Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de março 2011

Capadócia - um lugar surreal - Parte I

28 de março de 2011 8

 

Vamos fazer uma série de posts sobre a Turquia aqui no blog.

Escolhi começar pela Capadocia, pois foi o lugar que mais me marcou e surpreendeu, é uma paisagem de conto de fadas, suas formações rochosas de milhões de anos instigam a nossa imaginação.  

Nosso destino na Capadocia foi a cidade de Nevsehir, uma cidade de 84 mil habitantes que não tem atrações, apenas um ponto de chegada de voos de Istambul. Entre Nevsehir e Uchisar, a cidade que ficariamos hospedadas, passamos pelo museu a céu aberto em Gülsehir ( cidade das rosas), é pertinho e vale a pena conhecer, pois segundo o nosso guia aqui está a Basílica mais antiga da Capadocia, São Basilio do século IV.

A pedra mais macia, o clima e as perseguições religiosas propiciaram o deselvolvimento deste tipo de moradia em toda esta região, só que elas não eram escancaradas, suas fachadas eram bem disfarçadas, mas o tempo e a erosão revelaram os interiores das moradias.

Nossa cidadezinha escolhida para desbravar a Capadocia foi Uchisar, que quer dizer primeira fortaleza.

O centro histórico é bem pequeno e tem alguns hoteis boutique e restaurantes muito charmosos, o turismo está se desenvolmento a olhos vistos na região, mas sempre com a preocupação de não descaracterizar o cenário que é lindo.

Ficamos no Hotel Argos, e eu recomendo, pois os quartos são decorados com bom gosto, um diferente do outro, com todo o conforto moderno, Wi-fi, ar condicionado, e uma vista do vale belíssima.

A tarde fomos explorar a região em torno de Göreme ( cidade invisível) que também pode ser uma boa opção para ficar, mas ela fica no vale não tem uma vista tão privilegiada como Uchisar e pode ser mais quente no verão.

A grande atração de Göreme é o museu ao ar livre, o Museu das igrejas ruprestes, que foi um lugar de culto e de monastérios desde o século IV. São várias igrejas e capelas com pinturas murais lindíssimas, algumas muito bem conservadas. A maioria das igrejas são do século XI e tem pinturas bizantinas, no mesmo estilo que vemos até hoje na Grécia e na Rússia.

Porém a mais linda, que fica fora da área do museu, a igreja azul, o nosso guia reservou para o final. É uma edificação complexa, resultado de construções em várias etapas ao longo do século X. Na capela estão representadas cenas da vida de Cristo, em estilo arcaico, com 3 faixas sobrepostas que se desenvolvem de maneira cronológica.

 

Istambul já está com preços bastante equiparados com o resto da Europa, mas o interior pode ser bem mais barato, minha dica de restaurante em Göreme chama-se Local Restaurant, fica bem no centrinho, fácil de achar, lá comemos uma ótima salada com produtos fresquíssimos seguido de Testi Kebab, um prato feito com carne de cordeiro e vegetais cozidos dentro de um pote de cerâmica que eles quebram na frente da gente, é uma delicia! Tudo isto acompanhado de Ayram, uma bebida refrescante a base de yogurte. 

 

Deixo vocês hoje com os olhos turcos de proteção, sigam acompanhando a nossa trajetória, amanhã estarei contando a aventura mais fantástica da Capadocia, muita adrenalina no passeio de balão sob o vale mágico!!

 

Roteiro "Turquia com Arte" - conhecimento , aventura e exclusividade

27 de março de 2011 0

Aniversário de Porto Alegre, um presente para vocês!

26 de março de 2011 0

 

Amanhã Porto Alegre está comemorando 239 aninhos de vida, e além dos gaúchos comemorarem tomando chimarrão, comendo churrasco, vestindo bombacha aqui vai uma dica de um lugarzinho que tive o prazer de conhecer esta semana, onde vocês podem fazer uma comemoração especial em homenagem a nossa capital.

Este restaurante escondidinho no inicio da Jerônimo Coelho, pertinho da escadaria do viaduto da Borges de Medeiros, é uma jóia no centro da cidade.

 

 

 

 

 

 

Descemos as escadarias do viaduto, que por acaso se chama Outono, estava um dia lindo, de outono :)  e caimos direto na fachada do Del Barbiere.

