAIS SAIU UM DIA AS 5 DA MANHÃ DE CASA E FICA 5 HORAS NA FILA DE ESPERA PARA NADA…E OBRIGADA waldir..DEVE SER ASSIM COMO VC FALOU MESMO..

  • Jonas diz: 6 de maio de 2013

    Se o SUS for bom, quem vai pagar consulta particular ?

  • Marisa diz: 6 de maio de 2013

    Ô gente, vamos falar de coisa séria. Quem se importa se o sistema de saúde no Brasil está uma esculhambação?
    Vamos falar no que realmente é importante para o povo: A Copa taí e a Olimpíada também.
    Dilma recebeu Cralinhos Brown para tratar da fabricação das 50.000.000 (CINQUENTA MILHÕES) de cachirolas (????não sei o que é e prá que serve????). Deve orientar o progresso deste país para os próximos 50 anos. Só pode!!!
    Enquanto isso o povo, que gosta de levar no “fuleco”, tá preocupado com uma coisa tão banal quanto a saúde?
    Ô gente, daqui há pouco tem oktoberfest, depois vem o verão com muita praia no Gravatá e em Armação. Logo em seguida o carnaval e reinício do campeonato de futebol em todas as divisões possíveis.
    Teremos uma infinidade de novelas para nos deleitarmos no mais alto grau de cultura erudita.
    Por favor parem de reclamar e se preocupar com saúde, educação, segurança, infra-estrutura, aposentadorias, etc.
    Afinal, vivemos no paraíso, pois o elevadíssimo grau de aceitação e aprovação do governo popular não deixa dúvidas que no Brasil tudo corre às mil maravilhas.
    Portanto, deixem de churumelas e passem a se preocupar com coisas sérias e não reclamem mais. Nunca mais.
    Se plantando, se colhe. Principamente “nesta terra que tudo dá!”.

  • André Silva diz: 6 de maio de 2013

    Como diria o ex-secretário de Obras, Alexandre Brollo, “O povo tem que se fuder… vai lá e paga”.

    A sim, e copa do mundo é uma coisa, saúde é outra coisa. Uma não anula a outra, pois a vida em sociedade é mais complexa do que apenas uma coisa. As duas são válidas.

  • Cidadão Comum diz: 6 de maio de 2013

    SUS ? Que SUS ?
    “Na residência oficial da presidência do Senado na “Península do Ministros” em Brasília o mordomo ganha salário de R$ 18.200,00, os 2 garçons ganham respectivamente R$ 10.700,00 e R$ 11.600,00 (sem falar nos demais funcionários públicos que lá trabalham). No gabinete do presidente do Senado existem ainda mais 2 garçons (provavelmente só para servir cafezinho) que ganham salários R$ 8.200,00″.
    Agora talvez muitos entendam quando se fala que o nosso país é muito rico e para quem.

  • rosiane martins diz: 6 de maio de 2013

    nem vou mais comentar nada..pq esta tendo muito deboche..é minha filha que esta assim..é com ela que estou preocupada e com tantos outros milhares de pessoas que estão na mesma situação ou pior ainda..então gente pensem bem antes de falar..sei que a porcaria da COPA esta ai..e que a DONA DILMA ta gastando um monte..mais pra mim a saúde do povo em primeiro lugar sempre..indignada

  • CARLOS diz: 6 de maio de 2013

    Acho que alguns não entenderam os comentários, provavelmente devem ser da classe média criado pelo PT.

  • Juliano diz: 7 de maio de 2013

    Ae seu Waldir, quanta besteira tu falo…as pessoas só querem saber dos direitos mas chutam pro canto os deveres.

  • Lucas diz: 7 de maio de 2013

    O ranço petista aflora nos novos milionários emergentes que ao invés de focarem a atenção na incapacidade do governo acabam direcionando seus recalques contra as demais pessoas do povo que trabalham e contribuem para que estes mesmos novos ricos possam ter tal atendimento.

  • Michel diz: 8 de maio de 2013

    Os novos ricos deste governo gerados provavelmente em função dos “bolsas misérias” é mesmo prá acabar e são tão verdadeiros quanto os números de crescimento econômico e de inflação divulgados.

Envie seu Comentário