Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Punta del Diablo, La Pedrera, Cabo Polônio -Praias alternativas do Uruguay

04 de janeiro de 2014 48

 

Tenho uns amigos de Bagé que há anos nos falavam destes lugares perdidos no Uruguay. Eles que vão pra lá há anos nos contam que no inicio não havia luz elétrica, muitas vezes nem água encanada, o lugar era pra lá de rústico. Quem já leu outros posts meus aqui sabe que tenho esse lado mais alternativo e que acalentava uma ida a Punta del Diablo há muito tempo.

 

 

No carnaval, decidimos alugar uma casa, o que hoje é muito fácil, é só acessar o site do portal  http://www.portaldeldiablo.com.uy/modules/inicio/mainFrame.php e ali eles tem várias opções de hospedagem, casas, pousadas, etc.

Nossa casa era na frente da praia em Punta del Diablo, 3 quartos, luz, banho maravilhoso, enfim todo o conforto, e a vista…. indescritível!!

 

 

 

Víamos o sol nascer no mar todas as manhãs da nossa sacada, um espetáculo diário.

Eu adorei Punta del Diablo, é uma praia jovem, não só de idade, pois vi gente de todas as idades, mas de espirito, se é que vocês me entendem. Quem vai pra lá não pode esperar grandes restaurantes, nem aqueles lounges de beira de praia luxuosos de Punta del Este, tudo é muito simples, os barcos de pescadores chegam a tardinha na praia trazendo muitos frutos do mar fresquinhos que comprávamos ali mesmo numa grande variedade: berberechos, polvo, lula, camarões, enfim fizemos banquetes dignos dos melhores restaurantes estrelados Michelin.

É muito interessante o jeito de ser dos uruguaios, me parece que tudo lá é permitido, muito liberado, ao mesmo tempo eles são organizados e mesmo naquela prainha perdida agente encontra queijos maravilhosos, carne de churrasco deliciosa, sem falar nos produtos derivados do leite, manteiga, requeijão, e no doce de leite é claro!!! 

 

 

Punta del Diablo tem tudo o que a gente precisa; mini mercados, livraria, restaurantes, pizzarias, bares, internet  tem até um shopinzinho, O Paseo del Rivero, que é bem legal.

 

 

Como passamos os 4 dias de carnaval lá, sobrou tempo para explorarmos as praias da região, saimos em direção ao sul e fomos até Cabo Polônio, que é uma prainha pequena onde não tem luz elétrica, mas vários lugares tem geradores. O lugar é lindo demais e tem uma populaçõa fixa muito pequena de pescadores, artistas e funcionários do farol.

Em Cabo Polônio tem 3 ilhas em frente a praia que servem de morada para os lobos marinhos, La Encantada, la Rosa e el islote.

Automóveis não chegam em Cabo Polônio (somente os moradores tem permissão) então a gente vai nuns caminhões adaptados e leva uns 30 minutos até o ponto final, a espera é rápida e no verão eles transportam as pessoas até as 21h ao custo de R$ 15 por pessoa.

Esperando a condução para Cabo Polônio, que tem este nome devido a um galeão espanhol que afundou lá em 1735.

 

 

Muito artesanato, feirinhas, bares, uma gurizada bonita, ateliers de artistas, o lugar tem um astral bárbaro

 

Até que chegamos no farol, que dá frente para as ilhas com os lobos marinhos, olha o visual!! 

   

Explorarmos toda a região e ficamos um bom tempo na praia, e acreditem a água do mar estava tépida! O que já sei é uma coisa muito rara aqui por estas bandas. 

Hora de abrir os trabalhos! Que tal começar com uma Patricia bem gelada, guacamole, saladas e porções de lulas fritinhas???

 

 

 

 

Cabo Polônio foi uma experiência bárbara, o lugar é muuuito rústico, selvagem mesmo, minha impressão é de ter voltado no tempo e estar em Santa Catarina há uns 50 anos atrás, uma sensação de lugar ainda intocado, que é cada vez mais raro hoje em dia.

De Cabo Polônio fomos conhecer La Pedrera que fica uns 50 km mais ao sul. É uma praia bonita e dizem que os argentinos endinheirados estão comprando tudo por lá.

