Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Posts na categoria "Oceania"

Alberto Giacometti na Pinacoteca em São Paulo até 17 de junho

14 de abril de 2012 0

Adoro São Paulo , bons restaurantes , shows e pricipalmente muitas exposições de arte! Minha última boa surpresa foi a maravilhosa retrospectiva de Alberto Giacometti na Pinacoteca do Estado de São Paulo: Alberto Giacometti: Coleção da Fondation Alberto et Annette Giacometti , Paris. Para a exposição foram selecionados cerca de 280 trabalhos, sendo 80 esculturas de tamanhos variados, 40 pinturas, 80 trabalhos sobre papel, 56 fotografias e documentos. “L’ homme qui marche” – Alberto Giacometti Giacometti fotografado por Henri Cartier-Bresson,  1961   Alberto Giacometti (Borgonovo, Suíça, 1901–1966,) é considerado um dos grandes expoentes da arte do século XX e esta mostra configura-se numa oportunidade única para conhecer sua trajetória artística. A Pinacoteca por si é uma visita imperdível , o prédio restaurado tem um clima alto astral onde qualquer exposição é valorizada. Encontrei algumas pessoas que vira a mesma exposição em Paris e o consenso é que em Saõ Paulo está muito mais bem apresentado. Não percam a oportunidade de visitar o acervo da Pinacoteca , atualmente no terceiro andar, arte brasileira da melhor qualidade, encantador! “Picador de Fumo”  . Almeida Junior “O Violeiro” . Almeida Junior “A seleção dos trabalhos expostos foi feita por Véronique Wiesinger, curadora e diretora da Fundação Alberto e Annette Giacometti, que procurou apresentar todas as linguagens do percurso artístico de Giacometti ao longo de meio século, com destaque para a influência da escultura africana e da Oceania, que marca o início da sua obra madura. Disposta em ordem cronológica e temática, a mostra ocupa todo o primeiro andar da Pinacoteca onde são apresentados desde os retratos do artista executados por seu pai e por seu padrinho, ambos pintores, até as esculturas monumentais concebidas para Nova York. A seleção de obras também ressalta os laços de Giacometti com escritores e intelectuais parisienses como André Breton e o surrealismo, ou Jean-Paul Sartre e o existencialismo. ” Pinacoteca do Estado SP O Parque da Luz envolve a Pinacoteca num ambiente meio século XIX, apesar se localizar-se no coração da paulicéia, é um local tranquilo e bucólico, além de bem policiado e seguro. O café do museu localiza-se no térreo com saída direta para jardim, que ainda nos brinda com uma bela coleção de esculturas. ” Carregadora de Perfume ” .Victor Brecheret Jaqueira com fruta no pé, para mim uma forma nova e inusitada Para quem quer um programa completo uma boa dica é o Museu da Língua Portuguesa, que fica logo em frente , na Estação da Luz .   O Museu da Língua Portuguesa é  dedicado à valorização e difusão do nosso idioma (patrimônio imaterial) , apresenta uma forma expositiva diferenciada das demais instituições museológicas do país , usando tecnologia de ponta e recursos interativos para a apresentação de seus conteúdos. É considerado por muitos um dos melhores museus do Brasil , eu concordo e indico com ênfase. Vale a pena conferir o site para ver qual exposição temporária. http://www.museulinguaportuguesa.org.br/   Se você gostou deste post e curte dicas de viagem, arte, restaurantes e afins, curta a nossa página Viajando com Arte no Facebook:   https://www.facebook.com/pages/Viajando-com-Arte/121374657937187

Leia o post completo no blog Viajando com Arte:
Alberto Giacometti na Pinacoteca em São Paulo até 17 de junho

