Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Porto Alegre"

Novidades no meu bairro (2)

02 de maio de 2012 0

Nada como caminhar para ver os lugares de uma outra perspectiva. E sair um pouquinho da rota habitual. Bastou entrar em duas ruas por onde raramente caminho para descobrir dois lugares novos para mim (que abriram há pouco tempo, mas eu ainda não conhecia). Meu bairro (quem me lê está careca de saber, a TRISTEZA, na zona sul de Porto Alegre) vive uma explosão e surgem muitas coisas novas todos os dias. E eu fico cá torcendo para que isso não o descaracterize. Na Rua Afonso Álvares, uma travessinha da Wenceslau Escobar, uma casa amarela abriga um atelier com artesanato do Brasil inteiro, o Atelier Brazilis. E promove oficinas e cursos para quem quer aprender. Tem umas coisas bonitinhas, aqueles presentes para levar em viagens para amigos que moram fora do país, por exemplo. Da conversa com a Cristine, que me atendeu, achei legal o fato de eles darem preferência a artesãos que têm pouco espaço para mostrar seu trabalho, sejam eles de onde forem. Na rua seguinte, a Mário Totta, dei de cara com a Vino&Peccato , uma delicatessen que oferece, além dos vinhos do nome, queijos, óleo de oliva, especiairias, iogurte, cafés, sucos e salgados. Legal ter essas opções pertinho de casa.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Novidades no meu bairro (2)

San Martin de los Andes - Amor antigo

29 de abril de 2012 0

Eu nem lembro bem em que ano conheci San Martin , mas seguramente faz muito tempo. Chegando em San Martin Para aqueles que não sabem, San Martin de los Andes é uma cidadezinha que fica na provincia de Neuquén , no sul da Argentina , há 158km de Bariloche . Com pouco mais de 24 mil habitantes, não dá pra se perder por lá. E garanto para voces, não mudou muito, o que nos dias que correm é uma benção. San Martin não foi tomada por nenhuma febre imobiliária, nem muito menos foi fruto de modismos passageiros. Ela continua lá, linda, charmosa e com muitos moradores que escolheram uma vida mais tranquila, longe do estress das grandes cidades. A cidade é banhada pelo Lago Lácar Tenho muitas passagens em San Martin, e lembro que ficávamos contando que tinha mais bons restaurantes do que Porto Alegre , é claro que hoje isto mudou muito, mas a cidade ainda tem uma dezena de ótimos lugares que não ficam atrás de nenhum restaurante bom por aí, com uma diferença bem importante: os preços são pra lá de baratos e tem opções para todos os paladares. É claro que San Martin não é só restaurantes, a razão maior de ir até lá é a nossa paixão pelo esqui. Da cidadezinha até a base do Cerro Chapelco são uns 15km, você tem a opção de alugar um carro no aeroporto na chegada para fazer este trajeto, mas também pode contratar um seriço de tranfer diário, muitos hoteis oferecem este serviço . O Cerro Chapelco tem pistas muito boas para o esporte e nos últimos tempos eles investiram em novos meios de elevação. Se você nunca tentou esquiar e pode, eu lhe dou um conselho: tente!! O cenário na montanha é espetacular, e de muito lugares se avista o vulcão Lanin, que fica na fronteira entre Argentina e Chile.   No Cerro tem várias opções de restaurantes/bares, onde se come desde sanduiches até refeições completas como um delicioso bife de chorizo .   Meios de elevação novos substituiram as velhas cadeirinhas da pista dos italianos É uma sensação incrível, e não tem idade , é claro que uma criança que não tem medo, vai aprender muito mais rápido, mas aqueles que já passaram da adolescência não precisam perder as esperanças, é possível sim! Os 3 primeiros dias são duros, mas se você vencer este desafio, nunca mais vai querer parar, acredite!! Sem falar que uma estação de esqui tem um astral fantástico, gente bonita, música, bares e restaurantes legais, visuais incomparáveis, enfim, você precisa ao menos tentar, para me dizer que não conseguiu, combinado? Eles tem uma infra estrutura muito boa para receber as crianças, meu filho esquiou pela primeira vez com 4 anos, neste caso as crianças ficam no jardim de neve, onde esquiam 1h pela manhã, e 1h  na parte da tarde, no restante do tempo, eles brincam, desenham, vêem filmes, fazem todo o tipo de atividade . Paisagens incríveis com o Lanin ao fundo Tem alguns lugares muito lindos em San Martin e arredores, vou dar aqui uma dica que pouca gente conhece, mas que vale muito a pena experimentar, pois fica no trajeto de subida entre a cidade e a montanha. Mais exatamente dentro do condominio Pahuén , e chama-se Wine bar , o lugar perfeito para fazer um pit stop na descida, ver o por do sol e simplesmente agradecer por poder estar lá. As fotos falam por si.     Você pode  tomar um vinho com algumas “picadas” (aperitivo) e apreciar o visual Uma boa dica de restaurante na cidade é o imperdível La Tasca , um lugar tradicional de San Martim, onde você deve provar a truta ou o javali com molho de frutas del bosco, eu não tenho fotos pra mostrar e acabei de descobrir que eles não tem site na internet, então você vai ter que confiar em mim ! Outro lugar que recomento para jantar é o restaurante Doña Quela , que fica na rua principal de San Martin, advinhem?Avenida San Martin! Este lugar é especial, começando pelo prédio que é de 1910 e abrigou o primeiro hotel de San Martin, decorado dentro do estilo de arquitetura patagônica, com muita madeira, objetos antigos que revivem a antiga glória do hotel. Em San Martin a gente pode saborear vários tipos de trutas ou este salmão do Doña Quella tem um toque meio tailandês.   E para o café a tarde nada melhor do que o Tio Paco, com mil opções de tortas, croissants e demais pecados da gula.   No próximo post vou mostrar para vocês um passeio que fizemos ao Parque Lanin , que fica perto de San Martin. É o passeio ideal para aqueles dias que por alguma razão não deu para esquiar. Um lugar lindo demais. Olhem só:

Leia o post completo no blog Viajando com Arte:
San Martin de los Andes – Amor antigo

Três roteiros temáticos na França

27 de abril de 2012 0

Esses três roteiros temáticos têm como destino a FRANÇA, todos eles no final do verão/início do outono europeu, e focam em enogastronomia, história e castelos. Ainda que os temas sejam os mesmos, cada um tem propostas diferentes: 1 – O primeiro deles é organizado pela francesa, residente em Porto Alegre, Valérie Gallien , que leva aos castelos de sua terra natal, com hospedagens e almoços/jantares/passeios por castelos do Vale do Loire. 2 – O segundo, e que já acontece pelo terceiro ano consecutivo, é o do chef Philippe Remondeau, do porto-alegrense Chez Philippe , para o “Sudoeste Gastronômico”. Tem aula de gastronomia e degustações, hospedagens em hotéis de vinhedos, jantares e almoços gastronômicos… 3 – O terceiro é o Al Mondo , formado por um grupo liderado pelo chef Marcelus Vieira, de Ijuí, que terá um dos roteiros deste ano em Bordeaux, com pequenos grupos que participam de aulas de gastronomia e jantares exclusivos e fica uma semana hospedado em um chateau da região. 

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Três roteiros temáticos na França

No aeroporto de Porto Alegre

24 de abril de 2012 0

Duas notícias (relativamente) recentes com serviços serem testados no Aeroporto Internacional Salgado Filho , de Porto Alegre: Acesso a internet gratuito e ilimitado – a liberação ocorreu em mais seis aeroportos do país: Cumbica (Guarulhos), Congonhas, Galeão, Santos Dumont, Recife, Fortaleza, Pampulha (MG) e Brasília. O serviço é oferecido pela Infraero (estatal responsável pelos aeroportos). Para usar o serviço, o passageiro será orientado a fazer um cadastro ao abrir o navegador. Depois, terá de inserir o número do cartão de embarque para validar o acesso. Nos principais aeroportos do mundo, o mais comum é o acesso à internet ser cobrado. O serviço pós ampliação da Delegacia do Turista. Criada no ano passado, no andar do desembarque, ela agora tem uma área de 157 metros quadrados (a anterior tinha 39). Uma equipe de policiais fluente em inglês, francês, espanhol, alemão e italiano é responsável pelo atendimento, 24 horas por dia. P.S.: navegando pelo site do aeroporto, encontrei esse serviço sobre VISTOS para todos os países que é bem útil. Volta e meia surge a dúvida!

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
No aeroporto de Porto Alegre

No aeroporto de Porto Alegre

24 de abril de 2012 0

Duas notícias (relativamente) recentes com serviços serem testados no Aeroporto Internacional Salgado Filho , de Porto Alegre: Acesso a internet gratuito e ilimitado – a liberação ocorreu em mais seis aeroportos do país: Cumbica (Guarulhos), Congonhas, Galeão, Santos Dumont, Recife, Fortaleza, Pampulha (MG) e Brasília. O serviço é oferecido pela Infraero (estatal responsável pelos aeroportos). Para usar o serviço, o passageiro será orientado a fazer um cadastro ao abrir o navegador. Depois, terá de inserir o número do cartão de embarque para validar o acesso. Nos principais aeroportos do mundo, o mais comum é o acesso à internet ser cobrado. O serviço pós ampliação da Delegacia do Turista. Criada no ano passado, no andar do desembarque, ela agora tem uma área de 157 metros quadrados (a anterior tinha 39). Uma equipe de policiais fluente em inglês, francês, espanhol, alemão e italiano é responsável pelo atendimento, 24 horas por dia. P.S.: navegando pelo site do aeroporto, encontrei esse serviço sobre VISTOS para todos os países que é bem útil. Volta e meia surge a dúvida!

