Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Confesso: não escuto, não gosto de música

31 de março de 2008 37

Tava na hora de eu contar isso para vocês: não escuto música, não gosto, não entendo, ponto. E é bem constrangedor ficar explicando para as pessoas esse meu descaso. É como se tu fosses um alienígena.

Uma vez, o Perrone, do Segundo Caderno, me parou no corredor da redação para tirar uma dúvida sobre o iPod. Aí falei dessa minha certa ojeriza.

– Pensei que tu fosses daquelas pessoas que está sempre com fones de ouvido – ele comentou.

Pois é. As pessoas acham.

Semana passada, quando o assunto “Vanessa Nunes não gosta de música” surgiu numa mesa de bar, minha amiga Letícia Duarte, da Editoria de Geral, defendeu a sua tese de que é uma fraude essa história de eu não gostar de música. E o Paulo Germano completou dizendo que, quando ele me conheceu aqui na ZH, pensou que eu fosse até roqueira por causa do meu cabelo vermelho e das roupas que uso. Mas convenhamos que, para me achar roqueira, o PG só podia estar bêbado.

Aí hoje veio o Jaime, o editor metaleiro do ZH Digital, dizer que ficou surpreso com uma nota que será publicada na minha coluna da próxima quarta-feira, com dicas de sites com temática musical.

Assim é vida de quem não se interessa por música. De um lado os que não acreditam nisso e, do outro, os que se espantam quando eu escrevo sobre o assunto numa boa.

Não é nada sofrível escrever sobre MP3, Last.fm, iTunes, essas coisas. Do ponto de vista tecnológico, sem eu precisar colocar fones de ouvido, isso tudo é muito legal.

Aliás, 2008 é um ano muuuuito importante para a música digital.

Faz uma década do lançamento do primeiro MP3 player e 20 anos da criação do MPEG, grupo de trabalho que desenvolveria padrões para a compressão de vídeo e áudio digital. Ou seja, que levaria à criação do MP3, formato de arquivo que se tornou tão popular a ponto de virar sinônimo de música digital.

A capa do ZH Digital desta semana será sobre isso tudo. Uma revolução que é tecnológica, comportamental e comercial.

Para esta reportagem, na sexta-feira pela manhã, conversei por Skype com o pesquisador italiano Leonardo Chiariglione, que liderou o grupo MPEG.

E a pessoa aqui que não ouve MP3 se divertiu entrevistando o cara que é considerado um dos pais do MP3. Porque, pelo menos, bom humor ele tem:

– A minha idade é o segredo mais bem guardado do padrão MPEG – brincou.

Postado por van, a alienígena

Bookmark and Share

Comentários (37)

  • Felipe diz: 14 de abril de 2008

    Também não sou viciado em música não.

    Mas cuidado – ta cheio de fanáticos musicais por aí prontos para te “abrir os olhos” (ou os ouvidos)

  • TSalvatore diz: 18 de abril de 2008

    Buenas!Não gosta de música?? Isso é assutador! Agora, tu gostas de sorvete.. então, tem salvação, Vanessa!
    Mas muito bacana essa matéria sobre o mp3. Acho que a mp3 é uma coisa revolucionária e portanto tem prós e contras. De um modo geral, eu, que sou da geração do Vinil, até que adaptei bem, já que tive acesso a coisas que nos anos 80 a gente penava em conseguir. beijo T§

  • Ricardo diz: 1 de abril de 2008

    como falavam, tu ainda não conheceu a música guria…tá perdendo uma das melhores coisas que a vida pode proporcionar…te liga

  • Mauro Mendes Urban diz: 1 de abril de 2008

    Eu não gosto de cenoura.

    Incrível não gostar de música em geral. Não gostar de um estilo até vá… Mas não gostar de música!

    E o que faz quando escuta uma música sem querer? Fecha os ouvidos?

    Abraço!!!

  • S. Omar Ramos diz: 31 de março de 2008

    Sem contar aqueles que viram ouvintes da Atlântida.

  • Cássia diz: 2 de abril de 2008

    “posso ser uma coitada como tu mesmo dizes, mas educação, pelo menos, eu tenho”. issaí, vanessa. e eu não gosto de poesia. :-)

  • patricia cavalheiro diz: 1 de abril de 2008

    Tu não precisa gostar de música pra gente gostar de ti…

  • paulo diz: 1 de abril de 2008

    morri.

  • Carlos diz: 31 de março de 2008

    Tu ainda não ouviu a música certa…

  • S. Omar Ramos diz: 31 de março de 2008

    Parabéns pela honestidade. Tem muita gente por aí que também não gosta de música, mas, com vergonha de admitir, vira fã do Cachorro Grande.

  • silvio diz: 1 de abril de 2008

    Desculpe, procurei não ser grosseiro.

  • JC diz: 1 de abril de 2008

    Só falta dizer agora que não gosta de sorvete!

  • Pedro Zanini Pretto diz: 31 de março de 2008

    Putzzz… ma q côsa… é mto difícil achar alguém q não goste de música, principalmente jovem e fanático por traquitanas tecnológicas. Eu não vivo sem.
    Mas… gosto é q nem c*, cada um tem o seu e deve ser respeitado…

  • Carlos diz: 1 de abril de 2008

    Imagina quando as pessoas souberem que tu também não gosta de… de… Lost!!!