Alberto Giacometti na Pinacoteca em São Paulo até 17 de junho

12 de abril de 2012 0

Adoro São Paulo , bons restaurantes , shows e pricipalmente muitas exposições de arte! Minha última boa surpresa foi a maravilhosa retrospectiva de Alberto Giacometti na Pinacoteca do Estado de São Paulo: Alberto Giacometti: Coleção da Fondation Alberto et Annette Giacometti , Paris. Para a exposição foram selecionados cerca de 280 trabalhos, sendo 80 esculturas de tamanhos variados, 40 pinturas, 80 trabalhos sobre papel, 56 fotografias e documentos. “L’ homme qui marche” – Alberto Giacometti Giacometti fotografado por Henri Cartier-Bresson,  1961   Alberto Giacometti (Borgonovo, Suíça, 1901–1966,) é considerado um dos grandes expoentes da arte do século XX e esta mostra configura-se numa oportunidade única para conhecer sua trajetória artística. A Pinacoteca por si é uma visita imperdível , o prédio restaurado tem um clima alto astral onde qualquer exposição é valorizada. Encontrei algumas pessoas que vira a mesma exposição em Paris e o consenso é que em Saõ Paulo está muito mais bem apresentado. Não percam a oportunidade de visitar o acervo da Pinacoteca , atualmente no terceiro andar, arte brasileira da melhor qualidade, encantador! “Picador de Fumo”  . Almeida Junior “O Violeiro” . Almeida Junior “A seleção dos trabalhos expostos foi feita por Véronique Wiesinger, curadora e diretora da Fundação Alberto e Annette Giacometti, que procurou apresentar todas as linguagens do percurso artístico de Giacometti ao longo de meio século, com destaque para a influência da escultura africana e da Oceania, que marca o início da sua obra madura. Disposta em ordem cronológica e temática, a mostra ocupa todo o primeiro andar da Pinacoteca onde são apresentados desde os retratos do artista executados por seu pai e por seu padrinho, ambos pintores, até as esculturas monumentais concebidas para Nova York. A seleção de obras também ressalta os laços de Giacometti com escritores e intelectuais parisienses como André Breton e o surrealismo, ou Jean-Paul Sartre e o existencialismo. ” Pinacoteca do Estado SP O Parque da Luz envolve a Pinacoteca num ambiente meio século XIX, apesar se localizar-se no coração da paulicéia, é um local tranquilo e bucólico, além de bem policiado e seguro. O café do museu localiza-se no térreo com saída direta para jardim, que ainda nos brinda com uma bela coleção de esculturas. ” Carregadora de Perfume ” .Victor Brecheret Jaqueira com fruta no pé, para mim uma forma nova e inusitada Para quem quer um programa completo uma boa dica é o Museu da Língua Portuguesa, que fica logo em frente , na Estação da Luz .   O Museu da Língua Portuguesa é  dedicado à valorização e difusão do nosso idioma (patrimônio imaterial) , apresenta uma forma expositiva diferenciada das demais instituições museológicas do país , usando tecnologia de ponta e recursos interativos para a apresentação de seus conteúdos. É considerado por muitos um dos melhores museus do Brasil , eu concordo e indico com ênfase. Vale a pena conferir o site para ver qual exposição temporária. http://www.museulinguaportuguesa.org.br/   Se você gostou deste post e curte dicas de viagem, arte, restaurantes e afins, curta a nossa página Viajando com Arte no Facebook:   https://www.facebook.com/pages/Viajando-com-Arte/121374657937187

Leia o post completo no blog Viajando com Arte:
Alberto Giacometti na Pinacoteca em São Paulo até 17 de junho

Júlio Verne, 100 anos

27 de março de 2012 0

Há aproximadamente 100 anos, morria o escritor Júlio Verne, que tinha fascínio por novas paisagens e novas culturas. Era uma época de grande entusiasmo: de um lado, descobertas científicas que previam para breve grandes navegações e transportes até mesmo pelo ar – aceita-se a euforia; o 14-bis recém havia feito seu primeiro vôo. De outro, relatos de bravos navegadores faziam brilhar os olhos dos que seriam os primeiros “cidadãos do mundo”. Até então, as viagens eram penosas e os mistérios dos “exóticos países” chegavam aos europeus em forma de relatos fantásticos. Em meio a tanta efervescência, a Júlio Verne ocorreu levar à população conhecimentos geográficos – e até científicos – através da literatura. Foram dezenas de livros que mudaram a forma de ver o mundo. O espírito de viajante começou cedo na vida do escritor. Aos onze anos, o menino nascido em Nantes (na França), fugiu de casa e embarcou às escondidas em um navio. A viagem foi abreviada pelo pai, que o resgatou na primeira parada, mas o espírito de Júlio Verne já estava imbuído da vontade de conhecer novos mundos. Mas engana-se quem pensa que o escritor foi um grande viajante: a maior parte de seus dias, Verne passou em torno de mapas e ouvindo relatos de viajantes, lendo pela manhã e escrevendo à tarde. Seu primeiro sucesso foi Cinco Semanas em Balão , que narrava uma aventura sobre o misterioso continente africano, no qual ele jamais pôs os pés. Depois veio A Volta ao Mundo em 80 dias. O ponto de partida é a nebulosa Londres, com paradas em Bombaim, Calcutá, Hong Kong, Nova York e outros. Mesmo sabendo que, com um balão ao sabor dos ventos, os pousos não são tão precisos, o leitor não consegue deixar de torcer para que o excêntrico Phileas Fogg complete a viagem e ganhe a aposta. Acho que a sua obra menos conhecida deve ser A Jangada , que se passa na Amazônia e é um detalhado relato sobre a fauna e a flora da região. Há ainda outra obra que gosto muito, que relata uma Viagem ao Centro da Terra, onde o Dr. Lidenbrock, seu sobrinho Axel e o guia finlandês Hans partem para a Islândia – nome que inventaram para “Iceland”, a terra do gelo, a fim de descobrir animais estranhos habitando as entranhas da terra. Ironicamente, colocou o portal de entrada deste mundo subterrâneo sob uma gigantesca geleira, a maior da Europa. Foi um visionário do turismo de aventura, tão em moda hoje. Quando a Oceania ainda nem havia sido devidamente identificada, uma citação atribuída ao escritor francês Claude Roy  já quantificava a influência  que esse guia de viagem imaginário teria sobre várias gerações de leitores: “ O mundo possui seis continentes: Europa, África, Ásia, América , Australásia e Júlio Verne ”. Pois, blogueiros e FACEiros: nada a acrescentar. Só que eu estive no lugar onde seria a hipotética passagem para o centro da Terra. É sob uma geleira de nome complicado – e botem complicado nisso! Lembram-se do vulcão cujas cinzas transtornaram a Europa? Pois bem, eu já esqueci o nome, mas o tio Google, com certeza, lembra. Foto:  http://www.sxc.hu/browse.phtml?f=download&id=10268