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
No aeroporto de Porto Alegre

Tribo caribenha no Papo Viajante

23 de abril de 2012 0

Nesta terça-feira, o PAPO VIAJANTE do Espaço STB Brasas apresenta a experiência de participar de uma cerimônia sagrada da tribo indígena Kuna – uma tribo caribenha cuja reserva é formada por 365 ilhas, na costa caribenha do Panamá . Quem presenciou o ritual é Bibiana Bosak, que teve a oportunidade de vivenciar a experiência e experimentar a bebida sagrada dos Kuna, a chamada Chica Fuerte, uma mistura de cana de açúcar e café fermentados. Em espanhol, a reserva Kuna Yala é conhecida como San Blás. Imagens do lugar, cercado de areia branca, coqueiros e mar azul também vão ilustrar a conversa com Bibiana. Serviço Neste terça-feira, dia 24, às 19h30min N0 Espaço STB Brasas, Rua Anita Garibaldi, 1.515, na Capital Atividade gratuita com lugares limitados. Confirmação de presença pelo telefone (51) 4001-3010.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Tribo caribenha no Papo Viajante

Outono em Porto Alegre , por Luciano Terra

18 de abril de 2012 0

O outono já começa a dar as caras e a temperatura cai a cada dia. Apesar de a primavera ser a estação das flores, é nesta estação que tudo fica mais colorido. Árvores com folhas amarelas, vermelhas e uma infinadade de cores quentes espalhadas por ruas e parques. O “grand finale” de um ciclo de vida. Sempre gostei de outono. Aquele primeiro friozinho depois de um verão escaldante, o tirar de roupas quentes do armário. Até o aroma que exala para mim é pura nostalgia. Como se o inverno passado tivesse ficado “armazenado” em lembranças e roupas. Os finais de tarde vão ficando cada vez mais coloridos e o céu um pouco mais azul! Na minha infância passei muitos momentos no campo e lá fui criado ouvindo que os finais de tarde de março são uns dos mais bonitos do ano, que as noites de lua cheia de abril são as mais claras. Coisas que para nós homens e mulheres urbanos não significa muito (perdemos muito dessa magia nesses tempos atuais), ou alguém já reparou em plena metrópole que há noites mais claras que outras? Muitos mal olham para lua e lembram que ela existe, certo? Então paremos um pouco nossa rotina, deixemos nossos afazeres de lado por alguns instantes e saiamos à rua para contemplar essa estação do ano que é pura magia, puro romantismo! Muitas vezes precisamos viajar para o outro lado do mundo para descobrir pequenas coisas que estão ao nosso lado todo dia e que nem nos damos conta da sua existência. Em um país distante conseguimos ver a cor das flores, sentir o seu aroma, porém aqui passamos por um ipê completamente em flor e nem vemos. Vivemos em um lugar privilegiado e magnífico onde as estações do ano são bem diferenciadas. Ainda conseguimos sentir a chegada da primavera e com ela toda a beleza de nossos jacarandás em flor, nossos ipês roxos e amarelos. Nosso verão é quente, muitas vezes escaldante, mas nossas azaléias permanecem muito tempo coloridas. E aí chega o outono. Com ele paineiras se mostram em sua plenitude e florescem por todos os parques da cidade. Quando o frio começa a chegar inicia o espetáculo dos plátanos. Primeiro suas folhas começam a amarelar, depois vão ficando mais avermelhadas, até que um dia começam a cair descompassadamente, ao sabor do vento, sem pressa. Essa chuva de folhas cobre os caminhos dos parques, as calçadas; e ao caminhar sentimos aquele leve quebrar de folhas secas sob nossos pés. Para mim essa sensação é de puro aconchego, sinto uma nostalgia inexplicada ao ver as folhas caindo e ao pisar sobre elas enquanto passeio pelos parques de nossa cidade. Ainda dá tempo de aproveitarmos nosso outono, passear, caminhar nos finais de tarde mais frescos. Aproveitemos a suavidade do sol que aquece na medida certa e nos permite apenas usar um leve agasalho. Curtamos um almoço ou um café em um dos tantos restaurantes e bares que têm mesinhas na calçada. Nada como um solzinho gostoso e uma taça de café ou um vinhozinho na medida certa. Curta o que nossa cidade tem a oferecer, fotografe suas ruas, sua magia, viaje sem precisar ir muito longe, tire um domingo para passear por Porto Alegre, temos tantos parques, tantas praças. Aproveite a vista do Guaíba. Em uma tarde ensolarada e sem vento suas águas viram um espelho que reflete toda a cidade e toda a vida que ela contém! Caminhe sob plátanos e sinta  a magia do outono em toda a sua plenitude. E no final do dia você estará na sua casa e poderá acender a lareira, ou a estufa, e se aconchegar em seu próprio canto, que diga-se de passagem, é bem melhor e bem mais aconchegante que o melhor hotel 5 estrelas do mundo. Nada como uma noite fria de outono em nossa própria cama.    

Leia o post completo no blog Viajando com Arte:
Outono em Porto Alegre , por Luciano Terra

Um sarau no meio da semana

16 de abril de 2012 0

É nesta terça-feira o 35 Sarau Literário da Zona Sul (a de Porto Alegre). Vai ser no charmoso Iaiá Bistrô (Rua Chavantes, 636, na Vila Assunção) . Com a compositora, cantora e poeta Angelica Rizzi e o violinista Chico Merg.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Um sarau no meio da semana

Porto Alegre sábado pela manhã...

14 de abril de 2012 0

Não sei se as pessoas compartilham desta minha sensação que as manhãs de sábado tem um astral diferente, gostoso. E vocês já experimentaram brincar de turista em sua própria cidade? Recomendo. Pois nesta manhã nem tão bonita, mas com a seca que está fazendo que até esverdeou as águas do Rio Guaiba, a chuva veio como uma benção, resovi explorar o centro da cidade como se a estivesse vendo pela primeira vez e gostei muito do que vi. Começamos pela exposição A Poesia do Fio , no Santander Cultural do Arthur Bispo do Rosário, um artista considerado louco por alguns e gênio por outros.  Com o diagnóstico de ” esquizofrênico-paranóico”, Bispo do Rosário ficou internado na Colônia Juliano Moreira em Jacarepaguá por mais de 50 anos. na instituição Bispo do Rosário começou a produzir objetos com tudo o que encontrava no lixo ou que não tinha mais utilização. Sua caracteristica mais marcante são os bordados, ele desfiava os uniformes para obter a linha onde fazia extensos bordados de objetos, palavras. A sua obra mais conhecida é o Manto da Apresentação , que Bispo deveria vestir no dia do Juizo Final. Com eles, Bispo pretendia marcar a passagem de Deus na Terra. Reparem na qualidade dos bordados e na riqueza de detalhes. Adorei o tabuleiro de xadrez Saimos do Santander e rumamos até o Mercado Público, que estava bombando, muitas pessoas aproveitando o sábado para abastecer a casa. Comprei várias coisinhas, passeamos tomamos um cafezinho e delá fomos até a Casa de Cultura Mario Quintana conferir a exposição METROPOLITANOS  – A nova urbanidade em exposição. ” A exposição esta aberta, você está aberto para a exposição?” C onfesso que fazia muito tempo que não ia até o Mario Quintana, e foi uma bela surpresa visitar esta exposição de jovens talentos gaúchos, a exposição está bárbara, estilos diferentes, muitos oriundos da Street Art e como o cartaz da expo anuncia “uma provocação visual onde habitam figuras enigmáticas, formas desconcertantes e traços livres em um lúdico universo de imagens, cores e texturas.” Na entrada a obra ” às brinca ou às ganha?” Do talentoso Luiz Flavio Trampo As três Marias e o pássaro cantor, instalação com técnica mista de Nina Moraes As adoráveis esculturas lúdicas em Papier Mache de Carol W Detalhe do tríptico Submersa, da artista Lidia Brancher As figuras fantásticas de Pablo Etchepare Retratos da dualidade humana no belo traço de Paula Plim Super interessante e criativa a instalação de Luciano Scherer Infelizmente não posso colocar citar e apresentar aqui todos os artistas talentosos e vibrantes que compo~e a exposição, mas fica aqui a minha dica que você não pode perder esta chance de conhecer a arte de vanguarda que está sendo feita em Porto Alegre. Depois de ver a exposição suba até o 8o andar e vá até o Café Santo de Casa , o café é super transadinho e tem um terraço coom uma linda vista do Rio Guaiba . Notei que ele tem um pequeno palco onde durante a Happy hour eles apresentam música ao vivo. Adorei, e pretendo vir aqui outras vezes para curtir uma das paisagens mais bonitas da cidade – o por do sol no Guaiba. Café Santo de Casa na Casa de Cultura Mario Quintana E o terraço para um happy hour + por do sol Então é isso gente, se num sábado desses você estiver sem programação e disposto a ser turista sem sair da cidade fica aqui minha sugestão )) Se você gostou deste post e curte dicas de viagem, arte, restaurantes e afins, curta a nossa página Viajando com Arte no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Viajando-com-Arte/121374657937187                    

Leia o post completo no blog Viajando com Arte:
Porto Alegre sábado pela manhã…

Promoção de passagens no final de semana

14 de abril de 2012 0

Para este final de semana, até as 6h de segunda-feira, dia 16, a TAM está promovendo passagens com até 90% de desconto. Alguns dos valores divulgados pela companhia aérea: Porto Alegre-Curitiba, a R$ 80 por trecho. Porto Alegre-São Paulo, a R$ 55 por trecho. Porto Alegre-Fortaleza, a R$ 325 por trecho. Vale para viagens até 30 de junho.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Promoção de passagens no final de semana