 

 

O Del Barbiere me encantou a primeira vista, é um pequeno bistro, comandado pelo jovem chef Marcelo Schambeck, que foi indicado pela revista Veja Porto Alegre entre os melhores chefs revelação de 2008 e novamente indicado em 2010 como chef do ano.

O Bistrot é muito simpático e fica ao lado da barbearia do pai do Marcelo. Um lugar perfeito para dar uma quebrada no ritmo daqueles dias de semana, um oásis. O menu é fixo e troca todos os dias, por R$ 25, 90 você come uma entrada e o prato principal. Se você vai em mais de 2 pessoas é indispensável reservar, pois são poucos lugares, e aqui tenho que agradecer a minha amiga e artista, Cleo Milani ,que tomou a iniciativa e nos preparou esta ótima surpresa.

 

 

 

A entrada foi uma salada deliciosa, uma mistura de verdes, com um chutney que tinha alguma coisa de oriental no fundo, talvez um curry e ainda uma copa serrana meio defumadinha, uma combinação perfeita.

 

 

O prato principal foi um filé com cebolinha grelhada, pure de beringela tostada e batatas assadas, já que estávamos comemorando o sucesso do lançamento da nossa viagem a Turquia em junho, pedimos um Champanhe Cave Geisse nature, que caiu como uma luva.

 

 

E aí nos perguntamos se uma lauta refeição como esta poderia passar sem pedirmos uma sobremesa…. De jeito nenhum! Então o jeito foi atacar de creme brulê de iogurte ( pra não engordar demais) e a Mylene pediu um copinho de branquinho com café e molho de frutas vermelhas, quase um pecado da gula! Duas sobremesas, 4 colheres  e fizemos a festa.

 


Depois de tudo isso quase bate uma tristeza…. então aqui vai uma dica: Não deixe de experimentar o café indiano, uma mistura muito diferente e deliciosa de café expresso e cardamomo, vai fechar sua refeição com chave de ouro!

Aproveite o aniversário de Porto Alegre e se presenteie com as delicias do Del Barbiere, ahh já ia me esquecendo, o Chef Marcelo contou que como adepto do slow food, aos sábados eles preparam um menu degustação com cinco pratos!! É mole???


Sugestões de Filmes sobre a Turquia

23 de março de 2011 0

Conforme prometi no evento de ontem , vou publicar por aqui algumas sugestôes de filme sobre a Turquia ou que se passam por ali:

O Tempero da Vida

Do outro lado

Andando Sobre as Águas

O mercador de pedras

Um doce olhar

Espero que curtam estas dicas e mandem outras ideias para incluirmos aqui.

O evento foi um grande sucesso, já temos 22 viajantes na “Turquia com Arte”!

Hoje : Evento Lançamento Viagem "Turquia com Arte"

22 de março de 2011 0

Programa 2011 : Encontros com Arte

06 de março de 2011 0

Carnaval está no final e é hora de pensar no ano que se inicia, estamos com uma a programação de cursos bárbara começando em março de 2011!

Venha conhecer uma maneira lúdica e divertida de viajar e aprender.

 

 

Lisboa mais perto de Porto Alegre em 2011.

01 de março de 2011 2

 

 

A TAP anunciou que a partir de junho terá 4 vôos semanais diretos entre Lisboa e Porto Alegre, vocês já imaginaram ficar livre de todas aquelas horas de espera em Guarulhos ou no Galeão?? Nem quero pensar no rombo na  minha conta bancária, pois ir pra Europa vai ser um abraço! Quase o mesmo que pegar o onibus aqui em Porto Alegre e amanhecer em Uruguaiana tchê!!

 Com essa idéia na cabeça, agora no verão quando fui passar uns dias em Paris, acabei agendando meu vôo pela TAP e resolvi passar 2 dias em Lisboa. Já faziam mais de dez anos que eu não ia até  Portugal e achei legal dar uma conferida na cidade.

Cheguei em Lisboa perto do meio-dia, apesar dos dias curtos de inverno ainda pude ver bastante da cidade que esta linda, muito cuidada, e teve muito da margem do rio Tejo reabilitada, onde antes era apenas cais de porto, eles construiram restaurantes, centros culturais, bairros totalmente novos na região do Parque das Nações, uma Lisboa moderna com cara de século XXI, onde morar e circular por ruas amplas e arejadas é sinônimo de qualidade de vida.