Leia o post original no blog Viajando por Viajar:
Júlio Verne, 100 anos

Quer saber mais sobre Galápagos? E sobre a Oceania?

07 de novembro de 2011 0

Dois eventos nesta terça-feira, dia 8, têm esses dois destinos como tema em Porto Alegre. ***** Austrália e Nova Zelândia, dois dos países mais procurados por jovens brasileiros que querem trabalhar, estudar outro idioma, são o tema de bate-papo na  CI Porto Alegre. O workshop é dirigido para quem pensar em passar uma temporada por lá, com dicas de escolas, cursos e roteiros turísticos. Serviço Nesta terça-feira, às 19h, na Padre Chagas, 80, no Moinhos de Vento A entrada é franca e os interessados precisam confirmar presença pelo telefone  (51) 3346-4654 ***** GALÁPAGOS , o arquipélago conhecido como o laboratório de Charles Darwin e sua teoria da evolução das espécies, é o tema do Papo Viajante desta terça-feira no STB Brasas. Quem conversa sobre o Equador e seu arquipélago mais famoso é Renato Pozzobon , dando dicas de como viajar por lá. Além de falar sobre a fauna de Galápagos, ele também destacará o legado colonial da capital Quito e de sua herança indígena. Serviço terça-feira, dia 8 de novembro, às 19h30min no Espaço STB BRASAS (Anita Garibaldi, 1.515, em Porto Alegre atividade gratuita, mas com lugares limitados informações e confirmação de presença pelo telefone (51) 4001-3010

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Quer saber mais sobre Galápagos? E sobre a Oceania?

Novidade para quem gosta de cruzeiros

19 de setembro de 2011 0

Está marcada para o dia 24 de abril de 2012 a viagem inaugural do navio de luxo Riviera, da companhia Oceania Cruises. O roteiro inicial, com itinerário denominado Ancient Grandeur, terá 12 dias de duração com embarque em Atenas, na Grécia, e escalas em Alexandria e Port Said, Haifa e Ashdod (Jerusalém), Antalya, Rhodes, Patmos e Kusadasi (Ephesus) e Istambul. As suítes mais luxuosas do navio têm atmosfera residencial, com projeto da Ralph Lauren Home Collection e detalhes em couro, cashmere, camurça, seda e madeira. Todas as cabines têm minibar abastecido com refrigerantes e água mineral, banheiro com banheira, room service 24 horas, roupões, chinelos, produtos de higiene das marcas L’Occitane e Bulgari, secador de cabelos, TV LCD de tela plana, cofre privativo, telefone com discagem direta via satélite e, nas categorias Suites e Veranda, laptops com wi-fi. O Riviera pode receber até 1.258 passageiros em 629 cabines duplas , 96% delas com varandas privativas, e 800 tripulantes. O Marina, da foto abaixo, é considerado seu irmão-gêmeo! Ou seja, se quiser ter ideia de como será o Riviera… Outras facilidades e atrações do navio: biblioteca com mais de 2 mil livros e jornais, orquestra, quarteto de cordas, guitarrista flamenco, noites de jazz, discoteca, karaokê, cassino, musicais, piscina aquecida, três jacuzzis e o Canyon Ranch Spa Club, com massagens, aromaterapia, tratamentos de pele, fitness, talassoterapia, ioga, pilates, personal trainer, nutrição e demonstrações de cozinha saudável. Restaurantes: há 10 espaços de alimentos e bebidas, sendo seis deles gourmet-open seating, com pratos internacionais.

