Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Massacre verde-amarelo no sábado do Rip Curl Pro Stamina na Argentina

20 de abril de 2014 0

Depois de uma maratona de 24 baterias na quarta-feira, veio o feriadão da Semana Santa sem ondas na Playa Grande de Mar del Plata por dois dias consecutivos e o ASP 3-Star Rip Curl Pro Stamina retornou no sábado para mais um longo dia com 23 baterias realizadas na Argentina. Só faltou uma para completar as oitavas de final, que ficou para abrir o domingo decisivo da primeira etapa da ASP South America válida pelo ASP Qualifying Series esse ano. Os brasileiros dominaram mais uma vez, com doze se classificando para as quartas de final. As únicas exceções foram o sul-africano Dylan Lightfoot e o uruguaio Marco Giorgi.

Italo Ferreira bateu todos os recordes do Rip Curl Pro Stamina (Foto: Leandro Barsocchini / Proenter)

Italo Ferreira bateu todos os recordes do Rip Curl Pro Stamina (Foto: Leandro Barsocchini / Proenter)

O massacre verde-amarelo foi comandado pelo potiguar Italo Ferreira e o cearense Messias Felix, que fizeram os recordes do Rip Curl Pro Stamina em duas baterias seguidas no sábado. Foi na melhor hora do mar na Playa Grande e as manobras aéreas fizeram a diferença, arrancando as maiores notas do campeonato. Italo quase tira a primeira nota 10 em Mar del Plata. Ele bateu todas as marcas que Messias havia conseguido na bateria anterior. Aumentou a maior nota de 9,65 para 9,90 e o placar de 18,15 para 18,70 de 20 possíveis. Tudo isso em sua primeira apresentação no sábado. Na segunda, Italo deu outro show para fazer os recordes das oitavas de final, nota 9,15 e 17,30 pontos, terceira maior somatória do evento.

Outro destaque do dia foi o defensor do título do Rip Curl Pro Stamina, Jihad Khodr, que venceu as duas baterias que disputou no sábado em Mar del Plata. Na primeira, barrou uma das apostas para um título argentino na Playa Grande, Leandro Usuña. Já a segunda foi só entre brasileiros, com três ex-tops do WCT brigando pelas duas vagas para as quartas de final. Jihad passou em primeiro e na batalha pelo segundo lugar o carioca Pedro Henrique levou a melhor sobre o cearense Heitor Alves, eliminado junto com Rafael Teixeira.

QUARTAS DE FINAL – O defensor do título em Mar del Plata vai disputar as duas primeiras vagas para as semifinais, em um dos dois confrontos 100% brasileiros que vão abrir as quartas de final. Os adversários de Jihad Khodr são Franklin Serpa, Victor Bernardo e José Eduardo. Na segunda, tem Hizunomê Bettero, Halley Batista, Pedro Henrique e Deivid Silva. E a terceira bateria já está com mais três brasileiros, Bruno Galini, Michael Rodrigues e Italo Ferreira, que aguardam o resultado da última oitava de final para conhecerem o quarto adversário deles.

Jihad Khodr segue na briga pelo bicampeonato na Argentina (Foto: Leandro Barsocchini / Proenter)

Jihad Khodr segue na briga pelo bicampeonato na Argentina (Foto: Leandro Barsocchini / Proenter)

Já os dois únicos surfistas de outros países que conseguiram furar o bloqueio verde-amarelo na Playa Grande, o sul-africano Dylan Lightfoot e o uruguaio Marco Giorgi, que há muitos anos mora em Santa Catarina, estão juntos na última quarta de final com o bicampeão brasileiro Messias Felix. Eles também esperam o encerramento das oitavas de final para ver quem vai completar a bateria. Só que neste confronto que vai abrir o domingo estão mais três brasileiros, Alex Ribeiro, Ian Gouveia e Sidney Guimarães, com o japonês Reo Inaba.

