Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Computador "tudo em um" vai virar modinha

22 de setembro de 2009 14

Positivo, divulgação

Pelo jeito, vão virar “modinha” os computadores “tudo em um”, ou seja, com os componentes (placa-mãe, drive de DVD etc) integrados ao monitor.

Hoje mesmo a Positivo Informática anunciou uma linha assim (aí na foto), a Union, com preços a partir de R$ 999. As telas são de 15,6“, 18,4″ e 21,5″. Bacana que todos os modelos podem ser instalados na parede.

A vantagem desse tipo de máquina é óbvia: o ganho de espaço.

Sempre que vejo esses computadores de mesa, lembro da substituição dos monitores de tubo (CRT) pelas telas de cristal líquido (LCD). A próxima evolução deve mesmo ser essa integração dos gabinetes com os monitores.

Claro, a existência dos “tudo em um” não é nenhuma novidade – que o diga o iMac, da Apple. A diferença é que agora os preços desses micros integrados tendem a ficar mais convidativos. Anota aí: os “tudo em um” deverão se tornar padrão de mercado, popularizando-se.

Ah, entre os fabricantes com máquinas do tipo, estão a brasileira Amazon, a Dell, a HP (sobre o TouchSmart PC, falei aqui) e a Sony.

##

O modelo top da linha Positivo Union tem tela widescreen de 21,5“ full HD sensível ao toque, chip Intel Core 2 Duo, HD de 1 TB, 4 GB de RAM, microfone e webcam integrada e virá com o Windows 7 Premium (o micro chega às lojas em 22 de outubro, com o lançamento da nova versão do Windows). O preço: R$ 3.799.

Post relacionado:

Postado por VAN

Bookmark and Share

Comentários (14)

  • Bia R diz: 23 de setembro de 2009

    A Sony também tem.

    É verdade, vou incluir ali. Tks!

  • Luiz Gustavo Tonello diz: 23 de setembro de 2009

    É genial esse tipo de micro, justamente quando se quer otimizar o espaço.
    Porém, hoje da para comprar um iMac por menos.
    Mesmo este tendo mais capacidade, não trocaria um iMac por ele.

  • Marcelo Xavier diz: 23 de setembro de 2009

    Já que sobrou espaço, que integrem um frigobar para a gente colocar a cerveja.

  • Thomaz C. diz: 23 de setembro de 2009

    Como o pessoal já falou: bonitos, cleans, interessantes pra ser na sala. Mas pra micreiro mesmo, quem tem a necessidade de atualizar e trocar componentes, acho difícil vingar.

  • Fábio diz: 23 de setembro de 2009

    O ganho em espaço e em estilo é inegável, mas deve limitar bastante o upgrade. Não sei se não é moda passageira…

  • Nickless diz: 23 de setembro de 2009

    isso não é “modinha”, isso é o futuro… coisas cada vez mais compactas e cheias de recursos…. é a mesma coisa vc falar que é “modinha” usar smartphones, que no caso agregam varias funçoes num simples celular, porem as pessoas não vao deixar de usar porque saiu da moda.

  • aspesquisay diz: 23 de setembro de 2009

    na verdade eu nem sabia que esta empresa é brasileira, agora estou feliz e orgulhoso por saber.

  • Ronaldo Prass diz: 23 de setembro de 2009

    Esse tipo de hardware é legal, mas será que vira modinha mesmo, e a upgrade nele deve ser parecida com a de um Notebook? Uma coisa é um Imac, mas PC nessa linha, acho que não vai pegar.. eheh e se pegar, vai quebrar as pernas dos “montadores” de micro com peças do paraguai

  • pedro diz: 23 de setembro de 2009

    Isso tem cara de que vai ser uma roubada. A mulherada pode até gostar, mas duvido que vá muito longe esse modelo de PC.

  • André Bentancur diz: 23 de setembro de 2009

    Bom dia Vanessa
    Acho que vale a pena mencionar um produto que é de uma empresa 100% Gaúcha com a unidade fabril em Curitiba, que já produz um produto “tudo em um”, Está empresa é a Leader Tech e o produto é o Flat PC, que ja está no mercado desde Janeiro/09 e que ja tem um em torno de 4 mil peças comercializadas. Segue link da página : http://www.leadertech.com.br/flatPC/, se você quiser testar um modelo podemos lhe enviar como demonstração por 10 dias.
    Abraços

  • Rodrigo diz: 22 de setembro de 2009

    Não vejo esses “tudo-em-um” como um novo padrão. O pessoal ainda prefere os desktops, apesar de tudo. Mas que iam ficar bacanas na cozinha, ou na sala, como central de entretenimento, isso não tenho dúvida!

  • Markus diz: 23 de setembro de 2009

    Agora, tem um problema nesses tudo em um: se tiver que levar na assistência, fica sem nada. No computador “normal” se, por exemplo, o monitor pifa, tira um e põe um outro e pronto. Mesma coisa vale para a fonte. E upgrades, como ficam? Para quem gosta de jogar, um desses, pelo menos por enquanto, nada feito. Vão colocar a placa de vídeo onde? Essa config do post só pra MSN e outras coisas básicas. Mas cada um cada um.

  • Marcelo diz: 22 de setembro de 2009

    Acho mais uma coisa de style…
    Objetivamente falando uma máquina dessas se torna muito limitada na questão de upgrades futuros (nao dá para instalar uma segunda unidade de dvd/blu ray por exemplo e provavelmente não deve haver espaço para mais de um HD ou poderosas placas de vídeo).
    Bom para escritórios e usuários light.
    Para os velhos micreiros, provavelmente é uma onda que não vai pegar……

  • rafael vargas diz: 23 de setembro de 2009

    Pois é, ja tinha da HP, a Sony tinha um tambem, agora a Positivo. Realmente ocupa menos espaço e deixa um visual mais clean, ser touchscreen tambem atrair bastante gente, embora eu não acho grande funcionalidade, pelo menos num desktop. Mas sei lá, não me atrai muito um computador desses, o pessoal que gosta de fuçar, mudar componentes e tal. Se der pau nisso ai, por mais simples que seja tem que mandar na assistencia tecnica.

Envie seu Comentário