Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Já era hora

20 de outubro de 2015 4

Sobre o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), notório presidente da Câmara que está para ser abatido por denúncias de corrupção, uma abordagem diferente só para variar um pouco: é de sua autoria a PL 7382/2010, que penaliza discriminação contra heterossexuais e determina que medidas e políticas públicas antidiscriminatórias para essas possibilidades.

Em outras palavras, é proibido discriminar homens que gostem de mulheres e vice-versa. Quer dizer, se a proposta for aprovada…

Comentários (4)

  • Gerson Luiz diz: 21 de outubro de 2015

    Ué!? Não sabia que esse tipo preconceito existia. Homofobia é sabido que tem. Se não houvesse tanto preconceito e intolerância, as paradas gay não seriam necessárias.

  • Lê diz: 21 de outubro de 2015

    Lendo notícias assim me pergunto: é pra rir ou pra chorar? Vamos rir porque chorar só piora.

  • Conrado diz: 22 de outubro de 2015

    Este safadinho deste deputado deveria é entrar com um projeto em que todo político ladrão,vagabundo e safado recebesse do povo uma verba para a passagem sem volta com destino ao inferno.
    Com certeza faltaria verba ja no primeiro mes.

  • Ronald diz: 25 de outubro de 2015

    É um projeto inútil como tantos outros. Se olharmos para as pérolas legislativas que nossas ilustres autoridades conseguem apresentar, este projeto ainda está longe de receber nota zero. Que o diga aquele que quer tonar o vento um patrimônio do estado. Não é a toa que a mandatária quer armazenar vento. Logicamente que este é um assunto promovido pela falta de inteligência promotora e consumidora e o pelo ilusório encurtamento das distâncias entre pessoas, especialmente por conta das redes sociais. Em suma, nojo, afinal temos outras coisas muito mais importantes e urgentes.

Envie seu Comentário