Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Fisl pode ser oportunidade para descolar entrevistas de emprego

27 de junho de 2011 1

Com uma programação que inclui dezenas de palestras técnicas, com especialistas de todo o mundo, o Fórum Internacional Software Livre (Fisl) é oportunidade de aprendizado e networking. Também pode servir de vitrina para profissionais na área.

Na edição deste ano, que ocorre de quarta-feira a sábado no Centro de Eventos da PUCRS, não será a primeira vez que empresas irão ao evento de olho em talentos.

Na edição passada, a 4Linux, empresa de treinamentos, soluções e serviços de TI baseados em softwares livres, contratou três pessoas a partir de seu programa de caça talentos no Fisl. Em 2011, a empresa novamente receberá currículos em seu estande. O interesse é em candidatos com conhecimento em PostgreSQL, PHP, Java, Asterisk, entre outras tecnologias. A coordenadora de marketing da 4Linux, Débora Lavínia, deixa uma dica:

“A gente faz uma avaliação técnico-profissional. Por isso é importante conhecer bem aquilo que coloca no currículo. Às vezes, o candidato acha que conhece certa tecnologia, mas não tem desenvoltura no assunto.”

Em entrevista ao blog, a gaúcha Fernanda Weiden, engenheira do Google em Zurique, também confirma o interesse em localizar talentos:

“O Google não fará nenhuma atividade especialmente focada em recrutamento no Fisl, mas estamos, obviamente, interessados em talentos. Este ano, meu foco é tentar identificar bons candidatos para Site Reliability Engineering. Este é o departamento onde eu trabalho e um dos perfis mais difíceis de encontrar no mercado. Mas quem sabe não conseguimos alguma coisa?”

De acordo com André Streppel, da WKRH, empresa especializada em recrutamento em TI, uma das principais falhas de candidatos a vagas no setor costuma ser comportamental, pois a pessoa que faz o primeiro contato já está avaliando. Enviar um e-mail com o currículo com várias empresas em cópia é outro erro. Na entrevista de emprego, os candidatos falham ao não focar suas respostas naquilo que está sendo perguntado ou ao dizer que está fazendo aquela entrevista “para avaliar o mercado”.

O especialista recomenda, principalmente no caso de profissionais sem muita experiência, buscar constantemente novos conhecimentos e estudar BEM o perfil que a empresa busca antes de ir a uma entrevista de emprego.

Streppel comenta que tipo de profissional é o mais desejado:

“As empresas buscam alguém tecnicamente pronto para não “perder tempo” ensinando. As que investem em um profissional júnior muitas vezes não conseguem mantê-lo porque a perspectiva de tempo para reconhecimento na empresa não é a mesma que o profissional espera. Então vira um ciclo vicioso.
Conheço profissionais tecnicamente muito bons, mas que mudam de empresa por qualquer valor ($) a mais ou que não têm uma postura adequada no trabalho. Ao mesmo tempo, há profissionais nem tão bons tecnicamente, mas com comprometimento. Esses são os bons que o mercado busca. Claro, existem os bons tecnicamente e comprometidos. Esses são os que as empresas investem em treinamento, formação etc.”

Leia também:

Participação feminina no mercado de TI será destaque no Fisl12

Um pedacinho da Campus Party no Fisl e vice-versa

Saiu a grade de programação do Fisl12

[Entrevista] Coordenador do Fisl12 conta o que esperar do principal evento de tecnologia do Estado

>>> Siga o blog no Twitter (@blogdavanessa) e no Facebook (www.facebook.com/blogdavanessa
Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Os últimos preparativos para o Fisl12 | Vanessa Nunes diz: 28 de junho de 2011

    [...] Fisl12 pode ser oportunidade para descolar entrevistas de emprego [...]

Envie seu Comentário