Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Não funciona

26 de outubro de 2015 4

Recentes: sábado à noite, em Balneário Camboriú, o bandido invade um restaurante, pratica o assalto à mão armada – recolhe o dinheiro do caixa, as carteiras dos clientes, e antes de evadir-se dá um tiro na cabeça de um dos assaltados que teria lhe pedido para não levar a carteira de motorista. A polícia diz já ter identificado o assaltante, que teria diversas passagens pelo mesmo crime.
Domingo à noite, em Florianópolis, uma mulher foi estuprada em plena Avenida Beira-Mar Norte, a mais movimentada. O agressor teria sido solto da penitenciária há duas semanas por envolvimento em um crime semelhante.
Temos ou não uma legislação falha no sentido de proteger a sociedade?

Comentários (4)

  • Eduardo diz: 26 de outubro de 2015

    É a certeza da impunidade e isso vale também para os políticos corruptos.

  • Conrado diz: 27 de outubro de 2015

    MAS, SE A POLICIA USAR DE ALGUMA FORÇA PARA DOMINAR ESTES BANDIDOS,PROVAVELMENTE O POLICIAL QUE ASSIM AGIR,SERÁ PENALIZADO E POSSIVELMENTE VENHA A PERDER SEU EMPREGO.
    AÍ ENTRA EM AÇÃO O FAMIGERADO DIREITOS HUMANOS.
    MAS PERGUNTEM SE ESTE MESMO DIREITOS HUMANOS SE PREOCUPARAM COM AS VÍTIMAS.

  • Ermenegildo diz: 27 de outubro de 2015

    Num país podre, caindo aos pedaços onde a impunidade reina, governado durante anos por um analfabeto ladrão e depois por uma guerrilheira assassina tu querias o quê ?
    Uma Suiça ?

  • Marcelo diz: 27 de outubro de 2015

    A polícia vai agir, esse assassino será preso, julgado e provavelmente condenado a trinta anos de cadeia. Terá o direito de cumprir um sexto da pena e poderá sair até antes porque ganha indulto de natal, dia das mães, ou sei lá o que.
    A vítima, que foi sentenciada a pena de morte pelo bandido, ou sua família que ficou com a dor da perda não terá direito a nada.

Envie seu Comentário