Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Não é por aí

19 de março de 2014 5

Domingo passado o dia estava mesmo para um passeio. Melhor ainda de moto, vento no peito, sensação de liberdade, uma delícia. Mas não desprotegido assim, sem camisa, sem calçado, apenas com o capacete, na rua República Argentina, bairro Ponta Aguda, aqui em Blumenau.

Vale também para o carona que, apesar de irregular, reparem, está com a maior cara de satisfação.

Moto exige mais responsabilidade.

Foto: Larissa Vier/ Especial

Foto: Larissa Vier/ Especial

Comentários (5)

  • Eleitor consciente diz: 19 de março de 2014

    …já “tô” de capacete para não levar multa dos “puliça”…quer mais o que?

  • Paulo Volles diz: 19 de março de 2014

    Bom… daqui a pouco já vão achar estranho que os pneus estão carecas.

    Ahh sem a camisa ele não está! Só está no banco, junto ao cachorro.

    Sejamos um pouco mais tolerantes… é só um problema sócio-cultural brasileiro.

  • valther_ostermann diz: 19 de março de 2014

    Paulo, a preocupação é com a segurança do motociclista em questão. Qualquer queda, mesmo pequena, vai ralar tudo. Como motociclista que também sou, sei das consequências; nunca aconteceu comigo, graças a Deus, mas já vi muito colegas em situações desagradáveis e doloridas por falta de precauções básicas.

  • Daniel diz: 20 de março de 2014

    Como assim, sejamos mais tolerantes???
    Estás querendo dizer que os órgãos fiscalizadores já não são tolerantes o suficiente ao deixar passar ”batido” o motociclista que anda só de camisa e chinelo?
    Segundo o que manda o bom-senso (não estou nem citando as leis envolvidas), temos que utilizar no mínimo uma jaquela leve (no verão) com cotoveleiras embutidas e um tênis!!!
    É realmente lastimável ver um cidadão conduzindo uma motocicleta dessa forma em vias públicas.

  • Michel diz: 21 de março de 2014

    Errado mesmo é colocar um vereador cassado como chefe da Guarda Municipal de Trânsito de Blumenau.
    Me poupem !

Envie seu Comentário