Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Willian Cardoso nas oitavas do Vans US Open na Califórnia

01 de agosto de 2014 0

O potiguar Jadson André e o catarinense Willian Cardoso conquistaram as primeiras classificações brasileiras para as oitavas de final do ASP Prime Vans US Open of Surfing com as melhores apresentações da quinta-feira na Califórnia, Estados Unidos. Eles se destacaram com os maiores placares do dia nas ondas de 2-3 pés em Huntington Beach. O recordista foi Jadson André com 17,97 pontos, único a superar os 17,20 de Willian nas oito baterias da terceira fase disputadas na quinta-feira. Também foram realizados os quatro confrontos da repescagem do WCT feminino para definir os duelos das quartas de final da sexta etapa do Samsung Galaxy ASP Women´s World Tour.

Jadson André recordista da quinta-feira na Califórnia (Foto: Sean Rowland / ASP)

Entre as meninas, a melhor do dia foi Tyler Wright com 17,67 pontos de 20 possíveis na vitória sobre a também australiana Laura Enever. Ela agora vai encarar a líder do ranking mundial, Carissa Moore, na segunda quarta de final. A primeira também será Austrália contra Havaí, entre Nikki Van Dijk e Malia Manuel, respectivamente. Na terceira, a vice-líder Sally Fitzgibbons enfrenta a francesa Johanne Defay. E na última, Lakey Peterson defende os Estados Unidos contra a pentacampeã mundial Stephanie Gilmore, da Austrália que está representada em todas as baterias das quartas de final do US Open of Surfing.

Os homens também só disputaram uma rodada na quinta-feira, com a vitória valendo vaga direta para as oitavas de final do ASP Prime dos Estados Unidos. O primeiro brasileiro a competir foi Willian Cardoso, que achou boas ondas para mostrar o seu “power surf” no píer de Huntington Beach. O catarinense totalizou 17,20 pontos para ganhar fácil do sul-africano Beyrick De Vries e do norte-americano Tim Reyes, que não chegaram a dez pontos nas duas notas computadas.

Duas baterias depois, o baiano Bino Lopes foi o primeiro brasileiro a cair para a repescagem. Ele não conseguiu um bom posicionamento para pegar as melhores ondas no confronto vencido por Keanu Asing. Mas, Jadson André encaixou o seu surfe nas condições do mar da quinta-feira e fez o maior placar do dia, 17,97 pontos, para superar o novo líder do ASP Qualifying Series, Matt Banting. Mas, o australiano terá uma segunda chance de classificação na repescagem, assim como Bino Lopes e mais dois brasileiros que não venceram suas baterias na terceira fase, o paulista Filipe Toledo e o paranaense Peterson Crisanto.

Willian Cardoso na primeira vitória brasileira da quinta-feira (Foto: Sean Rowland / ASP)

SEGUNDA CHANCE – O primeiro a competir será Bino Lopes, que vai enfrentar um top do WCT na terceira repescagem, o australiano Adam Melling. Depois, o Brasil só volta na sexta bateria com Filipe Toledo contra o norte-americano Michael Dunphy, que precisa passar para as oitavas de final para entrar na lista dos dez surfistas que o ASP Qualifying Series classifica para a elite dos top-34 do WCT. E no duelo seguinte, Peterson Crisanto fecha a participação brasileira na repescagem defendendo a última vaga no G-10 contra o americano Brett Simpson, que já tem título do US Open no currículo.

Entre os oito que já garantiram seus nomes na disputa pelas vagas para as quartas de final, só a Austrália tem dois classificados como o Brasil, Bede Durbidge e Mitch Crews. Os outros quatro são o norte-americano Kolohe Andino, vice-campeão na final do ano passado em Huntington Beach contra o brasileiro Alejo Muniz, o havaiano Keanu Asing, Jonathan Gonzalez das Ilhas Canárias e Charles Martin de Guadalupe. Eles aguardam seus adversários que sairão dos duelos da repescagem.

———————————————————————————-

OITAVAS DE FINAL DO ASP PRIME VANS US OPEN OF SURFING:

1.a: Mitch Crews (AUS) x vencedor da 1.a repescagem

2.a: Willian Cardoso (BRA) x vencedor da 2.a repescagem

3.a: Charles Martin (GLP) x vencedor da 3.a repescagem

4.a: Keanu Asing (HAV) x vencedor da 4.a repescagem

5.a: Jadson André (BRA) x vencedor da 5.a repescagem

6.a: Jonathan Gonzalez (CNY) x vencedor da 6.a repescagem

7.a: Bede Durbidge (AUS) x vencedor da 7.a repescagem

8.a: Kolohe Andino (EUA) x vencedor da 8.a repescagem

REPESCAGEM DO ROUND OF 24 – Vitória=Oitavas de Final / Derrota=17.o lugar com 1.300 pontos e US$ 2.700:

1.a: Tim Reyes (EUA) x Maxime Huscenot (FRA)

2.a: Josh Kerr (AUS) x Beyrick De Vries (AFR)

3.a: Adam Melling (AUS) x Bino Lopes (BRA)

4.a: Jordy Smith (AFR) x Aritz Aranburu (ESP)

5.a: Matt Banting (AUS) x Kanoa Igarashi (EUA)

6.a: Filipe Toledo (BRA) x Michael Dunphy (EUA)

7.a: Brett Simpson (EUA) x Peterson Crisanto (BRA)

8.a: Ryan Callinan (AUS) x Garrett Parkes (AUS)

TERCEIRA FASE – Round  of 24 – 1.o=Oitavas de Final / 2.o e 3.o=Repescagem:

———–resultados da quinta-feira:

1.a: 1-Mitch Crews (AUS)=15.60, 2-Maxime Huscenot (FRA)=14.36, 3-Josh Kerr (AUS)=10.00

2.a: 1-Willian Cardoso (BRA)=17.20, 2-Beyrick De Vries (AFR)=8.93, 3-Tim Reyes (EUA)=6.23

3.a: 1-Charles Martin (GLP)=11.33, 2-Adam Melling (AUS)=11.06, 3-Jordy Smith (AFR)=10.83

4.a: 1-Keanu Asing (HAV)=16.73, 2-Aritz Aranburu (ESP)=14.27, 3-Bino Lopes (BRA)=9.23

5.a: 1-Jadson André (BRA)=17.97, 2-Matt Banting (AUS)=13.83, 3-Michael Dunphy (EUA)=13.40

6.a: 1-Jonathan Gonzalez (CNY)=14.06, 2-Filipe Toledo (BRA)=13.50, 3-Kanoa Igarashi (EUA)=9.50

7.a: 1-Bede Durbidge (AUS)=14.77, 2-Brett Simpson (EUA)=14.43, 3-Ryan Callinan (AUS)=9.50

8.a: 1-Kolohe Andino (EUA)=11.60, 2-Garrett Parkes (AUS)=10.27, 3-Peterson Crisanto (BRA)=8.83

QUARTAS DE FINAL DO ASP WOMENS TOUR NO US OPEN OF SURFING:

1.a: Malia Manuel (HAV) x Nikki Van Dijk (AUS)

2.a: Carissa Moore (HAV) x Tyler Wright (AUS)

3.a: Sally Fitzgibbons (AUS) x Johanne Defay (FRA)

4.a: Stephanie Gilmore (AUS) x Lakey Peterson (EUA)

Fonte: Assessoria ASP South América

 

Envie seu Comentário