Entrando em La Pedrera.

 Surfe em La Pedrera.

Foram 4 dias de muito sol, praia, descontração, sem a menor preocupação em todas as esferas, só biquini, havaianas, canga, um moleton, pois a noite com o vento nordeste pode ficar bem fresquinho… ideal para saborear um vinho tinto chileno comprado ali no Chui.

A praia que realmente marcou meu coração indelevelmente foi Punta del Diablo e espero poder voltar muitas outras vezes.

Eu deixo voces com mais algumas fotos deste lugar mágico, junto com um pedido de desculpas a esta minha amiga bageense que me apresentou estes lugares legais, pois quebrei minha promessa de não divulgar eles aqui no blog. Mas eu sei que quem opta por ir a lugar assim, são pessoas que se preocupam em conservar o mundo, não poluir, não desperdiçar, então gente fica registrado nosso compromisso.

 

Lojinhas e mais lojinhas. 

  

 

 

Reliquias Uruguaias.

Restaurante Cero Stress.

 

Comentários (48)

  • augusto diz: 18 de setembro de 2011

    já fiz este roteiro há muitos anos atrás, incluindo La paloma que também é muito legal, mas na época já era mais desenvolvida. Os lugares são incríveis. De Rio Grande até lá são pouco mais de quatro horas de viagem. Na época era conhecida como Costa Brava. Recomendo.

  • max calhao diz: 18 de setembro de 2011

    Artigo Muito legal!!! As fotos fizeram a diferença!

  • Luiz Martini diz: 18 de setembro de 2011

    Clarisse, Punta del Diablo não é um lugar tão desconhecido assim. Todo mundo que vai ao Uruguay costuma dar uma passada por lá. Então, a tua amiga não vai poder brigar contigo.
    Conheço PdD há quase 20 anos. Naquela época já era um lugar mágico, estava em pleno desenvolvimento, fui lá numa Páscoa e foi muito difícil de arrumar hospedagem [e já tinha bastante pousadas e casas para alugar]. Me lembro de que parecia uma daquelas aldeias dos gauleses do Astérix.
    Voltei lá várias vezes, depois passei alguns anos sem ir.
    Aí, em 2004 voltei lá… e achei o lugar decadente. Falei com uns moradores de lá que eu já conhecia de antes, e eles me confirmaram que o lugar tinha andado para trás. Havia muitas casas abandonadas, semi-destruídas, comércios fechados. Fiquei triste, pois eu dizia que quando me aposentasse iria morar lá.
    Pelo teu relato [e fotos], pelo jeito o lugar engrenou de novo. Boa notícia!
    Quanto a Cabo Polonio, não havia proibição de ir lá de carro; o problema é que não se consegue [ou não se conseguia] chegar lá com carro comum, tinha que ser 4 x 4 dos bons!
    Por isso um francês, que morava lá, tinha um jipe e vivia dando carona para os moradores, teve a idéia de comprar em leilão uns caminhões militares desativados e adaptá-los para transporte turístico.
    Todas aquelas localidades valem a pena uma visita. Além dos citados, há também La Coronilla, La Paloma, Aguas Dulces…

  • marlizi melo diz: 18 de setembro de 2011

    Fiquei encantada!! lugares maravilhosos e lindos, e de muito bom gosto, assim q puder(estou fazendo auto-escola rs rs rs) será minha primeira viagem de longa distância. Obrigada pela idéia!

  • Karla Alves diz: 18 de setembro de 2011

    Conheço e assino embaixo! Muito bacana, tranquilo e não se gasta muito.
    Abç.!

  • ricardo tramunt diz: 18 de setembro de 2011

    COMO SEMPRE, NOTA 10 , ÀS TUAS NARRATIVAS.
    ADORAMOS ESTAS PRAIAS.
    PARABENS
    RICARDO

  • Beto diz: 18 de setembro de 2011

    Faltou falar do aspecto financeiro: preços!!!!

