Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Alô, governador

29 de julho de 2013 2

O efetivo insuficiente da polícia civil no Médio Vale do Itajaí bateu no insuportável. Quando, em Blumenau, o cidadão tem que aguardar o fim do horário de almoço para ser atendido numa delegacia, porque o único policial tem que optar entre o estômago roncando ou a refeição na pausa a que tem direito, a sensação de abandono toma conta do contribuinte.

E os policiais entraram em greve, o que só piora a sensação.

Esta situação perdura ao longo dos últimos governos. Poderia encerrar-se neste.

Comentários (2)

  • Flávio Fantini diz: 29 de julho de 2013

    Após o sepultamento da PEC 37, agora é hora de fortalecer as Polícias Judiciárias Brasileiras.

    O Povo precisa refletir “a quem interessa o sucateamento das Polícias Civis”.

    Devemos lutar pelo fortalecimento de unidades como: DEIC, DIC´s, Delegacia de Roubos, Delegacia de Homicídios, entre tantas que fazem um excelente trabalho apresentando ótimos resultados.

    O governador vai tentar enganar o povo Catarinense com falsas informações alegando que o efetivo é ideal, que a polícia ganha demasiadamente bem, não falta equipamentos, blá,blá,blá,blá……

    Alguns exemplos do Descaso;

    - Eu trabalho há dois anos sem um colete balístico, o antigo está vencido;

    - Entre 2007 e 2013, entrou na PC apenas 1217 agentes, saíram 891, saldo de 326
    policiais.”Fonte: Setor de RH da Polícia Civil de Santa Catarina”;

    - A 3ª DP da Capital, responsável por toda a área compreendida entre a ponte Hercílio Luz, via expressa e divisa com São José, cerca de 110 mil habitantes, tem apenas três investigadores;

    - Todas as delegacias estão na mesma situação, cerca de 35% do efetivo atual tem tempo de aposentadoria, mas não vão embora, refletindo de forma direta na qualidade do atendimento.

    Estamos entrando em greve visando sensibilizar os Catarinenses da importância de termos uma PC forte e atuante.

    Como poderemos atender de forma satisfatória com baixo efetivo, prédios sujos e mal conservados, equipamentos obsoletos?

    Se a população está descontente com o atendimento da PC, imaginem nos policiais que gostaríamos de sermos lembrados de outra forma.

    Pensem nisso!

  • Jorge diz: 2 de agosto de 2013

    Governador, não esqueça também do efetivo da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, do IGP, do Presídio, do Fórum, das escolas, do CASEP, etc, etc…
    Resumindo a fartura égrande em Blumenau. “Farta” funcionário em todos os lugares…

Envie seu Comentário