Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Mais seis sul-americanos avançam para a fase dos 48 no Surfest Newcastle

19 de fevereiro de 2015 0

Um total de treze surfistas da América do Sul continua na disputa do título da segunda etapa seguida de 6.000 pontos do World Surf League Qualifying Series na Austrália. Sete deles já haviam passado para a rodada dos 48 melhores do WSL QS 6000 Burton Automotive Pro na terça-feira e outros seis avançaram nas baterias restantes da segunda fase realizadas na quinta-feira de boas ondas de 3-4 pés em Merewether Beach. O dia começou com dobradinha verde-amarela de Rafael Teixeira com Pedro Henrique, depois Alejo Muniz e o uruguaio Marco Giorgi venceram suas baterias e outros dois brasileiros passaram em segundo lugar nas suas, David do Carmo e Matheus Navarro.

Foto de arquivo de Alejo Muniz no Surfest Newcastle de 2013 (Crédito: Steve Robertson / WSL)

Foto de arquivo de Alejo Muniz no Surfest Newcastle de 2013 (Crédito: Steve Robertson / WSL)

O capixaba Rafael Teixeira e o carioca Pedro Henrique despacharam uma das estrelas do WCT que estão prestigiando o tradicional Surfest de Newcastle realizado em homenagem ao tetracampeão mundial Mark Richards, Matt Wilkinson, além do também australiano Jacob Willcox. Aí vieram três eliminações seguidas do carioca Lucas Silveira, do baiano Marco Fernandez e do catarinense Tomas Hermes, até o uruguaio Marco Giorgi conseguir a segunda vitória sul-americana do dia, sobre o australiano Nathan Hedge, o português Tomas Fernandes e o espanhol Aritz Aranburu, que fez parte da elite mundial em 2014.

Ainda tiveram mais quatro confrontos com participações de brasileiros e dois deles acabaram tendo que brigar pela segunda vaga na bateria vencida pelo atual campeão mundial Pro Junior da World Surf League, o português Vasco Ribeiro. O catarinense Matheus Navarro ganhou a disputa do paulista Jessé Mendes, que defendia a quinta posição no ranking do WSL Qualifying Series e foi eliminado junto com o norte-americano Conner Coffin. O paulista David do Carmo também passou em segundo lugar, superando o português José Ferreira e o australiano Garrett Parkes para avançar atrás do havaiano Ezekiel Lau.

Depois o paulista Victor Bernardo terminou em último na bateria que classificou o costa-ricense Carlos Munoz e o havaiano Koa Smith e na sequência o catarinense Alejo Muniz estreou com vitória e Frederico Morais completou uma dobradinha luso-brasileira sobre o havaiano Makai McNamara e o norte-americano Jake Halstead. Top do WCT até o ano passado, Alejo agora vai competir junto com David do Carmo na batalha pelas últimas vagas para a rodada dos 24 melhores do Burton Automotive Pro, contra o francês Adrien Toyon e o havaiano Koa Smith.

Nas doze baterias da terceira fase, apenas a penúltima não terá nenhum surfista da América do Sul disputando classificação. O paulista Deivid Silva está na primeira com a grande estrela do Surfest de Newcastle esse ano, Joel Parkinson, além do também australiano Wade Carmichael e do havaiano Kalani David. Outro paulista, Alex Ribeiro, entra na segunda junto com o pernambucano Ian Gouveia. Depois tem o catarinense Willian Cardoso na terceira, o peruano Miguel Tudela na quarta e os paulistas Caio Ibelli e Thiago Camarão na quinta e sexta, respectivamente. Estes sete se classificaram na terça-feira em Newcastle.

O capixaba Rafael Teixeira vai abrir a segunda metade da terceira fase enfrentando os australianos Mitch Crews e Mitch Coleborn, além do costa-ricense Noe Mar McGonagle na sétima bateria.  O carioca Pedro Henrique entra na oitava com o neozelandês Billy Stairmand, o norte-americano Luke Davis e o australiano Heath Joske. Na nona, o catarinense Matheus Navarro encara dois australianos, Nathan Hedge e Brent Dorrington, e o sul-africano Dale Staples. Na décima, tem o uruguaio Marco Giorgi contra o americano Michael Dunphy, o português Vasco Ribeiro e o marroquino Ramzi Boukhiam. E a última é a do Alejo Muniz e David do Carmo contra Adrien Toyon e Koa Smith.

