Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Oversharing, estresse tecnológico e etiqueta móvel

20 de setembro de 2012 0

Não é novidade que a tecnologia deixa as pessoas estressadas, com as novas demandas que traz (a sobrecarga de e-mails, por exemplo). Mas há uma nova faceta do estresse tecnológico despontando aí: as pessoas estão cada vez mais incomodadas mesmo é com o jeito que os seus amigos lidam com o mundo digital.

Um estudo divulgado pela Intel confirma esse sentimento evidente a cada espiadela no Facebook ou Twitter: as pessoas compartilham online mais do que deveriam. Há um termo do inglês para isso: oversharing. Essa opinião de que há um excesso de compartilhamento foi manifestada por seis em cada 10 entrevistados na edição 2012 da pesquisa Etiqueta Móvel, realizada em oito países, incluindo o Brasil.

Fica o alerta: 95% dos brasileiros declarou que gostaria que as pessoas tivessem mais decoro no uso de seus dispositivos móveis em público. O que mais irrita é o uso de dispositivos com o volume muito alto. Na minha opinião, tem algo ainda pior: aquelas pessoas que veem vídeos ou escutam músicas no ônibus sem fones de ouvido.

Há uma ânsia de se mostrar uma pessoa antenada com as novas tecnologias. Prova disso são os cinco lugares em que, de acordo com o estudo, os brasileiros mais compartilham informações online: férias, eventos esportivos, no meio de refeições com outras pessoas, hospital e quando estão no banheiro. Daí para os deslizes é um passo. Não é à toa que sites como o www.weknowwhatyouredoing.com (que chama a atenção para quem divulga informações comprometedoras no Facebook) se esbaldam.

*Texto da coluna Tecnologia na Cabeça desta semana na ZH impressa

Ah, para quem se vira no inglês, vale a pena dar um conferida em www.mobileetiquette.com, que apresenta vários gráficos com resultados da edição 2012 da pesquisa da Intel sobre etiqueta móvel.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário