Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cena corriqueira

08 de fevereiro de 2016 2

Banco quebrado

Equipamentos públicos, nos dias atuais, exigem robustez para resistir ao vandalismo. A pedra do lado de cá, em primeiro plano, foi quebrada, algo que exige força e vontade imperiosa de estragar o bem coletivo. A de lá, ao fundo, está desnivelada, o que também exigiu força e vontade.

(Foto: Valther Ostermann)

Comentários (2)

  • Ronald diz: 8 de fevereiro de 2016

    Mas aí viria aquela pergunta básica de algum defensor do indefensável: será que não aconteceu naquele momento mágico do desfile da Oktoberfest, onde alguém com uma estatura desfavorável, subiu lá para ter uma visão mais adequada? Hummm, festa é festa e temos que entender! Mas vamos lá, uma coisa não justifica a outra. É que de repente estamos no Brasil e a tal capacidade de ligar causa e efeito ainda precisa acontecer. E a coisa pública não é nós que pagamos. Ela é mantida por alguma entidade divina!

  • Nisael diz: 10 de fevereiro de 2016

    A ideia (acredito que esta pedra/granito seja para colocar pertences de quem lá momentaneamente senta) é boa. Sugiro trocar as pedras danificadas por uma armação de ferro que atinge os objetivos de porta treco/sacola e que não sugestione um complemento de assento.

Envie seu Comentário