  • Ana Paula diz: 18 de setembro de 2011

    Muıto boa reportagem. Faltou falar de La Paloma, do ladinho de La Pedrera, que é muıto linda, a agua do mar é maravılhosa, verde numa temperatura agradavel para o banho, a cıdade bem tranquıla, lojinhas, sorveterias (helaterıias!)mercados com preços bem baratos e um por do sol lindo. No verao, pretendemos voltar novamente para la.

  • ricardo diz: 18 de setembro de 2011

    o lugar é lindo, mas é terra de muitos assaltos, roubos e ladroagem de todo tipo

  • Claryssa Medeiros diz: 18 de setembro de 2011

    Concordo com a Ana Paula. Já alugamos casa em La Paloma e é uma praia encantadora, como todo o Uruguai,aliás. Tem todo o conforto de uma praia grande, mas com aquele gostinho de prainha pequena. O que ela não disse é que lá existem várias praias : La Aguada, Los Botes, El Cabito, La Balconada e Anaconda – atende à todos os gostos: pra surfista, com onda,sem onda, com pedras formando piscinas naturais (ótima para crianças). Em um dia de muito vento,por exemplo, a maioria vai à Los Botes ou Balconada e quando não há vento, La Aguada é o “canal”.
    Outro detalhe muito interessante de lá é que o programa à tardinha é ir ou continuar na praia de Los Botes até o pôr-do-sol e quando o ele se põe, todo mundo bate palmas… É realmente um espetáculo à parte; eu confesso que da primeira vez fiquei emocionada… Esse é o Uruguai e um dos muitos motivos pelos quais sou apaixonada por ele.

  • Ju diz: 6 de novembro de 2011

    Boa Noite,

    Estou procurando casas para aproximadamente 10 pessoas, para ficarmos o carnaval em Punta del Diablo, não temos restrições de praias.
    Poderia me enviar algumas sugestões????

    Aguardo retorno.
    Obrigada

    Juliana

  • Luis Moura diz: 3 de janeiro de 2012

    Minha filha esta de férias nestas praias esta semana.
    Fala muito bem de todos os lugares.
    É maravilhoso. Esta encantada com tudo.

  • Daniela diz: 7 de janeiro de 2012

    Voltamos do Uruguai a poucos dias e conhecemos essas praias. Fomos de carro e também tiramos várias fotos, que estão em http://www.uruguai2012.blogspot.com.
    Abraços,

    Daniela

  • Francisco diz: 10 de janeiro de 2012

    Em 2009 e 2010 conheci praticamente todas as praias do litoral de Rocha, ano passado passei o ano novo em La Paloma e logo fui a Valizas. Este ano vou de novo e vou incluir alguns lugares no continente, próximo dali, e uma ou 2 noites no Cabo Polonio, se conseguir lugar. Sou apaixonado por lá e pelo Uruguay! É o país que eu queria ter nascido, pro bem da verdade, mas ao menos vou tentar morar lá em breve.

    Tua amiga tem razão, não é uma boa ficar divulgando muito os lugares de lá. SC antigamente era como lá é hoje, e virou essa babilôbia toda, apesar da tamanha beleza de lá. Mas não importa, a divulgação de Rocha está cada vez maior, e cada ano vai mais gente pra lá. “Ojalá” não cresça tanto e se torne uma babilônia também.

    Uma sugestão: já que estavam no Uruguay, porque consumir um vinho chileno? Lá se produzem excelentes tannats, como por ex. o Pueblo del Sol. Também se produzem licores de butiá, típicos da região. Vale mais a pena consumir produtos locais para se integrar com o lugar que se está.

  • Luiz Martini diz: 13 de janeiro de 2012

    Clarisse,
    realmente os vinhos uruguaios não são assim tão conhecidos, mas há boas coisas por lá.
    Aliás, não conheço esse de que o Francisco fala.
    Também sugiro os vinhos Santa Rosa [com exceção dos da linha Cosecha Particular, não tão bons], bem como Cisplatino e Pisano, da Pisano & Hijos.
    Os Santa Rosa são baratos, os da Pisano um pouco mais caros, mas não proibitivos. Tem um Pisano Tannat/Merlot que é bem interessante. É encontrado no Brasil, na Importadora Mistral, de SP.
    Os Santa Rosa não encontrei mais no Brasil, infelizmente.

