Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Precisamos de leis tornando Wi-Fi obrigatório em bares e restaurantes?

05 de janeiro de 2012 1

Foto: Rafael Azambuja Ramos, arquivo pessoal

Passei uns dias em Nova York no final do ano e, como costumo me referir a períodos em que fico afastada da internet, foi um teste e tanto à minha sanidade.

Para começar, o hotel em que eu estava hospedada não tinha internet de graça. Peraí, se Wi-Fi grátis é para mim o primeiro critério na escolha de um hotel, como eu fui parar num lugar desses? A resposta: Hotwire, o site aquele em que você primeiro paga o hotel para só depois ficar sabendo o nome dele. Você escolhe com base em informações como a região da cidade em que fica localizado, o número de estrelas e amenidades oferecidas (por exemplo, se tem piscina, academia). Eu e o Rafa nunca pegamos hotel ruim por esse site – pelo contrário, já conseguimos barbadas como diárias em um Sheraton em Minneapolis por 50 dólares.

O irônico é que o tal hotel em Nova York tinha até promoção no Foursquare para quem fizesse check-in lá. Mas a internet, para a pessoa aqui poder acessar o Foursquare, custava 15 dólares o dia.

O que também me angustia quando se trata de uma viagem para outro país é ficar sem internet no celular, que deixei em modo avião para não ter um susto com a conta de roaming de dados. Considero esse tipo de situação uma baita oportunidade para provar que sou capaz de encarar filas sem meus feeds RSS e sobreviver. Bem, passei no teste, ufa! :)

De qualquer forma, locais com internet de graça sempre ganham mais pontos comigo, e Nova York não é tão free Wi-Fi como eu gostaria.

Dito isso, vamos ao que interessa: lá em Kuala Lumpur, a maior cidade de Malásia, foi criada uma lei tornando o oferecimento de internet um requisito obrigatório para restaurantes, bares e pubs na hora de obter ou renovar a licença, segundo informações do jornal local NewSraitsTime (vi lá no TheNextWeb).

A pergunta que fica: será que chegamos ao ponto de que é preciso uma lei para isso? Pitacos?

>>> Acompanhem o blog também pelo Facebook e pelo Google+

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Marcello diz: 6 de janeiro de 2012

    Acho que os nosso políticos tem coisas mais relevantes a se importarem, porém, também acho que, sim, deveria haver internet de graça em locais públicos, assim como bares e restaurantes.

Envie seu Comentário