Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

E Marissa Mayer foi às compras...

09 de julho de 2013 0

Desde que assumiu a presidência do Yahoo!, em julho de 2012, Marissa Mayer (foto) bate em uma tecla: o futuro da empresa depende de ter sucesso em dispositivos móveis. Sob seu comando, a companhia focou em produtos, repaginando serviços importantes como o Yahoo! Mail e o Flickr e melhorando seus apps. A executiva também criou polêmicas ao limitar o home office na empresa e voltar ao trabalho duas semanas depois de dar à luz seu primeiro filho. Mas o que melhor define este um ano de gestão de Marissa Mayer no Yahoo! é a maratona de compras que tem imposto à companhia.

Crédito da foto: Yahoo!, divulgação

Foram três anúncios na semana passada, começando pela compra da Bignoggins Productions, uma empresa especializada em aplicativos esportivos. Depois teve o Qwiki, que cria videoclipes com fotos e vídeos armazenados no iPhone e permite compartilhar o resultado com amigos, e a Xobni (Inbox ao contrário – ou caixa de entrada, em português), um aplicativo de organização de e-mails cuja tecnologia será incorporada ao Yahoo! Mail.

Só em 2013 foram pelo menos 15 aquisições. A mais vistosa, sem dúvida, foi a compra do Tumblr. Não só pelo valor do negócio (US$ 1,1 bilhão), mas também pelo que representa: agora é do Yahoo! – uma empresa que tenta se tornar relevante de novo – um dos serviços mais badalados da internet.

Algumas aquisições foram focadas em trazer talentos para o Yahoo! e assim renovar a empresa. É o caso do aplicativo de recomendações Stamped, adquirido no ano passado e descontinuado. Criado por ex-funcionários do Google, o Stamped tinha investidores de peso como a apresentadora de TV americana Ellen DeGeneres e o cantor Justin Bieber.

Outras compras foram motivadas por tecnologias que pudessem ser incorporadas a produtos da empresa. Exemplos incluem o Snip.it, que era uma espécie de Pinterest para notícias, e o Summly, app que gera um resumo de notícias e tinha adquirido notoriedade online por ter sido criado por um guri de 15 anos.

Uns vêm, outros vão

Em um ano à frente do Yahoo!, Marissa Mayer não só está comprando startups mas também está se livrando de serviços que não são tão populares assim. No que o Yahoo! chamou de “esforço para moldar nosso foco”, a companhia anunciou recentemente o fim de 12 produtos. Na lista está ninguém menos do que o Altavista. Se você usou a internet nos anos 90, sabe bem do que eu estou falando. Para os mais novos: o Altavista – que tinha sido comprado pelo Yahoo! em 2003 – foi um dos buscadores pioneiros na internet. Sem dúvida, o Altavista marcou época, mas ficou para trás com a ascensão do Google como o grande nome nas buscas.

* Texto da minha coluna desta semana na ZH impressa

Bookmark and Share

Envie seu Comentário