Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O fiasco olímpico das redes sociais

07 de agosto de 2012 1

O mundo digital avança mais rápido que as pessoas em assimilá-lo, por isso a pergunta que fica dessa Olimpíada de Londres é se, afinal, estamos preparados para essa era das mídias sociais. Se tivesse medalha para mau uso de Twitter, a disputa ia ser das mais acirradas. Houve casos de atletas expulsos da competição por tweets infelizes e judoca brasileira respondendo críticas de tuiteiros com palavrões.

Twitter não é uma mesa de bar em que você está com os seus amigos. É um palco hostil em que estamos rodeados de stalkers e trolls, tanto que a polícia chegou a prender na Inglaterra um adolescente por causa de ataques via Twitter a um mergulhador britânico.

O fracasso olímpico das mídias sociais ficou marcado também pelas restrições impostas pelo COI ao uso das redes sociais por atletas, proibindo a postagem de vídeos, relatos que não sejam em primeira pessoa e menções a seus patrocinadores pessoais. Isso que o COI queria se mostrar moderninho, inclusive tendo lançado o hub.olympic.org (imagem abaixo) para conectar atletas e torcedores.

Crédito: reprodução

E não dá para esquecer que a organização chegou a pedir para para que o público moderasse no envio de mensagens durante as competições ao alegar que uma sobrecarga prejudicou a cobertura televisiva em uma corrida de rua de bicicleta. Convenhamos: algo digno de medalha de ouro como “piada olímpica”.

*Texto publicado na coluna Tecnologia na Cabeça desta semana

Leiam também:

As apps oficiais da Olimpíada

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • accurso diz: 7 de agosto de 2012

    se em Londres foi essq confusão toda, só quero ver como vai ser no Brasil. Acredito que será um fiasco ainda maior…

Envie seu Comentário