Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Beatles Rock Band: experiência é o que conta

09 de setembro de 2009 0


Akira Suemori, AP

Música e videogame é um casamento e tanto.

Convenhamos que o grande atrativo – digo, o que vende mesmo - não é a música em si. Isso as pessoas encontram facilmente nos sites de compartilhamento de arquivos entre internautas (ok, é pirataria). Mas essas mesmas pessoas que fazem downloads ilegais para seu iPod estão mais dispostas a pagar se for para tocar essas canções em um videogame. Tudo gira em torno da experiência. Imersão é o que tem atraído cada vez mais gente (adultos, leia-se) para o mundo dos games.

Acho que isso explica muito sobre o frenesi do lançamento nesta quarta-feira do game The Beatles: Rock Band. Claro, qualquer coisa relacionada a Beatles é motivo de frenesi.

No caso do game, que é uma parceria da Harmonix Music Systems, MTV Games e Electronic Arts, poderá vender até 2 milhões de cópias, dizem os analistas. Tem versões para PlayStation 3, Wii e Xbox 360 e reúne um acervo de 45 músicas dos Beatles.

E como se podia esperar, hoje as agências de notícias internacionais têm exibido imagens de filas e de pessoas que se apressaram para ser as primeiras a comprar o produto em lojas nos EUA e na Inglaterra (como na foto acima). Viu como vende?

Neste post aqui, já tinha comentado essa obsessão da indústria dos games de proporcionar imersão às pessoas.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário