Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

O dia em que meu iPhone 5 pifou

20 de janeiro de 2013 0

Admito que o título deste post tem um quê de exagero. O que parou de funcionar no meu iPhone 5 foi apenas a câmera traseira, só que para mim isso foi quase como se o aparelho inteiro não me servisse mais. De que me adianta um telefone “de última geração” sem câmera? Como vou postar no Instagram?

Crédito da foto: Vanessa Nunes, arquivo pessoal

A primeira tentativa foi desligar e ligar de novo o aparelho. Nada adiantou. Minha segunda esperança foi restaurar o firmware. O problema persistiu. Em fóruns na internet, vi mais gente reclamando do mesmo problema com a câmera.

Como o bichinho estava dentro da garantia, a Apple teria de consertar ou trocar o aparelho. O máximo que podia acontecer era eu ficar uns dias (ou semanas) sem a Siri. Tudo bem, pensei, eu iria me virar muito bem com o meu outro smartphone e o Android, de que também tanto gosto.

Depois de surtar um pouquinho, o que fiz foi correr para a Apple Store da minha cidade e marcar um horário no Genius Bar. Em questão de minutos, saí da loja com um aparelho novo.

Apesar de tudo ter sido facilmente resolvido, o saldo dessa história é frustração. Não é a primeira que tenho um iPhone que “pifa” (já tive um modelo em que o Wi-Fi parou de funcionar) e, o pior de tudo, é que possivelmente não será a última.

Leia também:

O dia em que quebrei a tela do meu iPad

Bookmark and Share

Envie seu Comentário