Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Como o iPad e o iPhone vão inspirar o próximo sistema operacional dos Macs

05 de junho de 2011 10

FOTO: Apple, divulgação

Nesta segunda-feira, na conferência anual de desenvolvedores da Apple, um dos assuntos centrais da apresentação de Steve Jobs será o Mac OS X Lion, a versão 10.7 do sistema operacional de computadores da marca.

Com previsão de lançamento agora no segundo semestre, a Apple fala do Lion (Leão, em português) desde o ano passado, então muitas das novidades já são conhecidas, inclusive há uma prévia  em www.apple.com/br/macosx/lion/.

Eu cheguei a usar por alguns dias, há uns meses, uma versão de desenvolvimento da plataforma. Fiz isso mais por curiosidade, para ver como estava ficando. Por não ser uma versão final, mas em construção, ainda estava muito instável.

De qualquer forma, pude ter uma boa ideia. A hashtag no Twitter que bem definiria o Lion é mesmo #iPadfeelings.

Segundo a Apple, a ideia é levar o melhor do iPad para o Mac. O Lion é visivelmente influenciado pelo iOS, o sistema operacional do iPad, iPhone e iPod Touch.

E aí entra uma tendência: sistema operacionais de computadores sendo influenciados por seus irmãos mais novos, os sistemas operacionais de dispositivos móveis. Lembrando: a Microsoft demonstrou recentemente o Windows 8, pensado para telas sensíveis ao toque e com gritante inspiração no Windows Phone 7, o sistema operacional da Microsoft para smartphones.

IMAGENS: reprodução

O que mais me chamou a atenção no Lion foi o Launchpad (imagem acima), inspirado no modo de exibição das apps no iPad/iPhone. Basta um clique no ícone do Launchpad no Dock (a barra de aplicativos) que ele exibe todos os aplicativos do computador. Para mudar de uma tela de apps para outra, como no iOS, é só correr a tela para os lados. Para mudar uma app de lugar, só arrastar. Também traz o conceito de folders (imagem abaixo), como no iPhone/iPad.

O Lion virá com a Mac App Store. É uma loja de aplicativos para Mac (da mesma forma como existe a App Store para iOS, a plataforma móvel da Apple). Nesse caso, não é bem uma novidade já que a Mac App Store está disponível desde janeiro. A propósito, especula-se, pelo que se viu nas imagens do Windows 8 divulgadas pela Microsoft, que o próximo Windows também virá com uma loja de apps.

O FaceTime, hoje disponível nos Macs, foi outro recurso que debutou primeiro no iPhone. Outro recurso bacana no Lion é a possibilidade de visualizar os aplicativos em tela cheia. De novo, lembra iPad. Também o Windows 8, da Microsoft, trará esse modo de exibição de suas apps meio que aposentando o conceito de janelas.

O Lion traz ainda uma nova versão do Mail, com um layout widescreen inspirado na ferramenta de e-mails do iPad.

Também curti o Mission Control, que unifica o Exposé, o Dashboard (onde ficam os widgets) e o Spaces. Como mostra a imagem abaixo, a intenção é oferecer uma melhor ideia de tudo que está sendo executado no seu computador:

Outras novidades do Lion são o AirDrop (facilitando copiar arquivos sem fio de um Mac para outro), Versions (permitindo salvar sucessivas versões dos documentos, o que ajuda a reverter alguma ação depois), Resume (para retomar os aplicativos do jeito que estavam quando foram fechados ou o micro reiniciado) e o Auto Save (que vai salvando os documentos automaticamente enquanto se trabalha neles) e um novo FileVault (garantindo agora encriptação total dos dados).

O vídeo abaixo tem menos de 2 minutos e mostra alguns desses recursos:

Leia também:

Windows 8 terá mundaças radicais de visual. Confira!

Mac App Store: primeiras impressões

Cinco dicas de aplicativos gratuitos para o seu Mac

Um ano de iPad

>>> Gostou deste post? Curta o blog no Facebook (www.facebook.com/blogdavanessa) e siga no Twitter @blogdavanessa

Bookmark and Share

Comentários (10)

  • evefavretto diz: 5 de junho de 2011

    Vanessa, pinch-to-zoom já existe no Snow Leopard.

