Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Para o "físico do impossível", a internet hoje é feminina

11 de fevereiro de 2012 0

Foto: Cristiano Sant’Anna, indicefoto.com, divulgação

Se eu fosse resumir em poucas palavras a palestra de Michio Kaku na tarde deste sábado na Campus Party, eu diria que foi uma aula sobre o futuro.

Conhecido como o “físico do impossível”, Kaku apresentou aos campuseiros um futuro onde os computadores desaparecerão e a internet estará em todos lugares. Trata-se de um futuro de internet onipresente, nas paredes da nossa sala de estar e até mesmo em lentes nos nossos olhos. Será um futuro em que viveremos mais, até mesmo com órgãos humanos sendo criados em laboratório. Mas também será um futuro para o qual precisaremos nos preparar:

- As pessoas têm que ser educadas sobre o futuro – disse Kaku em coletiva de imprensa, ao comentar que a tecnologia pode ser usada tanto para o bem e para o mal, e o que determina isso é a sabedoria.

Para Kaku, a internet mudou de gênero ao longo dos anos.

- Tem gente que pensa que a internet é fria, impessoal e mecânica. Era assim quando foi inventada. A internet era originalmente masculina. Hoje ela é feminina, é sobre tocar pessoas e fazer contatos – afirmou.

A programação da Campus Party, principal festival de tecnologia e inovação do país, termina neste sábado no Anhembi, em São Paulo. Amanhã é dia dos participantes que acamparam no evento voltarem para casa.

Eu me despeço da Campus Party em alguns minutos. Aproveitarei a longa viagem de volta para o inverno canadense para digerir melhor algumas das profecias de Kaku, e apresento um apanhado delas na coluna Tecnologia na Cabeça da próxima quarta-feira no caderno ZH Digital.

Vanessa Nunes viajou para São Paulo a convite da organização da Campus Party

>>> Confiram tudo o que já foi publicado sobre a Campus Party aqui no blog

>>> Acompanhem o blog pelo Facebook e Google+

Bookmark and Share

Envie seu Comentário