—————————————————————————————

TERCEIRA FASE DO WSL QS 6000 BURTON AUTOMOTIVE PRO – Round of 48:

—————3.o=25.o lugar (US$ 1.300 e 700 pontos) / 4.o=37.o lugar (US$ 1.200 e 650 pontos):

1.a: Joel Parkinson (AUS), Wade Carmichael (AUS), Deivid Silva (BRA), Kalani David (HAV)

2.a: Alex Ribeiro (BRA), Ian Gouveia (BRA), Jake Sylvester (AUS), Parker Coffin (EUA)

3.a: Keanu Asing (HAV), Willian Cardoso (BRA), Hiroto Ohhara (JPN), Cooper Chapman (AUS)

4.a: Davey Cathels (AUS), Miguel Tudela (PER), Dimitri Ouvre (BLM), Keoni Yan (TAH)

5.a: Matt Banting (AUS), Stu Kennedy (AUS), Caio Ibelli (BRA), Connor O´Leary (AUS)

6.a: Jack Freestone (AUS), Gony Zubizarreta (ESP), Evan Geiselman (EUA), Thiago Camarão (BRA)

7.a: Mitch Crews (AUS), Noe Mar McGonagle (CRI), Mitch Coleborn (AUS), Rafael Teixeira (BRA)

8.a: Billy Stairmand (NZL), Luke Davis (EUA), Pedro Henrique (BRA), Heath Joske (AUS)

9.a: Nathan Hedge (AUS), Brent Dorrington (AUS), Dale Staples (AFR), Matheus Navarro (BRA)

10: Michael Dunphy (EUA), Vasco Ribeiro (PRT), Ramzi Boukhiam (MAR), Marco Giorgi (URU)

11: Carlos Munoz (CRI), Frederico Morais (PRT), Ezekiel Lau (HAV), James McMorland (AUS)

12: Alejo Muniz (BRA), David do Carmo (BRA), Adrien Toyon (FRA), Koa Smith (HAV)

RESULTADOS DOS SUL-AMERICANOS NAS PRIMEIRAS FASES DO WSL QS 6000 DE NEWCASTLE:

SEGUNDA FASE – 3.o=49.o lugar (US$ 550 e 400 pontos) / 4.o=73.o lugar (US$ 450 e 370 pontos):

—————baterias realizadas na quinta-feira:

13: 1-Rafael Teixeira (BRA)2-Pedro Henrique (BRA), 3-Matt Wilkinson (AUS), 4-Jacob Willcox (AUS)

14: 1-Mitch Crews (AUS), 2-Heath Joske (AUS), 3-Dion Atkinson (AUS), 4-Lucas Silveira (BRA)

15: 1-Billy Stairmand (NZL), 2-Noe Mar McGonagle (CRI), 3-Nathaniel Curran (EUA), 4-Marco Fernandez (BRA)

16: 1-Luke Davis (EUA), 2-Mitch Coleborn (AUS), 3-Tomas Hermes (BRA), 4-Joshua Moniz (HAV)

19: 1-Marco Giorgi (URU), 2-Nathan Hedge (AUS), 3-Tomas Fernandes (PRT), 4-Aritz Aranburu (ESP)

20: 1-Vasco Ribeiro (PRT), 2-Matheus Navarro (BRA)3-Jessé Mendes (BRA), 4-Conner Coffin (EUA)

21: 1-Ezekiel Lau (HAV), 2-David do Carmo (BRA), 3-José Ferreira (PRT), 4-Garrett Parkes (AUS)

22: 1-Carlos Munoz (CRI), 2-Koa Smith (HAV), 3-Ryan Callinan (AUS), 4-Victor Bernardo (BRA)

23: 1-Alejo Muniz (BRA), 2-Frederico Morais (PRT), 3-Makai McNamara (HAV), 4-Jake Halstead (EUA)

—————realizada até a 12.a bateria na terça-feira:

2.a: 1-Deivid Silva (BRA), 2-Jake Sylveser (AUS), 3-Beyrick De Vries (AFR), 4-Michael Rodrigues (BRA)

3.a: 1-Alex Ribeiro (BRA), 2-Kalani David (HAV), 3-Charles Martin (GLP), 4-Johnny Noris (EUA)

4.a: 1-Ian Gouveia (BRA), 2-Wade Carmichael (AUS), 3-Alan Donato (BRA), 4-Jonathan Gonzalez (CNY)

5.a: 1-Keanu Asing (HAV), 2-Keoni Yan (TAH), 3-Krystian Kymerson (BRA), 4-Ian Gentil (HAV)

6.a: 1-Hiroto Ohhara (JPN), 2-Davey Cathels (AUS), 3-Jared Hickel (AUS), 4-Heitor Alves (BRA)

7.a: 1-Miguel Tudela (PER), 2-Willian Cardoso (BRA), 3-Santiago Muniz (ARG), 4-Flavio Nakagima (BRA)

9.a: 1-Connor O´Leary (AUS), 2-Jack Freestone (AUS), 3-Hizunomê Bettero (BRA), 4-Cory Arrambide (EUA)

11: 1-Evan Geiselman (EUA), 2-Caio Ibelli (BRA), 3-Jean da Silva (BRA), 4-Maxime Huscenot (FRA)

12: 1-Thiago Camarão (BRA), 2-Matt Banting (AUS), 3-Olamana Eleogram (HAV), 4-Soli Bailey (AUS)

Fonte – Assessoria de Imprensa da WSL South America

Envie seu Comentário