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Novidade para quem gosta de cruzeiros

Promoção dá passagem para Buenos Aires

07 de julho de 2011 0

A companhia aérea Qatar Airways faz promoção para brasileiros. Viagens realizadas até 31 de agosto, com destinos a partir de Doha, capital do Catar, dão direito a uma passagem para Buenos Aires, na Argentina. Clientes que comprarem passagens aéreas para um dos 69 destinos oferecidos no Oriente, África ou Oceania – entre eles Dubai, Abu Dhabi, Cairo, Hong Kong, Istambul, Pequim, Tóquio, Joanesburgo e Melbourne – ganham viagem de São Paulo para Buenos Aires. Para Doha, os valores custam a partir de R$ 4 mil, com taxas incluídas. O Catar fica no Oriente Médio e faz fronteira com a Arábia Saudita. IMPORTANTE: – Para ter direito ao bilhete grátis de São Paulo para Buenos Aires, os clientes devem fazer a compra pelo site da companhia . – A viagem para Doha ou além Doha deve ser realizada até o dia 31 de agosto. Já o bilhete gratuito para a Argentina deve ser utilizado até 3 meses após a data de retorno da primeira viagem. – Os clientes devem pagar as taxas de embarque e aeroportuárias.  O valor é, em média, 132 reais por bilhete grátis de São Paulo para Buenos Aires. – O passageiro deve guardar seus cartões de embarque originais para fazer a retirada das passagens para a Argentina.

Leia o post completo no blog Viaje mais com menos:
Promoção dá passagem para Buenos Aires

Remexendo nos baús de viagem

21 de abril de 2011 0

CARTÃO-POSTAL Remexendo em seus baús de viagem, a LETÍCIA BARBIERI, repórter de Zero Hora no Vale do Sinos, encontrou essas duas fotos abaixo. A primeira, ela descreve assim: “Era pertinho de onde eu morava, na AUSTRÁLIA. Em uma das curvas da Great Ocean Road, onde está o que eles chamam de 12 Apóstolos, por que eram 12 pedras como aquelas ali… Quando eu estive lá, em 2006, só restavam mais seis… A água foi levando as outras.” A segunda veio com o seguinte recado: “Foi o momento que eu encontrei um aborígine. Quase fui lá abraçá-lo, mas achei mais prudente só tirar a foto.   Quando eu fui ao Grand Canyon foi engraçado, por que havia uns índios bem sérios recepcionando a galera. E eu pensava “mas por que ninguém tira fotos com eles, peloamordedeus?”. Aí eu pensei: mais do que um “não” eu não vou levar. E perguntei se eles se importavam de tirar uma foto comigo. Quando olhei pra trás, uma fila de turistas que tomaram coragem depois de mim. Histórias de viagens…”

Confira o post completo no blog Recortes de Viagem:
Remexendo nos baús de viagem

Usar pele? Vá sem roupa!

27 de março de 2011 0

Na última semana participei do PETA Oceania Red Carpet Launch Sydney, lançamento da última campanha realizada pelo PETA , entidade que cuida da preservação dos animais e luta pela não utilização deles em testes cosméticos e de farmácia. Intitulada “I’d Rather Go Naked Than Wear Fur” (prefiro não usar roupa a ter que vestir pele) e com várias modelos desfilando com vestidos produzidos com folhas de alface ou usando somente calcinha e sutiã bege, a campanha serve para conscientizar os estilistas a não usar pele. Para ver as outras campanhas do PETA é só clicar aqui .   Lançamento da nova campanha do PETA   Modelos usam roupas produzidas com alimentos   Imitando pele de cobra

Leia o post completo no blog O mundo que eu vi:
Usar pele? Vá sem roupa!

Vinho no caminho do bem

04 de setembro de 2010 0

No começo da última semana chegou ao Brasil uma dupla que está rodando o mundo de vinícola em vinícola. Mais do que fazer enoturismo, Anja Cheriakova e Georges Janssens estão recolhendo garrafas por onde passam para, no ano que vem, promover um leilão que financiará projetos humanitários no Laos.

Confira o post completo no Enoblog:
Vinho no caminho do bem