Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Normal?

27 de outubro de 2015 6

O assaltante que sem motivo matou com um tiro na cabeça o cliente da pizzaria invadida em Balneário Camboriú, sábado, foi preso pela polícia. Perdão, apreendido, porque tem 17 anos, é considerado criança.
Criança rebelde, apreendido mais de 20 vezes por desobediência, receptação, lesão corporal, tráfico de drogas, ameaça, roubo, entre outras – segundo a polícia. Agora matou. Não satisfeita, a legislação em breve o libertará, ele é menor de idade. Não será recuperado, o sistema não recupera, ainda não chegou lá, embora devesse.
É inacreditável que isso seja considerado normal.

E, no entanto, muitos consideram.

Comentários (6)

  • Conrado diz: 28 de outubro de 2015

    Fazer o que com esta peste? Alguem acha que este lixo humano ainda tenha recuperação?
    Na minha opinião diante de tantas maldades que ja praticou, só tem uma solução:
    Aproveitem uma das balas que tinha no revolver apreendido com ele e o mandem para o colo do capeta.
    Alguem não gostou do que postei? Levem este vagabundo para sua casa !

  • Eduardo diz: 28 de outubro de 2015

    Já passou da hora das Forças Armadas tomarem o poder. Quem teme a tortura?

  • Conrado diz: 29 de outubro de 2015

    EDUARDO ! MUITO BOA A SUA COLOCAÇÃO. CONCORDO PLENAMENTE COM VOCE.
    SE A COISA NÃO FOR NO AMOR, QUE VÁ NA DOR.
    ALIÁS COM AS FORÇAS ARMADAS NÃO VEJO DOR NENHUMA. SÓ VEJO ORDEM.
    QUEM NÃO DEVE NÃO TEME. SÓ É RUIM PARA OS VAGABUNDOS.

  • Eduardo diz: 30 de outubro de 2015

    Sim,Conrado. A hipocrisia sempre cai na esparrela de que os “torturados” no regime militar nos deram a democracia a liberdade. O que nos deram na verdade é o que vimos e lemos nos jornais todos os dias. Esquerdismo que sobrevive no poder com discurso demagógico enganando a população, muitas vezes usando o slogan “fui preso e torturado” como se isso fosse requisito político pra se eleger.

  • Ronald diz: 1 de novembro de 2015

    Claro que é normal. Matamos 60000 por ano e veja se aparece nas chamadas dos principais meios. Deveria ser assunto diário, mas não é. Gastamos bilhões para manter todo um sistema complicado e que certamente não funciona aos olhos daqueles que dependem dele como forma de proteção. É tão normal que uma penitenciaria privada é construída por uma bagatela de quase 300 milhões. Vejamos se alguém fala disto. Claro que não. Não é agradável e ainda causa um sentimento ruim em ralação ao nefasto negócio. E este é o ponto: negócio. A violência, não só aqui, quando devidamente administrada, é uma industria lucrativa. É um tal de salve-se quem puder, contanto que dê lucro e voto na próxima eleição. Para os donos do poder, existe segurança privada que o dinheiro paga. E o dinheiro, o contribuinte garante.

  • Conrado diz: 3 de novembro de 2015

    DOA A QUEM DOER !
    SEI QUE TEREI UM MONTE DE GENTE ME BLASFEMANDO MAS, MINHA OPINIÃO É ESTA:
    MARCA-SE UM DETERMINADO DIA E EM TODAS AS CADEIAS E PENITENCIARIAS DO PAÍS,PEGUEM O EXCEDENTE DA CAPACIDADE, FAZ-SE UM SORTEIO OU PEGA-SE OS DE CRIMES MAIS PESADOS E FUZILEM SEM DÓ NEM PIEDADE.
    DALI EM DIANTE CADA VEZ QUE EXCEDER EM 10%, PEGA-SE ESTE EXCEDENTE E VOLTEM A FUZILAR.
    DENTRO DE TRES ANOS A CRININALIDADE SE REDUZ PELO MENOS EM 80% E TEREMOS VAGAS EM TODOS OS PRESIDIOS.
    QUANTO O GOVERNO ESTARIA ECONOMIZANDO COM O CUSTO DESTES VAGABUNDOS E COM A REDUÇÃO DO EFETIVO POLICIAL SEM CONTAR COM A TRANQUILIDADE DA POPULAÇÃO.
    OBS. FAZER ISTO TAMBÉM COM OS POLÍTICOS CORRUPTOS.
    SOBRARIAM POUCOS MAS, OS QUE SOBRASSEM CERTAMENTE CUMPRIRIAM AS SUAS OBRIGAÇÕES E ACABARIA A BANDIDAGEM POLÍTICA.
    NÃO GOSTOU. PROBLEMA SEU. ESTA É A MINHA OPINIÃO DE DE MUITA GENTE COM CERTEZA.

Envie seu Comentário