Outono em Porto Alegre , por Luciano Terra

14 de abril de 2012 0

O outono já começa a dar as caras e a temperatura cai a cada dia. Apesar de a primavera ser a estação das flores, é nesta estação que tudo fica mais colorido. Árvores com folhas amarelas, vermelhas e uma infinadade de cores quentes espalhadas por ruas e parques. O “grand finale” de um ciclo de vida. Sempre gostei de outono. Aquele primeiro friozinho depois de um verão escaldante, o tirar de roupas quentes do armário. Até o aroma que exala para mim é pura nostalgia. Como se o inverno passado tivesse ficado “armazenado” em lembranças e roupas. Os finais de tarde vão ficando cada vez mais coloridos e o céu um pouco mais azul! Na minha infância passei muitos momentos no campo e lá fui criado ouvindo que os finais de tarde de março são uns dos mais bonitos do ano, que as noites de lua cheia de abril são as mais claras. Coisas que para nós homens e mulheres urbanos não significa muito (perdemos muito dessa magia nesses tempos atuais), ou alguém já reparou em plena metrópole que há noites mais claras que outras? Muitos mal olham para lua e lembram que ela existe, certo? Então paremos um pouco nossa rotina, deixemos nossos afazeres de lado por alguns instantes e saiamos à rua para contemplar essa estação do ano que é pura magia, puro romantismo! Muitas vezes precisamos viajar para o outro lado do mundo para descobrir pequenas coisas que estão ao nosso lado todo dia e que nem nos damos conta da sua existência. Em um país distante conseguimos ver a cor das flores, sentir o seu aroma, porém aqui passamos por um ipê completamente em flor e nem vemos. Vivemos em um lugar privilegiado e magnífico onde as estações do ano são bem diferenciadas. Ainda conseguimos sentir a chegada da primavera e com ela toda a beleza de nossos jacarandás em flor, nossos ipês roxos e amarelos. Nosso verão é quente, muitas vezes escaldante, mas nossas azaléias permanecem muito tempo coloridas. E aí chega o outono. Com ele paineiras se mostram em sua plenitude e florescem por todos os parques da cidade. Quando o frio começa a chegar inicia o espetáculo dos plátanos. Primeiro suas folhas começam a amarelar, depois vão ficando mais avermelhadas, até que um dia começam a cair descompassadamente, ao sabor do vento, sem pressa. Essa chuva de folhas cobre os caminhos dos parques, as calçadas; e ao caminhar sentimos aquele leve quebrar de folhas secas sob nossos pés. Para mim essa sensação é de puro aconchego, sinto uma nostalgia inexplicada ao ver as folhas caindo e ao pisar sobre elas enquanto passeio pelos parques de nossa cidade. Ainda dá tempo de aproveitarmos nosso outono, passear, caminhar nos finais de tarde mais frescos. Aproveitemos a suavidade do sol que aquece na medida certa e nos permite apenas usar um leve agasalho. Curtamos um almoço ou um café em um dos tantos restaurantes e bares que têm mesinhas na calçada. Nada como um solzinho gostoso e uma taça de café ou um vinhozinho na medida certa. Curta o que nossa cidade tem a oferecer, fotografe suas ruas, sua magia, viaje sem precisar ir muito longe, tire um domingo para passear por Porto Alegre, temos tantos parques, tantas praças. Aproveite a vista do Guaíba. Em uma tarde ensolarada e sem vento suas águas viram um espelho que reflete toda a cidade e toda a vida que ela contém! Caminhe sob plátanos e sinta  a magia do outono em toda a sua plenitude. E no final do dia você estará na sua casa e poderá acender a lareira, ou a estufa, e se aconchegar em seu próprio canto, que diga-se de passagem, é bem melhor e bem mais aconchegante que o melhor hotel 5 estrelas do mundo. Nada como uma noite fria de outono em nossa própria cama. Se você gostou deste post e curte dicas de viagem, arte, restaurantes e afins, curta a nossa página Viajando com Arte no Facebook:   https://www.facebook.com/pages/Viajando-com-Arte/121374657937187  

Leia o post completo no blog Viajando com Arte:
Outono em Porto Alegre , por Luciano Terra

Duas conversas sobre viagens, na próxima semana

13 de abril de 2012 0

Para começar a próxima semana, duas formas de saber mais sobre a AMAZÔNIA e sobre o CAUCASO. Confira abaixo: CAUCASO, no Belezas do Mundo Às 19h30min de segunda, Rui Luzzatto apresenta o Caucaso no Belezas do Mundo, evento promovido pelo STB Brasas na Bazkaria (Comendador Caminha, 324, na Capital). Ele vai falar (e mostrar) a região de montanhas entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, na viagem que fez pelas ex-repúblicas soviéticas da Armênia, Geórgia e Azerbaijão. O Belezas do Mundo é um encontro mensal no qual um convidado conta suas aventuras de viagens. É gratuito, com confirmação de presença pelo telefone (51) 3346-1088 ou pelo e-mail rp@bazkaria.com.br. AMAZÔNIA, no Papo Viajante Na terça-feira, dia 17, o dentista Gustavo Sebben fala sobre seu trabalho voluntário na Amazônia, viajando e morando em barcos e fazendo atendimentos odontológicos a indígenas. O Papo Viajante ocorre às 19h30min no Espaço STB BRASAS (Anita Garibaldi, 1.515, em Porto Alegre). Gratuito, com lugares são limitados. Confirmação de presença pelo telefone (51) 4001-3010.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Duas conversas sobre viagens, na próxima semana

Meu Amigo Xico

11 de abril de 2012 0

Todo dia era dia de trabalho no atelier – naquela época, as esculturas eram bem menores do que as de 2,5 metros que ele faria depois, com a justificativa de que ele sempre gostou de grandes mulheres , o que é verdade: elas o acompanharam a vida toda nos jornais A Hora e O Correião , onde ele emprestava a sua arte, e na boemia (ou, pelo menos, nos bares da região) com o Fuhro, o Leo Dexheimer, o Danúbio, Mário Quintana e os eventuais artistas visitantes – alguns como o Volpi, bem mais velho, que condicionou: vou a Porto Alegre para a exposição, mas só se ficar na casa do Xico. Veio, é claro, mas já não era boêmio. Andava lá pelos 90. À noite, não jantava; só o que comia era uma sopa de alho , que impregnou a cozinha, cortinas, tapetes e a casa inteira por uma semana após a sua partida. (Segue.)