JAPONÊS NA BRIGA – O japonês já derrotou dois brasileiros no sábado, o paulista David do Carmo que ficou em terceiro lugar na final do ano passado em Mar del Plata, além de Alcides Lopes, que acabou eliminado junto com o argentino Lucas Santamaria. Reo Inaba falou sobre essa vitória na última bateria da rodada de estreia dos principais cabeças de chave do Rip Curl Pro Stamina.

Além de valer 750 pontos no ranking do ASP Qualifying Series, que classifica dez surfistas para elite dos top-34 do Samsung Galaxy ASP World Championship Tour, a vitória no Rip Curl Pro Stamina também garante 2.000 pontos e a liderança na disputa pelo título sul-americano profissional do ASP South America Surf Series 2014, que está começando nesta semana na Argentina. Outras três provas já estão confirmadas para definir quem será o melhor surfista da América do Sul esse ano.

PRÓXIMAS ETAPAS DA ASP SOUTH AMERICA – A próxima é o Powerade apresenta Quiksilver Saquarema Prime nos dias 20 a 25 de maio em Saquarema (RJ), no Brasil. Depois, vem o desafio nas grandes ondas de El Gringo no ASP 3-Star Maui and Sons Arica World Star Tour de 22 a 26 de julho no Chile e o ASP 4-Star Mahalo Surf Eco Festival nos dias 9 a 14 de setembro na Praia da Tiririca, em Itacaré, no litoral sul da Bahia, novamente no Brasil. De acordo com as novas regras da ASP South America, todas valem 2.000 pontos independentemente da premiação oferecida ou do status do evento.

 

Fonte – Assessoria de Imprensa da ASP South America
———————————————————————————-

QUARTAS DE FINAL DO ASP 3-STAR RIP CURL PRO STAMINA:

1.a: Jihad Khodr (BRA), Franklin Serpa (BRA), Victor Bernardo (BRA). José Eduardo (BRA)

2.a: Hizunomê Bettero (BRA), Halley Batista (BRA), Pedro Henrique (BRA), Deivid Silva (BRA)

3.a: Bruno Galini (BRA), Michael Rodrigues (BRA), Italo Ferreira (BRA) e 2.o da última oitava de final

4.a: Messias Felix (BRA), Dylan Lightfoot (AFR), Marco Giorgi (URU) e 1.o da última oitava de final

RESULTADOS DO SÁBADO NA PLAYA GRANDE DE MAR DEL PLATA:

OITAVAS DE FINAL – 3.o=17.o lugar (US$ 800 e 178 pts) / 4.o=25.o lugar (US$ 700 e 145 pts):

1.a: 1-Franklin Serpa (BRA), 2-Halley Batista (BRA), 3-Marco Fernandez (BRA), 4-Guillermo Satt (CHL)

2.a: 1-Jihad Khodr (BRA), 2-Pedro Henrique (BRA), 3-Heitor Alves (BRA), 4-Rafael Teixeira (BRA)

3.a: 1-Deivid Silva (BRA), 2-Victor Bernardo (BRA), 3-Robson Santos (BRA), 4-Marcelo Rodriguez (ARG)

4.a: 1-Hizunomê Bettero (BRA), 2-José Eduardo (BRA), 3-Tomas Hermes (BRA), 4-Ricardo dos Santos (BRA)

5.a: 1-Bruno Galini (BRA), 2-Dylan Lightfoot (AFR), 3-Marcos Correa (BRA), 4-Raphael Seixas (BRA)

6.a: 1-Italo Ferreira (BRA), 2-Messias Felix (BRA), 3-Wesley Santos (BRA), 4-Yan Daberkow (BRA)

7.a: 1-Marco Giorgi (URU), 2-Michael Rodrigues (BRA), 3-Paul Cesar Distinguin (FRA), 4-David do Carmo (BRA)

————-ficou para abrir o domingo:

8.a: Alex Ribeiro (BRA), Ian Gouveia (BRA), Sidney Guimarães (BRA), Reo Inaba (JPN)

Envie seu Comentário