Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

One more thing...

05 de outubro de 2012 0

Como esta sexta-feira, 5 de outubro, marca um ano da morte de Steve Jobs, a Apple divulgou este vídeo em homenagem ao seu cofundador:

No site da Apple, há uma mensagem do CEO Tim Cook: “Espero que hoje todos reflitam sobre a vida extraordinária dele [Steve Jobs] e sobre as muitas formas pelas quais ele fez do mundo um lugar melhor”, diz um trecho.

Bem, eu refleti. Mas o que acho mais interessante observar neste 5 de outubro é como se virou a Apple sem Steve Jobs.

A morte de Steve Jobs não tirou a Apple do rumo, mas deixou um vazio. O que vai dizer qualquer fã da marca? Ele faz falta, oras.

É simples assim: a Apple é maior que Steve Jobs, mas não é tão legal sem Steve Jobs.

Pensem na mais recente apresentação da empresa, o anúncio do iPhone 5. Tim Cook não tem o mesmo carisma. Nas apresentações feitas por Jobs, ele era parte importante do show. Por isso convido vocês a relembrar, no vídeo abaixo, um dos momentos mais aguardados, quando ele dizia “one more thing” (mais uma coisa). Foi assim que ele apresentou, por exemplo, o MacBook Air, o FaceTime e o iPod Touch.

O fato mais significativo de mudança de postura neste um ano de Apple sem Steve Jobs foi a carta de Tim Cook diante do fiasco da ferramenta própria de mapas da empresa no iOS6. Ele não só pediu desculpas como recomendou usar serviços de mapas concorrentes. É difícil imaginar que a Apple na era Steve Jobs fosse capaz de uma humildade do tipo.

Crédito da foto: Justin Sullivan/Getty Images/AFP

Confiram também:

Dica de vídeo: a participação de Walter Isaacson, biógrafo de Steve Jobs, no Roda Viva

A ressaca de perder um ídolo

Três aparições inesquecíveis de Steve Jobs

Bookmark and Share

Envie seu Comentário