Leia o post original no blog Viajando por Viajar:
Meu Amigo Xico

Vale dos Vinhedos, cores, aromas e sabores - por Cléo Milani

10 de abril de 2012 0

É outono e o sol dá o tom certo de luz e sombra. Nesses dias lindos um passeio na serra pela região do Vale dos Vinhedos é maravilhoso, há uma combinação de cores, aromas e sabores, os tons das folhas ficam avermelhados e lembram as paisagens européias. O Vale fica entre Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul e distante cerca de 120 Km de Porto Alegre .       Vinícola Valduga   Meu sangue italiano sempre fala alto quando passeio por esses lugares onde os descendentes de imigrantes italianos e pioneiros na vinicultura iniciaram a vida com muita dificuldade. Ao ver o trabalho de vinhateiros que se emocionam com a matéria-prima que a natureza oferece é encantador, de uma beleza pura. São pequenas propriedades rurais que dividem o espaço com vinícolas renomadas. Há mais de 30 ( Marco Luigi, Vallontano, Miolo, Alma Única, Milantino, Valduga, Dom Cândido e tc), todas oferecem degustação, visitação e varejo. Nas visitas guiadas é possível conhecer o processo de elaboração do vinho, o cultivo das videiras, vinificação, engarrafamento e degustação.          Vinícola Alma Única       Varejo Marco Luigi   Tipicamente italiana, a cozinha é conhecida pela fartura dos tradicionais rodízios. Polenta mole ou frita, sopa de capeletti in brodo, galeto ao primo canto, salada de radicci com bacon, pão colonial (experimente a Fortaia, omelete de queijo e salame, uma delícia) e, claro, um vinho tinto para acompanhar.Tipicamente italiana a cozinha é conhecida pela fartura dos tradicionais rodízios. Polenta mole ou frita , sopa de capeletti in brodo, galeto ao primo canto, salada de radicci com bacon, pão colonial (experimente a Fortaia , omelete de queijo e salame, uma delícia) e claro um vinho tinto para acompanhar.       Restaurante Mamma Gemma   Os caminhos são lindos e oferecem também antiquários, ateliers de artistas, artesanatos e produtos coloniais como biscoitos, geléias e o famoso suco de uva da região.          Nos antiquários há preciosidades garimpadas na região.         No atelier do artista Postal são encontradas obras que retratam o cotidiano colonial e sua técnica é de gravação com entalhes e pintura com cera quente.       Em cada comunidade pode-se ver uma pequena capela.           O chimarrão também está presente no Vale.           Paisagens de beleza única !         O   Spa do Vinho Caudalie oferece diversar terapias estéticas e corporais como banhos de imersão e massagens com produtos viníferos.      A colheita da macela antes do sol nascer é tradicional na sexta-feira santa.           As crianças se divertem e algumas ficam encantadas até mesmo ao verem uma ovelha ou uma vaquinha pela primeira vez. Açudes fazem parte da paisagem    ,  acompanhar o pôr do sol degustando um vinho é uma combinação perfeita.             Um passeio com sabor italiano, vale a pena fazer, eu recomendo.  

Leia o post completo no blog Viajando com Arte:
Vale dos Vinhedos, cores, aromas e sabores – por Cléo Milani

Hotel revitalizado na Capital

07 de abril de 2012 0

Toda vez que alguém pede uma dica de hotel em Porto Alegre bate a dúvida e o desconhecimento. Conhecer hotéis da cidade onde se mora a gente até conhece: as salas de reuniões, os restaurantes, os bares, os salões de festas. Mas é raro hospedar-se num hotel na própria cidade, embora seja algo que muita gente faça e eu gostaria de fazer. Por isso acabo me limitando às notícias sobre eles. A deste post é trata da remodelação do Hotel Embaixador , um dos mais tradicionais da capital gaúcha, que acabou de completar 50 anos. Nesta reforma, o hotel localizado no Centro Histórico de Porto Alegre incluiu mudanças no sistema de refrigeração, remodelação dos apartamentos (são 184 apartamentos e duas suítes), novos leitos e equipamentos. Na fachada, também remodelada, estão as bandeiras dos países do Mercosul.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Hotel revitalizado na Capital

Um café e um memorial no centro de Porto Alegre

06 de abril de 2012 0

No prédio da antiga Livraria do Globo (na Rua dos Andradas, quase na Esquina Democrática) no aniversário de 240 anos de Porto Alegre, na semana passada, a Renner inaugurou uma nova loja que tem, no terceiro andar, um café e um memorial que reúne objetos da velha livraria, um símbolo da capital gaúcha. É claro que bati ponto por lá, poucos dias depois da inauguração, para dar uma conferida. Não na loja, que é bacana, mas especialmente no café. Nesses primeiros dias, em que nem tudo funciona direito (o elevador, por exemplo, ainda não estava ativado), chama a atenção a curiosidade das pessoas em rever o prédio, em observar as peças do memorial, que tem máquinas de calcular e escrever, matrizes para impressão, livros etc… O café é o já tradicional na cidade Café do Porto . O cardápio, aparentemente, é igual aos outros cafés da mesma rede. Tomei um suco natural delicioso, acompanhando uma torrada. O atendimento foi rápido e correto. A única nota negativa, na minha opinião, é a música. Me irritou muito e impediu que eu ficasse por ali mais tempo, lendo, que era a minha intenção.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Um café e um memorial no centro de Porto Alegre