E isso sem perder aquele charme colonial, seus bairros centrais e tradicionais como o Rossio, Alfama, continuam com a mesma feição de antes, me lembrou muito São Luis do Maranhão, com fachadas de cerâmica e azulejos, sacadinhas, ruelas estreitas e muitas, muitas igrejas barrocas com fachadas familiares, afinal foram eles que um dia desembarcaram no Brasil e iniciaram a nossa colonização…





Como eu ia ficar por apenas 1 noite ,escolhi meu hotel depois de muita pesquisa, e acertei em cheio o hotel é simplesmente perfeito, lindo,sem ser pretencioso, tudo muito cuidado, café da manhã impecavel, produtos da L´Occitane, os quartos tem vista para o Rio Tejo. O hotel chama-se  Lapa Palacehttp://www.olissippolapapalacehotel.com/ .

Fica bem localizado no bairro da Lapa,  os taxis em Lisboa não são caros e detalhe, não sei se tive sorte, mas conheci um motorista de táxi que era simpático demais, muito gentil e brincalhão, tanto que no dia seguinte eu o chamei para me levar a fazer um tour pela cidade.


Esta era a vista da sacada do  quarto no Lapa Palace. Ao fundo o rio Tejo.

 


No primeiro dia depois de cilcular um pouco pela cidade e acabei parando na Cervejaria Brilha, um lugar bem tipico,  indicação de um amigo, pra comer um “prego” …  que é uma espécie de sanduiche de pão francês com bife de filé dentro, claro acompanhado de um vinho tinto.

Cheguei em pleno dia dos namorados europeu que é no dia 14 de fevereiro, e eu sozinha acabei voltando para o hotel depois de ir ao cinema assistir ao maravilhoso Cisne Negro, filme com Natalie Portman. O hall do hotel é lindo, o prédio é um palácio do século XIX, e da recepção ouvi o som de um piano e fui até lá ver de perto, o pianista tocava num ambiente belíssimo, apenas para um hóspede do hotel e o som enchia todos os espaços, pedi ao garçom a coisa mais portuguesa que ele poderia me oferecer… um vinho do Porto, é lógico! Depois que o pianista soube que eu era brasileira tocou várias músicas nossas, linda execução.

Na manhã seguinte sai para fazer um belo passeio até a cidade serrana de Sintra que fica a apenas 35km de Lisboa. A rota é muito bonita, a gente vai costeando o mar, passando por Cascais, Estoril, estava um dia lindo.

 

 

Marginal que sai de Lisboa, passa por Cascais, Estoril, etc




Neste lugar conhecido como  “boca do inferno”, seu Victor  parou pra tomarmos um expresso e para que eu pudesse admirar as ondas do oceano Atlântico batendo contra as pedras.

 

Seguimos e no caminho passamos pelo Cabo da Roca, que segundo dizem é o ponto mais ocidental do continente europeu. Como já dizia Camões nos Luzíadas ” onde a terra se acaba e o mar começa”.

 

 

Farol do Cabo da Roca

 

 

 

 

Começamos a subir a serra até Sintra, que é uma cidade pequenina, muito bonitinha, com vários atrações para se visitar, como o Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena, mas se você quiser ir só para almoçar ou  fazer um passeio, ok,  andar naquela região já é uma boa opção.

 

 

Cheio de esculturas pela cidade de Sintra.

 

 

 

 

Cafés e restaurantes no centrinho de Sintra.

De volta a Lisboa parei para almoçar na margem do rio, nas Docas de Alcantara, uma área que foi totalmente reabilitada, mais ou menos o que sonhamos que a prefeitura faça aqui em Porto Alegre no nosso cais do porto. O restaurante Cinco oceanos também foi indicação de amigos portugueses e lá pude saborear um robalo grelhado fantástico, acompanhado de um vinho branco Del a Deu.

 

 

Docas de Alcântara

Restaurante Cinco Oceanos.

Eu não poderia sair de Lisboa sem experimentar os famosos pastéis de Belém, seria quase uma heresia e como peixe é leve sobrou espaço para come-los como sobremesa e encerrar minha estadia em Lisboa com chave de ouro.

 

 

 Agora é só torcer para que as negociações da TAP com a Anac tenham êxito e que possamos estar brevemente a apenas uma noite de distância de Lisboa.