Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dobradinhas para Anderson Cidade e Milton “Chumbinho” Becker no Catarinense de Motocross em São José

25 de agosto de 2014 0

Anderson Cidade foi o campeão na MX1 e MX2, enquanto Chumbinho foi o grande vencedor na MX3 e MX4

Nesse fim de semana (23 e 24), o Motódromo Marronzinho, localizado no Bairro Potecas, em São José, recebeu a centenas de pilotos para as disputas da quinta etapa do Campeonato Catarinense de Motocross. Destaque para as dobradinhas de Anderson Cidade (MX1 e MX2) e Milton “Becker” Chumbinho (MX3 e MX4).

Com bom público e ótimas disputas, o fim de semana foi repleto de emoções na pista do Marronzinho. Na principal categoria do Motocross Catarinense, a MX1, o duelo entre os irmãos Pipo Castro e Anderson Cidade levantou a torcida. Na primeira bateria, vantagem para Pipo, que ganhou com apenas um segundo de diferença. Já na disputa derradeira, Anderson deu o troco e, também por um segundo de vantagem, venceu o duelo decisivo, garantindo o título na classificação geral. Líder do campeonato, José Brayan ficou em terceiro.

Na MX2 as disputas também foram equilibradas, mas no final deu Anderson Cidade mais uma vez. Endrews Armostrong terminou na segunda posição e José Brayan, líder do Campeonato também na MX2, foi o 3º, completando o pódio.

Milton “Chumbinho” Becker vence mais duas e amplia liderança:

Se na MX1 e MX2 as disputas seguem abertas pela liderança, na MX3 e MX4 o piloto de Joinville Milton “Chumbinho” Becker segue em grande fase e nesse fim de semana venceu mais duas vezes. Na MX3, Richard Berois fez uma boa prova e acabou em segundo. Já na MX4, Erivelto Nicoladelli foi o vice-campeão.

O fim de semana contou ainda com boas disputas em outras categorias. Na 55cc Rafael Becker venceu e Raul Miranda ficou em segundo. Com o resultado, Raul manteve a liderança do ranking. Na 65cc, Carlos Baltazar venceu mais uma e segue dominando a categoria.

Na Intermediária MX1 mais uma vitória para Luciano Oliviera, o “Boca”. Na Intermediária MX2 vitória para Lucas Dunka e na Junior melhor para Leonardo Cassarotti. Encerrando as baterias desse fim de semana, Matheus de Souza foi o grande campeão da Nacional.

Resultado final da etapa:

Categoria 55cc 

1) 7 – Rafael Becker – 11:47.450

2) 205 – Raul Miranda – 23.419

3) 777 – Ivo Petras Kurahashi Konell – 33.688

4) 22 – Pablo Michelmann – 42.362

5) 2 – Leo Vitor Kessur de Siqueira – 48.348

6) 305 – Derek Slater Rocha da Silva – 1:04.237

7) 851 – Antonio Francisco Vitorino – 1:19.719

8) 28 – Vitor Hugo Jarosczevski de Borba – 1:26.565

Categoria 65cc 

1) 14 – Carlos Baltazar – 14:10.219

2) 101 – Olivio Gabriel dos Santos – 23.628

3) 6 – Antonio Silveira Leite Neto – 53.795

4) 96 – Matheus Yan Montagna – 1:09.704

5) 5 – Erik Onofre Vitorassi Soares – 1:21.904

6) 78 – Herick Fernandes Reis – 1:24.586

7) 50 – Eric Michael Tecilla – 1:36.136

8) 363 – Joao Vitor Vitorino – 1:39.064

Categoria intermediaria MX1 

1) 41 – Luciano de Oliveira – 16:08.036

2) 586 – Renato Lehmkuhl – 4.154

3) 14 – Renan Coldebella – 5.198

4) 92 – Rafael Knoll – 26.917

5) 49 – Rogerio Schmitt – 35.520

6) 229 – Rodrigo Knoll – 39.823

7) 413 – Lawrence Tasca – 43.662

8) 555 – Everson Luciano Silva – 1:09.678

Categoria intermediaria MX2 

1) 34 – Lucas Dunka – 15:43.268

2) 198 – Hugo Philippe – 9.212

3) 231 – Luzenir Jose Cardoso – 41.028

4) 15 – Pietro Grazik Pimentel – 41.090

5) 151 – Vinicius Coelho – 43.519

6) 89 – Eduardo Rosing – 44.708

7) 38 – Sueder Alano Vieira – 1:02.898

8) 57 – Fernando Florentino Chaves – 1:05.530

Categoria junior 

1) 25 – Leonardo Z. Cassarotti – 16:08.682

2) 24 – Thiago Brenner – 8.849

3) 77 – Diego Heining da Silva – 20.749

4) 48 – Jose Felipe Mombach – 33.331

5) 100 – Rian Fischer – 52.564

6) 6 – Antonio Silveira Leite Neto – 1:25.464

7) 17 – Darlan Milverstet – 2:06.182

Categoria mx1 – Bateria 1 

1) 10 – Cristopher Castro – 22:38.652

2) 20 – Anderson Cidade – 1.479

3) 45 – Leonardo de Souza – 32.323

4) 31 – José Brayan – 36.965

5) 112 – Endrews Armstrong – 44.408

6) 710 – Venicio Voigt – 1:18.252

7) 932 – Erivelto Nicoladelli – 1 Volta

8) 95 – João Victor da Veiga – 1 Volta

Categoria mx1 - Bateria 2

1) 20 – Anderson Cidade – 24:05.353

2) 10 – Cristopher Castro – 1.554

3) 31 – José Brayan – 44.630

4) 45 – Leonardo de Souza – 45.314

5) 112 – Endrews Armstrong – 1:00.012

6) 710 – Venicio Voigt – 1 Volta

7) 932 – Erivelto Nicoladelli – 1 Volta

8) 95 – João Victor da Veiga – 1 Volta

 