Um café e um memorial no centro de Porto Alegre

06 de abril de 2012 0

No prédio da antiga Livraria do Globo (na Rua dos Andradas, quase na Esquina Democrática) no aniversário de 240 anos de Porto Alegre, na semana passada, a Renner inaugurou uma nova loja que tem, no terceiro andar, um café e um memorial que reúne objetos da velha livraria, um símbolo da capital gaúcha. É claro que bati ponto por lá, poucos dias depois da inauguração, para dar uma conferida. Não na loja, que é bacana, mas especialmente no café. Nesses primeiros dias, em que nem tudo funciona direito (o elevador, por exemplo, ainda não estava ativado), chama a atenção a curiosidade das pessoas em rever o prédio, em observar as peças do memorial, que tem máquinas de calcular e escrever, matrizes para impressão, livros etc… O café é o já tradicional na cidade Café do Porto . O cardápio, aparentemente, é igual aos outros cafés da mesma rede. Tomei um suco natural delicioso, acompanhando uma torrada. O atendimento foi rápido e correto. A única nota negativa, na minha opinião, é a música. Me irritou muito e impediu que eu ficasse por ali mais tempo, lendo, que era a minha intenção.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Um café e um memorial no centro de Porto Alegre

Parque das 8 cachoeiras - um lugar mágico em São Francisco de Paula

04 de abril de 2012 0

Cachoeira da Ravina Nestes finais de semana lindos que tem feito eu ficava imaginando quantos lugares bonitos por perto que ainda não conheço… então resolvi ligar para uma amiga  que é a rainha das indiadas, ela já fez todas as programações roots possíveis: cachoeiras, bóia cross, rafting, serra, trilhas, tudo o que você possa imaginar a Ane já fez. Eu falo indiada de brincadeira, pois eu AMO uma indiada, e pensando nisso liguei para ela, que nem pestanejou ” Clarisse você tem que conhecer o Parque das 8 cachoeiras em São Francisco!!! É lindo demais! ” E foi assim que neste final de semana saimos de Porto Alegre sábado de manhã rumo a São Francisco de Paula , depois de Taquara a estrada tem bem menos movimento e começa a ficar muito linda. Lago São bernardo em São Francisco de Paula, com o Hotel Cavalinho Branco ao fundo As árvores no lago já assinalam a chegada do outono Chegamos no parque em torno das 11h da manhã. O parque tem umas 8 cabanas para a gente pernoitar, são bem legais, uma cama ótima, lareira, banho bom, e uma sacada com uma vista da mais pura mata atlântica , à noite  um luar e um céu coberto de estrelas… imaginem o silêncio, a gente só ouvia aquele barulhinho dos grilos, uma delicia. Pousada do Parque 8 cachoeiras Nossa cabana com sacada que tinha esta vista aqui de baixo ó O interior das cabanas bem transadinho Na chegada, munidos de sanduiches, vinho, bikini, Autan, e água, saimos para explorar as trilhas que levam as cachoeiras. Nossa primeira opção foi fazer a trilha do Quatrilho, que  leva em torno de 1h e meia de caminhada pelo mato. E aqui mérito para o parque, tudo é muito bem sinalizado, não tem risco de você se perder. A gente vai todo o tempo ouvindo o barulho das águas e muitas vezes margeando o rio. A paisagem é maravilhosa, eu me sentia dentro do filme Avatar, córregos, xaxins gigantes, muitas bromélias, escadinha do céu, e o perfume no ar? Espetáculo. Como é bom saber que ainda existem lugares assim, onde você pode encher a garrafinha de água ali mesmo! A água é cristalina, e gelada! Ponto de partida para as várias trilhas e cachoeiras E em poucos minutos somos totalmente envolvidos pelo ambiente encantador Cruzando pontes, descendo escadas Amoras silvestres e outras frutinhas do bosque Chegamos na Cachoeira do Quatrilho , linda  e estávamos só nós e as borboletas que pareciam domesticadas pois vinham pousar na gente, vinham nos dar as boas vindas!   Cachoeira do Quatrilho A gente desce esta pequena escada para chegar na base da cachoeira E agora? Bueno, vir até aqui e não cair na água? nem pensar! Mas gente, quando mergulhei quase fiquei sem ar! A água é geladérrima!! mas valeu! Missão cumprida, montamos nossa “mesa de pic nic” e ficamos ali curtindo aquele lugar abençoado, tomando um bom malbec com sanduiches de presunto de parma. As borboletas como companhia Na volta fomos conhecer a Cachoeira da Ravina, esta, a gente caminha um pouco sobre as pedras, um pouco dentro do rio, muito show. Trilhas pelo rio para alcançar a cachoeira da Ravina Até que ficamos frente a esta beleza A impressão que a gente tem é que ligam um ar refrigerado, a pedida é ficar ali só curtindo a paz do lugar Chegamos na pousada que fica bem na saida das trilhas lá pelas 5 e meia da tarde, bem cansados. Depois de uma banho e um descando saimos para jantar em São Francisco. Vocês podem imaginar que não são muuuitas opções de restaurantes, mas acabamos em uma galeteria que foi bem boa, galeto não tem erro né? Começamos com uma sopa de Capeletti ( à noite estava bem friozinho) não achei muito barato, R$ 36 por pessoa mais um vinho argentino, ficamos aí pelos R$ 130.  Na volta catamos umas lenhas pelo caminho e dormimos com o barulhinho do criptar do fogo. Esta foi a galeteria escolhida para o nosso jantar em São Francisco No domingo outro dia espetacular, depois do café da manhã fomos explorar as cachoeiras mais perto, a do Remanso que é muito linda com uma queda de uns 70metros e depois fizemos uma pequena trilha que vai até a Cachoeira escondida , foi das trilhas mais bonitas que já tive a oportunidade de fazer, acho que o horário é bem importante, pois o sol estava penetrando pela mata e a luminosidade na vegetação, nas árvores era muito especial mesmo. No caminho cruzamos com 2 israelenses, dá para acreditar? Eu moro aqui a vida inteira e não conhecia este lugar, os caras vem do outro lado do mundo e vem parar aqui?? Nem preciso dizer que eles estavam extasiados com a exuberância da natureza no Brasil. No domingo saimos para explorar novas trilhas dentro do parque   Cachoeira Remanço, queda de 70m trilha para chegar na cachoeira escondida olhem só o que é este lugar…. Foi um final de semana perfeito, depois de entregarmos a cabana fomos conhecer a charmosa livraria Miragem que fica na rua principal de São Francisco e vale com certeza uma visita. Livraria Miragem, um lugar cheio de charme com muitos livros e objetos legais Destaque para a grande coleção de relógios à venda Esta casa de 1918 fica no pátio interno da livraria e contém um pequeno museu com objetos e fotos antigas da cidade. Fica aqui  a minha dica se você é uma pessoa inquieta e gosta de uma boa indiada como a Ane, não perca esta oportunidade de conhecer um lugar abençoado pela natureza que fica tão pertinho da gente. Se você gostou deste post e curte dicas de viagem, arte, restaurantes e afins, curta a nossa página Viajando com Arte no Facebook:   https://www.facebook.com/pages/Viajando-com-Arte/121374657937187    