  • evefavretto diz: 5 de junho de 2011

    Não testei, mas estou pensando em testar. Pra falar a verdade, ainda estou experimentando o Snow(meu MacBook tem uns 20 dias)…

  • vanessanunes diz: 5 de junho de 2011

    Mac novo é tudo! :)

  • evefavretto diz: 5 de junho de 2011

    :)

  • Robi Presotto diz: 6 de junho de 2011

    Regressão! Tablet é tablet, desktop é desktop!

  • Gui diz: 6 de junho de 2011

    Usei a versão de desenvolvimento e achei a maioria dos recursos dispensáveis e até um retrocesso. Algo como o Launchpad já existia no Mac OS 8, numa época em que os programas viviam espalhados em inúmeras pastas. No X não há necessidade, fica tudo bonitinho na pasta de Aplicativos, e na maioria das vezes, abro os programas pelo Spotlight. O Mission Control também achei dispensável, é muito melhor de visualizar cada macaco no seu galho, um botão pro Dashboard, outro pro Spaces e quatro dedos pro Exposé.
    Quanto aos programas em tela cheia, é algo que acredito que irei usar pouco. Sempre achei esse negócio de ficar maximizando janelas coisa de Windows. O Resume é algo que na minha opinião deveria ser opcional e desativado por padrão, na maior parte das vezes eu não quero que o programa abra exatamente como eu o fechei, tem alguns apps de terceiros que implementam coisas do gênero e chega a ser irritante, tenho que lembrar de fechar todas as janelas antes do Cmd+Q.
    Também não gostei de terem tirado a compatibilidade com os programas PowerPC. Pra quem sempre teve Mac e investiu uma boa grana em software, é meio decepcionante, felizmente ainda tenho um Powerbook G4 que funciona.
    No geral, achei o Lion meio bobinho, tira um pouco do poder de decisão do usuário. O que é bom pro iPad, nem sempre é bom pro Mac.

  • Ismael diz: 6 de junho de 2011

    Loja de aplicativos no desktop… por enquanto opcional. Fase de transição, adaptação dos usuários.

    Até o dia que será o único meio de instalar um aplicativo. Então, assim como fazem com ipad/iphone, as pessoas irão pagar pelo aparelho, mas quem manda realmente nele é o Jobs.

    Computador que paguei, seja de mão ou desktop, quem manda sou eu.

  • Download do dia: Mac OS X Lion | Vanessa Nunes diz: 20 de julho de 2011

    [...] post aqui, discuto esse novo jeito de instalar o sistema operacional da Apple. Aqui neste outro comento algumas das suas novidades. Leia-se: como o iPad e o iPhone inspiraram o sistema [...]

  • Joao diz: 20 de julho de 2011

    Nota 10 esse comentário.

    Fique claro que não sou maníaco, tampouco gosto, por Apple como muita gente aí. Aliás, acho muita vergonha alheia de quem dorme na frente da loja pra comprar iPhone e iPad no dia seguinte. Ah, não só da Apple, mas qualquer coisa mesmo.

    O que acho um flato na Apple, é que não tem como dar upgrade no hardware. Então, comprou, é isso e deu.

    E aprovo o comentário acima, computador meu, quem manda sou eu.

    Se metade das pessoas percebessem que Androir e WP7 dão um banho no iphone… Aliás, esses tempos um amigo (applemaniaco) resmungou sobre a Applestore, quanto às musicas. Recomendei a Zune, que dava FreePass por 30 dias pra baixar a vontade. Eis que recebo a resposta: "Nunca. Sou fiel a Apple".

    Hehe

  • Roberto diz: 23 de julho de 2011

    Vanessinha quanto pagou pelo mac?4.000 ou 5.000, se voce realmente entende de macs, pc, tablets etc sabe que um pc (desktop ou note) por esse valor é otimo. Não adiante compar pc em loja de departamento, supermercado e querer que seja uma maquina boa e confiavel. Poderias fazer um posto comparando duas maquinas semelhantes, com mesmo valor e seus desempenhos.

Envie seu Comentário