Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Tim Cook e iPhone 4S: dois baldes de água fria?

04 de outubro de 2011 2

Tim Cook e o novo iPhone. Foto: Kevork Djansezian/Getty Images/AFP

Uma evolução, mas nada de revolucionário. Quando a Apple apresenta novidades assim, apenas melhorando seus produtos como que burocraticamente, sem mostrar nada de fazer “uau”, vai dizer que não é um balde de água fria? Dois, no caso dos anúncios feitos nesta terça-feira, já que Tim Cook, afinal, não é Steve Jobs.

Não me entendam mal, considero as melhorias no iPhone importantes (leia em ZH Dinheiro), sem falar que não dá para querer revolucionar o mercado de smartphones a cada novo iPhone, mas é que a Apple nos deixou mal acostumados.

De nenhuma empresa de tecnologia espera-se tanto quanto da Apple em termos de inovação. Com o carisma de Steve Jobs, que renunciou da presidência da empresa em agosto, dava-se um desconto. Ele era o próprio show. Não vai ser de uma hora para outra que Tim Cook, CEO da Apple com a saída de Jobs, vai cair nas nossas graças, mas será que esse dia vai chegar?

Para assistir à íntegra da apresentação da Apple, em inglês, cheguem aqui.

Dos anúncios feitos nesta terça-feira, vale destacar que agora o iCloud e o iOS5 têm data de lançamento: 12 de outubro.

Sobre o novo iPhone, minha implicância começa pelo fato de que é um iPhone 4S e não um iPhone 5 o produto apresentado. O iPhone 4S tem cara de iPhone 4, mas é um aparelho melhor por dentro. Sete vezes mais veloz, segundo a Apple. Agora, vindo de uma empresa que dá uma importância danada ao design, e que faz isso tão bem, eu gostaria de ver, no mínimo, um iPhone mais fino, vocês não?

O único lançamento com potencial de empolgar é o Siri, o assistente de voz para o aparelho. Só que esse é o tipo de tecnologia que sempre me pareceu mais legal na teoria do que na prática. Reconhecimento de voz não é nenhuma novidade, mas será que vamos precisar da Apple, mais uma vez, para fazer uma tecnologia “bombar”? E a Apple promete ainda que o Siri não só responde a comandos como interpreta o contexto do que se está falando. Por exemplo, ao perguntar se é preciso sair com um guarda-chuva, ele entende que se quer a previsão do tempo.

Sob essa perspectiva, se o Siri for tão legal mesmo como promete, Tim Cook até que não começou mal..

E vocês, desapontados ou empolgados?

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Paulo diz: 5 de outubro de 2011

    Acho injusto avaliar Tim Cook por esse lançamento. Esse tipo de coisa envolve um planejamento demorado, creio que ele apresentou a mesma coisa que Jobs iria apresentar caso ainda estivesse no comando da Apple. Como saiu há pouco tempo, com certeza não houve grande mudança no roadmap da empresa. Parece que os Macfans compram qlq coisa desde que seja Jobs que venda… sinceramente, não entendo.

  • André Luis diz: 5 de outubro de 2011

    Eu realmente fico surpreso com a surpresa de todos os blogueiros de tecnologia que temos por ai…Não foi nada “balde de agua fria”, a Apple SEMPRE trabalhou assim com iPhones, sempre lança um aparelho, faz um upgrade nele e na outra geração muda tudo e lança algo totalmente diferente, foi assim desde o primeiro iPhone(vide a historia deles, só pesquisar ai), o que fez voces pensarem que seria diferente? A unica explicação é desconhecimento.

Envie seu Comentário