Leia o post completo no blog Viajando com Arte:
Parque das 8 cachoeiras – um lugar mágico em São Francisco de Paula

Novidades no meu bairro (1)

03 de abril de 2012 0

Não sei quanto a você, mas eu costumo viajar no meu bairro. Procuro vasculhar cada recanto, descobrindo coisas novas (às vezes, há surpresas desagradáveis também, e é preciso enfrentá-las). Estava meio órfã das minha caminhadas pela Tristeza, o meu bairro da zona sul de Porto Alegre. E, meu retorno, encontrei uma novidade bacana: na semana passada inaugurou na Avenida Pereira Passos, quase na esquina com Wenceslau Escobar, um lugar chamado Von Aroma – Espaço Gourmet. Na verdades são dois lugares, já que a mesma casa é dividida em duas: de um lado o espaço gourmet, de outro a Ecolã, uma loja com fios e peças de artesanato. Não comprei nada, só vasculhei o lugar com os olhos e o olfato: tem vinhos, queijos, massas, especiarias em geral. E um aroma que justifica o nome (o site, ainda em construção, é www.vonaroma.com.br ) Ao lado do espaço gourmet, a Ecolã também enche os olhos. A lã que está ali in natura, tingida ou na forma de peças de roupa e artesanato vem da  Cabanha Ecolã, de Encruzilhada do Sul, especializada na produção de raças de ovinos coloridos. As cores varim do marrom escuro ao creme, e do preto ao cinza prateado. Na equipe da Ecolã estão criadores, biólogos, veterinários e designers. Em breve, me informaram, o atelier também deve abrir para cursos, aos sábados. Por enquanto, funciona das 10h às 19h, de segunda a sexta (o espaço gourmet funciona no mesmo horário, mas também aos sábados). O site da loja: www.cabanhaecola.com.br

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Novidades no meu bairro (1)

Uma exposição para Marilyn em São Paulo

02 de abril de 2012 0

Ainda esses dias, no cinema, revi o trailer de Sete Dias com Marilyn, que está por estrear em Porto Alegre, e fiquei com vontade de saber mais sobre a atriz que marcou uma época. Pois quem está em SÃO PAULO ainda tem oportunidade, até o dia 10, de ver a exposiçã o Quero Ser Marilyn Monroe, em cartaz desde o dia 4 de março, na Cinemateca Brasileira . Consta que é esta a mais completa exposição sobre a diva do cinema americano e serve para marcar o cinquentenário de sua morte. São 125 obras de artistas como Andy Warhol, Allen Jones, Peter Blake, Richard Avedon, Henri Cartier-Bresson, entre outros. A mostra conta a trajetória da atriz por meio de imagens, filmes trechos da vida da diva, em estilos que variam da fotografia fashion ao Pop Art. Além da exposição de obras de arte, ao longo de todo o período há uma mostra de cinema com os principais filmes da atriz. Serviço Quero Ser Marilyn Monroe! – Exposição e Mostra Até 1o de abril Cinemateca Brasileira – Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino – São Paulo Entrada gratuita a todos os visitantes Site: www.marilynmonroe.com.br

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Uma exposição para Marilyn em São Paulo