Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mais uma?

05 de dezembro de 2014 5

Não demora muito e a criação da Guarda Municipal Armada será novamente discutida em Blumenau. Compreensível, dado o avanço da criminalidade e a crescente sensação de insegurança. Será, porém, a melhor solução? Se tomarmos o exemplo de Balneário Camboriú, a resposta é não. Melhor será fazer o que o Estado devia fazer e não faz, que é reforçar as especializadas que já existem. Há quanto tempo as polícias Civil e Militar clamam por efetivos mínimos? Há municípios aqui do Médio Vale que só podem contar com policiamento durante o horário comercial, por absoluta e constrangedora falta de policiais.

Então, antes de cogitar a criação de uma terceira força, que se equipe as duas.
O cobertor é tão curto que durante a temporada de verão policiais de várias regiões de Santa Catarina são deslocados temporariamente para o litoral, o que beira o absurdo.
Enquanto perdurar esta realidade, a criação de guardas municipais armadas será sempre uma improvisação, não uma solução.

Comentários (5)

  • Miguel José Teixeira diz: 5 de dezembro de 2014

    . . .”a criação de guardas municipais armadas será sempre uma improvisação, não uma solução”.

    Bem à gosto de nossas “otoridades”, ávidas para criar novos cabides de empregos.

  • Gerson Luiz diz: 5 de dezembro de 2014

    Criar uma Guarda Municipal Armada não é a melhor solução. Assim como em Bal. Camboriú em Florianópolis, que também tem GM, a coisa tá feia pois até a esposa do senador Paulo Bauer foi assaltada na rua (Blog do Cacau Menezes). Talvez uma guarda dessa seja eficiente somente em cidades pequenas. Em cidades médias e grandes o contingente teria que ser muito grande e seria muito oneroso para os municípios mantê-las.
    Para resolver o problema da falta de policiais militares a solução talvez seja reduzir o nível de escolaridade exigido para ensino médio em vez de superior.

  • Marcelo diz: 5 de dezembro de 2014

    Boa, Valther. Agora estamos falando a mesma língua. Porque criar mais uma polícia se já temos outras que não funcionam?
    Além disso, vale lembrar que o comandante da guarda municipal de Florianópolis foi pego no Rio Grande do Sul com cem mil reais no carro e o fato desencadeou a operação “Ave de Rapina” da PF. Quase metade da Câmara Municipal está envolvida em falcatruas.
    Guarda municipal = cabide de empregos

  • Luiz Carlos diz: 6 de dezembro de 2014

    Caro Valther.
    Tens razão.
    Além disso, a criação da GM servirá para termos mais um antro de corrupção e serviços mal prestados.
    Invistam essa verba nas escolas e nos ambulatórios.
    Abraço.

  • Ricardo diz: 8 de dezembro de 2014

    Na minha ignorância até então não havia pensado dessa forma e até agora apoiava essa criação da guarda………Porque policiais militares precisam de curso superior ?

Envie seu Comentário