Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Amenidades"

 Sombra individual

07 de dezembro de 2014 1

sombrinha

(Foto: Divulgação)

Blumenau, falo disto há muito tempo, tem poucas sombras. E quase nenhuma sombrinha, lembra-se dela? Já foi acessório feminino elegante e prático, protegia a pele dos efeitos devastadores da exposição solar excessiva. Saiu de moda, nunca mais voltou… mas aqui em nossa região bem que deveria.
Foi substituída pelo protetor solar, tudo bem, mas continua recomendável em nossa ainda pouca arborizada e muito ensolarada Blumenau.
Para homens e mulheres.

Causos de Blumenau

04 de dezembro de 2014 2

PC031162

Esta placa indicando o sentido de circulação está no encontro das ruas Curt Hering e Floriano Peixoto. E aí um dos cafezistas matutinos, setentão, olhos claros e cabelos (os que restam) loiros implicou: “Para manter a tradição germânica deveria ser ‘mão alemã’, pois não?”

Claro que não, até porque só existem duas: inglesa, pela esquerda, e francesa, pela direita.

Nosso amigo conformou-se depois de ouvir, quase em coro:

- Não inventa!

 (Foto: Valther Ostermann)

Fim de férias

03 de dezembro de 2014 4

Tirando a saudade de vocês, as férias foram ótimas. A ausência de compromissos formais é um refrigério para a alma.
Da muvuca de Balneário Camboriú ao silêncio da Região dos Lagos em Rio dos Cedros, tudo foi muito bom. O interessante é a sensação do tempo, férias de 30 dias duram 15, por aí. Vocês sabem. Recesso parlamentar é outra história, 90 dias regiamente remunerados seria o ideal, mas está longe dos comuns que somos nós.
A propósito, Shakespeare disse que “se todo o ano fosse de férias alegres, divertirmo-nos tornar-se-ia mais aborrecido do que trabalhar”. Pode ser, mas eu estaria disposto a arriscar.
Só que não, este contato diário fez uma falta danada.

O nome certo

24 de outubro de 2014 0

Valeu, amigos. O pessoal não deixou passar as letrinhas invertidas e me alertou: o nome do incrível pássaro ali embaixo é URUTAU.
Já fiz correção, agora etá tudo nos conformes.
Obrigadão.

Parece um toco

24 de outubro de 2014 3

Até na foto é difícil ver o Urutau, rei da camuflagem. Não por outro motivo é também conhecido como emenda-toco. Outro apelido dele, sei lá por que, é mãe-da-lua. Abriga o filhote, sempre único, junto ao corpo até que voe.

Se prestarem atenção, o filhote também está na foto. O flagrante raro foi em Timbó.

Uruatu 2 (2)

(Foto: Elizabeth Germer)

Beleza

23 de outubro de 2014 1

Já que o assunto é a florada do ipê, que tal juntar a flor ao pássaro?

beija flor 5A FACEBOOK copy(Foto: André Schroeder/Especial)

Vai encarar?

18 de outubro de 2014 1

Alarmes de carros disparam à toa, ninguém mais presta atenção. Fechaduras são facilmente violadas pelos ladrões. Então vale a tentativa do cão carrancudo guardando o possante do dono. Numa destas faz o gatuno escolher outro carro para fanar.

Vai que dá certo…

Cão carrancudo

(Foto: Marcos Porto/ Agência RBS)

Clic, clic, clic...

11 de agosto de 2014 0

Lembra-se quando não se sabia de um japonês que não portasse uma câmera fotográfica? Pois somos todos japoneses, hoje, não há quem não ande com uma.

A “superlua” desta semana, por exemplo, deve ter sido a mais fotografada da história.

Todas belíssimas, como esta, capturada pelo André Schroeder, em Timbó.

LUA DO PAPAI (Custom)

Arrenegado

20 de julho de 2014 0

Escrito sem correção, mas a mensagem, em Penha, é clara. Te mete pra vê!

PlacaPenha (Custom)

(Foto:  Regina Junkes)

Obra relâmpago

15 de julho de 2014 3

 

Obras públicas no Brasil não têm prazo para começar, e as que começam não têm prazo para acabar, apesar do cronograma e do que dizem as placas de cada uma. O ideal a ser atingido é o cumprimento dos prazos, para que toda obra tenha começo, meio e fim de acordo com o programado e prometido. O pessoal às vezes até que se esforça, porém não consegue cumprir os prazos.

Mas a placa da construção de uma ponte na Rua Mariana Bronnemann, no Bairro Velha, em Blumenau, exagerou na intenção, promete terminar a obra cinco meses antes de começar. Se você pudesse ampliar esta foto leria “Início da Obra: junho/2014, Término da Obra: janeiro/2014”.

Claro que foi erro de quem confeccionou a placa, mas seria bom se fosse verdade. O mundo ficaria estarrecido.

Obra relâmpago (Custom)

(Foto: Alfredo Niesciur)