Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts na categoria "Justiça"

Dilma, a misericordiosa

22 de março de 2016 0

O Decreto do Indulto, editado em dezembro pela presidente Dilma, já botou em liberdade um bocado de condenados no Processo do Mensalão do PT. Indulto corresponde a perdão, anistia, absolvição, ninguém deve mais nada.
Os perdoados de terça-feira: ex-deputados federais Roberto Jefferson (PTB-RJ), Bispo Rodrigues (PR-RJ), Pedro Henry (PP-MT) e Romeu Queiroz (PTB-MG), o executivo do extinto Banco Rural Vinícius Samarane e o advogado Rogério Tolentino.

O ex-deputado João Paulo Cunha (PT-SP) já havia sido perdoado com base naquele decreto presidencial. Antes deles também haviam sido indultados o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do PL Jacinto Lamas.
Não deixa de ser um fiapo de esperança para os condenados do Petrolão. Vazou que eles fazem até novenas para que o impeachment dê em nada.
Não deve ser verdade.

Presentão

05 de março de 2016 0

Se houver gratidão naquela alma honesta, Lula deveria mandar pelo menos uma garrafa de vinho Romané-Conti para o juiz Sérgio Fernando Moro que, ao autorizar a condução coercitiva, ressuscitou a jararaca.
Um presente valioso para retribuir outro ainda mais.

Que mudança!

22 de fevereiro de 2016 4

Diz aí, há quanto tempo você não tem notícia de ladrão de galinha pegando cadeia?
Só dá figurão!

Não funciona

26 de outubro de 2015 4

Recentes: sábado à noite, em Balneário Camboriú, o bandido invade um restaurante, pratica o assalto à mão armada – recolhe o dinheiro do caixa, as carteiras dos clientes, e antes de evadir-se dá um tiro na cabeça de um dos assaltados que teria lhe pedido para não levar a carteira de motorista. A polícia diz já ter identificado o assaltante, que teria diversas passagens pelo mesmo crime.
Domingo à noite, em Florianópolis, uma mulher foi estuprada em plena Avenida Beira-Mar Norte, a mais movimentada. O agressor teria sido solto da penitenciária há duas semanas por envolvimento em um crime semelhante.
Temos ou não uma legislação falha no sentido de proteger a sociedade?

Ele voltará

22 de setembro de 2015 3

Justiça italiana aprova extradição do mensaleiro Henrique Pizzolato.
O mau filho a casa torna.

Crime punido

10 de agosto de 2015 0

Um jovem de 14 anos foi condenado, segunda-feira, a 11 anos de prisão por esfaquear, por motivos racistas, um professor negro. O garoto planejou a ação, executou e postou o “feito” nas redes sociais. Ficará seis anos em regime fechado em um centro de recuperação de menores e outros cinco sob vigilância em regime aberto.

Não foi aqui, claro. Foi na Inglaterra.

Reforcem

18 de maio de 2015 1

As torcidas de futebol andam tão violentas que em São Paulo as autoridades da segurança pública já cogitam o uso de tornozeleiras por aqueles violentos identificados e proibidos de frequentar estádios. Não deixa de ser um controle a mais, no mesmo nível do de bandidos perigosos e corruptos de alto coturno. Só tem o seguinte: melhorem o cadeado do equipamento. Aqui em Blumenau não deu muito certo, alguns que saíram do presídio usando o adereço num instantinho se livraram deles.

Inclua-nos

18 de maio de 2015 1

Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal, defende aumento salarial no Judiciário com argumento irretorquível: “Nós precisamos sempre de reajuste. Quem é que não precisa pagar o supermercado, já que houve um aumento do preço dos produtos?”.
É isso aí, presidente, todos precisam pagar o supermercado porque houve aumento no preço dos produtos. Se o meritíssimo sente o drama da inflação, imagine nós, os sem-togas.

Henrique e Cesare

25 de abril de 2015 2

O catarinense Henrique Pizzolato, fugitivo condenado no processo do mensalão, será trazido da Itália, a decidir se num voo comercial ou num jatinho da FAB, o que vai encarecer um bocado a transferência. Coisa de país rico. O que importa mais é que será trazido. Lugar de corrupto brasileiro é no Brasil. E de assassino italiano também. Que o diga Cesare Batistti, lá condenado à prisão perpétua por dois assassinatos e participação em outros dois e aqui agraciado com liberdade perpétua.

Isola

14 de abril de 2015 1

Se for comprovada a suspeita de que aquele jovem que foi preso em novembro pela polícia por tentativa de roubo de um automóvel em Blumenau e solto no dia seguinte pela Justiça como autor do assassinato da professora Eliane, espera-se que desta vez fique detido para que não pratique outros atos de violência.