Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Da morte dos comerciais de TV aos vídeos mais populares do ano no YouTube

20 de dezembro de 2011 0

Falar em morte dos comerciais de TV pode até ser um exagero, mas é o sentimento que eu tenho por eles, afinal, não fazem mais parte da minha experiência televisiva.

Vejo só TV gravada, pulando todos os comerciais. Assim, quem tem o controle do que eu vou assistir sou eu.

Sou de uma geração com pressa, em que o seu tempo é precioso demais para ficar à mercê de sabe-se lá que propaganda ruim que vem pela frente. Então, quando quero ver TV, “zapeio” apenas pela minha lista de programas gravados. Da vantagem de morar no Canadá, eu vejo TV americana, então não preciso esperar ou recorrer a download ou streaming para ver meus seriados favoritos, como Fringe, The Big Bang Theory, Terra Nova e CSI: New York, entre outros.

Mas vejam só: apesar de eu ter matado os comerciais da minha experiência de ver TV, curto muito ver comerciais – desde que bons. Na TV, a gente sabe, não há esse controle. E não é uma questão só de qualidade, mas de assuntos de interesse. Comerciais de fraldas? Passo longe!

Então fica fácil imaginar onde eu vejo comerciais: no YouTube. Convenhamos: quando o comercial é bom, alguém que você segue tuita ou posta no Facebook. Ou seja, passa pelo crivo das mídias sociais. Aliás, como uma gaúcha morando longe, achei uma graça o comercial de Natal do Zaffari, que vi compartilhado no Facebook por vários contatos meus.

E mais: como procuro postar aqui no blog pelo menos uma vez por semana uma dica de vídeo com tema relacionado com tecnologia, muitas vezes recomendo comerciais, como aquele da Samsung tirando sarro de fãs do iPhone.

Mas o que motivou este post foi este comercial a seguir da Volkswagen:

Foi exibido pela primeira vez no intervalo do Superbowl, que tem o minuto mais caro para anunciantes na TV americana. Foi também o nono vídeo mais visto em 2011 no YouTube, com mais de 45 milhões de visualizações.

Segundo o Google, foram assistidos a mais de um trilhão de vídeos no YouTube em 2011, o que dá cerca de 140 visualizações para cada pessoa no planeta.

O ranking com os vídeos mais populares do ano está em www.youtube.com/rewind. A lista é liderada por um vídeo que não vi: como disse no início deste post, tenho controle sobre o que assisto e apreço pelo meu tempo (mesmo quando o gasto com bobagens online).

Aproveito para postar aqui também aquele que foi o vídeo mais popular do ano no YouTube na categoria de ciência e tecnologia: um conceito de como se gostaria de um iPhone 5.

Confira outras dicas de vídeos

>>> Acompanhe este blog pelo FacebookGoogle+

Bookmark and Share

Envie seu Comentário