Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Com quantas telas você vê TV?

29 de setembro de 2011 2

Tablets e smartphones estão mexendo com o nosso jeito de ver TV. Com a popularização desses dispositivos, o televisor tem contado cada vez mais a companhia de uma segunda tela.

Mais de 40% dos entrevistados em uma recente pesquisa da Ericsson em 13 países, incluindo o Brasil, disse usar mídias sociais em vários dispositivos, como smartphones, tablets e laptops, enquanto vendo TV. O estudo destaca o uso combinado da TV principalmente com Twitter, Facebook, mensagens de texto e fóruns de discussão – tendência essa de segunda tela que, segundo a Ericsson, é acentuada quando se está assistindo a esportes ou a reality shows. Preste a atenção em sua timeline no Twitter em horário de jogos da dupla Gre-Nal. Vai ter arrobinha, do sofá de casa, praticamente “narrando” o que está vendo na TV. Sinal de que a experiência de ver TV já não é mais solitária mesmo que se esteja sozinho em casa.

Outra pesquisa, desta vez da Nielsen nos Estados Unidos, aponta que 30% do uso de tablets e 20% do tempo gasto nos smartphones é na frente da TV.

E a TV americana tem até incentivado isso. Muitos programas estampam na telinha a hashtag com que está sendo comentado.

Outro exemplo que se encaixa nesta onda é o GetGlue, serviço que já comentei aqui no blog e e possibilita, por exemplo, fazer check-ins e comentar o que se está vendo na TV. Os próprios estúdios têm firmado parcerias com o GetGlue. Como mostra a imagem ao lado, a página do seriado Castle no Facebook lembra os fãs de fazerem o check-in para ganhar um “adesivo” do programa.

Essa tendência ganha uma nova dimensão com os próprios canais de TV criando apps para seus programas. O propósito pode ser tanto oferecer mais informações sobre o programa, inclusive com a app sendo sincronizada em tempo real com a TV, quanto reunir os fãs para comentá-lo por lá. O seriado Bones é um dos que contam com aplicativo próprio.

Imagens: reproduções

Oferecer uma experiência personalizada e interativa para uma audiência multitarefa parece ser mesmo o caminho. Na cerimônia de entrega do Oscar de 2011, um exemplo bem sucedido foi o da app Oscar Backstage Pass para iPad, que oferecia até outros ângulos de câmera para acompanhar a premiação.

* Texto publicado na coluna Tecnologia na Cabeça desta quarta-feira no caderno ZH Digital

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Dary de Quadro diz: 29 de setembro de 2011

    É pertinente sua colocação. Quem geralmente gosta de acompanhar as notícias durante o dia costuma comentar com seus amigos, e como parte do noticiário é repetido ( emissora, repetidora, afiliada, enfim), nestes momentos costumo recorrer a rede paara postar ou compartilhar algo relevante, agora facilitado pelos outros mecanismos como Iphad, Iphone, tablets…

  • Fábio diz: 29 de setembro de 2011

    Eu já tenho um grupo de amigos q foi se formando aos poucos e que assiste “juntos” aos jogos do Grêmio, comentando o jogo via Facebook. São 5 a 7 pessoas, e ao final de cada jogo há em média 40 mensagens.

Envie seu Comentário