  • vanessa nunes diz: 1 de abril de 2008

    Um recado ao Silvio (silvio@hi-eng.com.br): tu tiveste comentários que não foram liberados por desrespeitar os “termos e condições deste blog”, que diz que SER GROSSEIRO NÃO É LEGAL. Sim, posso não gostar de música, posso ser uma coitada como tu mesmo dizes, mas educação, pelo menos, eu tenho.

  • Träsel diz: 3 de abril de 2008

    Solidarizo-me contigo. Até ouço música e tenho bandas preferidas, mas odeio usar fones de ouvido, não leio nada sobre o assunto e posso passar um ano inteiro sem ligar o rádio, numa boa.

  • Lorenize Leão diz: 1 de abril de 2008

    Você acabou de tirar um peso das minhas costas, eu já estáva preocupada pensado que eu era a unica pessoa no planeta que não gosta de música, sério eu estáva realmete preocupada, pq não escutei música nem durante a gestação da Clarice, pois de acordo com “os especialista” a música acalma o bebê. Mas devo confessar que adoro ouvir a Marisa Monte, fui em um Show dela em Porto Alegre e tive a impressão q ela estáva sentada ao meu lado cantando, só pra mim, c vc ouvir vai gostar tambem.

  • vanessa nunes diz: 1 de abril de 2008

    Capaz, JC. Eu amo sorvete! :D

  • Adriana diz: 1 de abril de 2008

    Tu é uma laienigena mesmo.

  • k2 diz: 1 de abril de 2008

    Acho que você só andou bebendo da fonte errada, por acaso você não esta falando de pagode,axé,mpb ou funk?? Ai não tem como gostar de música…..hehehehhehe.

    Deixa de tomar vinagre e toma vinho, vinho do bom escute um blues e você estará curada desta moléstia… hehehhehhe.

    Tenta estes:
    piece it hurts me too
    dead Flowers
    honest I do

  • Gustavo Lopez Viallnueva diz: 1 de abril de 2008

    VocÊ gosta de si mesma ?

    Se quer aparecer que faça algo mais criativo … tsc tsc

  • Nitrium diz: 2 de abril de 2008

    Talvez só não tenhas encontrado algo que te agrade. Ainda que eu ache que seja possível alguém não apreciar música, é bastante difícil. Ou não tenhas te tocado por alguma música.

  • andreza diz: 5 de abril de 2008

    isso te limita demais. credo. decerto tu agora não pode voltar atrás e dizer que gosta pq já criou personagemw?? ps.

  • Letícia Duarte diz: 31 de março de 2008

    fraude, óbvio!

  • Rodrigo Barneche diz: 31 de março de 2008

    Não dá nada, Vanessa, tenho um amigo que não gosta de pão… o mundo é completo, tem de tudo.

  • Rodrigo diz: 1 de abril de 2008

    Vá a um psicanalista, urgente!

  • Ronaldo Cunha diz: 1 de abril de 2008

    Acho que cada um tem o direito de gostar, ou não, de qualquer coisa neste mundo. E, porque não sobre música. Mas, o respeito por cada um neste mundo sempre é bom, respeito é a chave para qualquer coisa, será que também vou ser tachado por NÃO SENSÍVEL por respeitar alguém que diz não gostar de música? Vanessa, continue assim, você com certeza é melhor do que muita gente, gente que diz ser sensível a música. hehehe

  • Christiano diz: 1 de abril de 2008

    Saquei.

    1º de abril.

  • Cleiton dos Santos diz: 1 de abril de 2008

    Gosto é que nem braço, tem gente que não tem! XD Brincadeira…

  • silvio diz: 1 de abril de 2008

    Talvez um último comentário. Este papo de enaltecer o que foi dito com “óo que coragem admitir que não gosta de música” é uma besteira enorme. Pensem bem, é como dizer assim: Gente eu não tenho sensibilade pra reconhecer a beleza de uma música, seja ela de que estilo for, mas eu sou assim, verdadeira, uma pedra sentimental, bronca e superficial.Coitada,coitada.

  • Marcelo Xavier diz: 31 de março de 2008

    Estou besta!

  • Pedro diz: 12 de junho de 2008

    Também não gosto de música, estou a muitos anos sem ligar o rádop, só minha irmã q liga as vezes, mas eu nem escuto.

  • Vinicius diz: 12 de junho de 2008

    Ah.. eu como músico acho tão impensável alguém não gostar de música x.x Nada contra, respeito a opinião dos outros mas.. não posso deixar de perguntar que bandas tu ouviu até agora pra para de ouvir =X

    P.S: Eu ouço músicas com bastante freqüencia, mas rádio pra mim igual a poluição sonora.

  • Rafael diz: 8 de abril de 2009

    Não tem como não gostar de música, Vanessa… Música é relaxante e faz passar o tempo! :D Mas que nem o último comentário ali, só falta falar que não gosta de Lost.

    É claro eu não gosto de Lost! :p Mas adoro The Big Bang Theory e X-Files :-)

  • Almir diz: 8 de abril de 2009

    Depois quando eu falo que sou viciado em sexo, me dizem: “e quem não gosta?”

    R:esse aí de baixo

  • Rodrigo diz: 8 de abril de 2009

    Vc não gosta de música e é chamada de estranha. E eu que não gosto de sexo e sou bastante anti-social, seria chamado do que pelos teus colegas? =/

  • Almir diz: 8 de abril de 2009

    Agora, alem de constrangedor é no mínimo um absurdo voce nao gostar de musica né srta. vanessa. E ainda dizer que nao entende???:S

    Existe uma infinidade de tipos musicais aí pra voce experimentar. Algum deles voce vai gostar ué!

Envie seu Comentário