Categoria mx2 

1) 20 – Anderson Cidade – 22:47.869

2) 112 – Endrews Armstrong – 13.646

3) 31 – José Brayan – 18.085

4) 45 – Leonardo de Souza – 26.957

5) 710 – Venicio Voigt – 51.891

6) 89 – Eduardo Rosing – 1:19.806

7) 28 – Kaue Vieira – 1:33.213

8) 95 – João Victor da Veiga – 1 Volta

Categoria mx3 

1) 2 – Milton Becker – 17:04.472

2) 9 – Richard Berois – 18.943

3) 932 – Erivelto Nicoladelli – 21.229

4) 69 – Anisio Clasen – 39.017

5) 231 – Luzenir Jose Cardoso – 1:31.983

6) 49 – Rogerio Schmitt – 1 Volta

7) 229 – Rodrigo Knoll – 1 Volta

8) 92 – Rafael Knoll – 1 Volta

Categoria mx4 

1) 2 – Milton Becker – 16:55.900

2) 932 – Erivelto Nicoladelli – 22.960

3) 69 – Anisio Clasen – 38.121

4) 929 – Amilton Juca Bala – 41.668

5) 229 – Rodrigo Knoll – 1:32.069

6) 49 – Rogerio Schmitt – 1:37.964

7) 92 – Rafael Knoll – 1 Volta

8) 555 – Everson Luciano Silva – 1 Volta

Categoria nacional 

1) 100 – Matheus Rafaél de Souza – 15:30.744

2) 86 – Eduardo de Villa Goulart – 13.956

3) 16 – Leandro Nunes Esmeraldino – 15.389

4) 749 – Celso Figueiró Junior – 19.554

5) 713 – Mauricio Ricardo Heindrickson de Abreu – 1:13.535

6) 82 – Claudionir Pacheco Silveira – 1:18.712

7) 15 – Ramon Antunes Batista – 1:23.733

8) 38 – Sueder Alano Vieira – 1:25.868

Classificação extra-oficial

Categoria MX1

1º) José Brayan – 89 pts

2º) Anderson Cidade – 67 pts

3º) Cristopher Castro – 64 pts

4º) Rafael da Silva Faria – 63 pts

5º) Leandro da Silva – 63 pts

Categoria MX2

1º) José Brayan – 87 pts

2º) Venicio Voigt – 73 pts

3º) Anderson Cidade – 72 pts

4º) Leandro da Silva – 70 pts

5º) Kaue Vieira – 60 pts

 

Categoria MX3

1º) Milton Becker – 122 pts

2º) Richard Berois – 113 pts

3º) Erivelto Nicoladelli – 100 pts

4º) Nilson Tecilla – 79 pts

5º) Rogerio Schmitt – 69 pts

Categoria MX4

1º) Milton Becker – 125 pts

2º) Erivelto Nicoladelli – 110 pts

3º) Amilton Juca Bala – 78 pts

4º) Rogerio Schmitt – 72 pts

5º) Ingo Gielow Junior – 66 pts

Categoria Intermediária MX1

1º) Luciano de Oliveira – 100 pts

2º) Renato Lehmkuhl – 98 pts

3º) Nilson Tecilla – 89 pts

4º) Lawrence Tasca – 80 pts

5º) Rogerio Schmitt – 75 pts

Categoria Intermediária MX2

1º) Lucas Dunka – 125 pts

2º) Pedro Bittencourt Barboza – 79 pts

3º) Rafael Dunka – 64 pts

4º) Vinicius Coelho – 56 pts

5º) Vinicius Doege Fronza – 52 pts

Categoria Força Livre Nacional

1º) Eduardo de Villa Goulart – 105 pts

2º) Deivid Carradore – 95 pts

3º) Sueder Alano Vieira – 94 pts

4º) Mauricio Ricardo Heindrickson de Abreu – 84 pts

5º) Leandro Cé Weitgenandt – 70 pts

Categoria Júnior

1º) Thiago Brenner – 122 pts

2º) Diego Heining da Silva – 109 pts

3º) Darlan Milverstet – 68 pts

4º) Antonio Silveira Leite Neto – 54 pts

5º) Jean Carlos Lourenzetti Junior – 45 pts

Categoria 65cc

1º) Carlos Baltazar – 122 pts

2º) Olivio Gabriel dos Santos – 109 pts

3º) Matheus Yan Montagna – 87 pts

4º) Bernardo Zappellini – 86 pts

5º) Joao Vitor Vitorino – 75 pts

Categoria 55cc

1º) Raul Miranda – 115 pts

2º) Pablo Michelmann – 104 pts

3º) Ivo Petras Kurahashi Konell – 97 pts

4º) Erik Onofre Vitorassi Soares – 85 pts

5º) Antonio Francisco Vitorino – 74 pts
Fonte– Assessoria de Imprensa Federação Catarinense de Motociclismo

Fotos: Tiago Wolff/Racecross


Anderson Cidade venceu na MX1 e MX2


Chumbinho venceu mais duas no ano


Carlos Baltazer venceu mais uma e segue na liderança da 65cc

Envie seu Comentário