    Não sei em Punta del Diablo, mas é curioso que os imóveis em Punta del Este estão mais baratos do que em Florianópolis…

  • Daniela diz: 21 de janeiro de 2012

    Ola,

    Gostaria de saber o preço do onibus de Montevideo para Punta Del Diablo, alguem sabe dizer? Não diz no site de transportes e não achei em lugar algum?

    Outra duvida, posso alugar uma casinha em qualquer lugar la? Ou é melhor ficar ao Norte, Sul…?

    Obrigada.

  • nádia caetano diz: 5 de novembro de 2012

    Há muitos anos nossa família freqquenta o litoral uruguaio para veranear.
    Temos as melhores lembranças de excelentes verões aqui aproveitados.Nossa prai predileta é Punta Del Diablo, é completa , sol, mar (três praias )para escolher, gente bonita e muiita festa para a gurizada.
    Eu recomendo, se ainda não foi , não sabe o que está perdendo……….

  • mari diz: 11 de novembro de 2012

    olá!
    você não tem o contato dessa casa que você ficou?
    obrigada!

  • Maria diz: 6 de janeiro de 2013

    estive com minha família e alguns amigos em Unta del Diablo e Cabo Polônio há poucos dias e adoramos. Tem uma rusticidade que já não se encontra mais em lugar algum. As pessoas vivem de uma forma mais livre e tranqüila. Dá vontade de ficar por lá. Adoramos e vamos voltar. Recomendo.

  • Fernanda diz: 7 de janeiro de 2013

    Clarissa, Mylene, adorei o post! Tava procurando algo assim!…durante os 30 últimos anos passo umpouco do verão em Punta del’este com filhos e netos, q e maravilhoso! Mas quero algo mais sem esquema, mais rústico ainda… Quero ir no carnaval e vou só c meu marido desta vez e queremos descer de carro, parando edp seguindo…Tb AMO o Uruguai…entrei no site p locação e preciso da ajuda de vcs: em q praia ficaram? Lá Viuda ou Rivero? Norte ou Sul?… Estou meio perdida!Aguardo vcs! Bjs

  • Augusto diz: 7 de janeiro de 2013

    Clarisse,
    Uma coisa que vc omitiu do seu cartão postal de Punta Del Diablo, não sei se por desconhecimento, mas mostra em uma foto sua acima, são as construções de casas e pousadas totalmente anti-ambientalistas diretamente sobre dunas móveis (áreas de recargas de águas subterrâneas para os aquífero), e ainda nas partes baixas dessas (áreas de descargas das águas subterrâneas dos aquiferos, que quando estive lá em visita com a família em janeiro/2012 achei um verdadeiro crime ambiental sem precedentes. Quando vi a preservada ambientalmente praia Punta Del Leste, com grandes avenidas afastadas das dunas, pensei comigo, esses caras estão a frente do Brasil, mas me enganei. Este desequilíbrio de construções sobre dunas e em locais conhecidos por erosões costeiras marinhas, como exemplo, na praia do Hemergildo, no Chui brasileiro é um mal exemplo a ser seguido, onde essas casas serão tragadas pelas ondas do mar e um desequlíbrio total ao meio.

    Dunas não são locais para se construir, pois acabam com os aquíferos costeiros (porosos) que podem fornecer água de boa qualidade se preservados.
    Se pesquisarem no site do Urugai verão que já houve vários movimentos de ongs, ambientalistas contrários àquelas construções em ambiente totalmente equivocado na praia da Punta Del Diablo.
    Fica aqui a denúncia e meu total desagravo aos crimes ambientais lá cometidos por empresários uruguaios gananciosos de plata criminosa.
    Espero que vcs com colunistas e blogueiras possam denunciar este lado e fomentar opinião para que se construam pousadas e moradias longe das dunas sejam fixas ou móveis. Ambiente é pra ser respeitado para que tenhamos beleza por vários séculos naquela e outras praias visitadas, e para nossa perpeituidade.
    Aguardo seus posicionamentos para não me estender muito em defesa do meio.

  • canga de praia diz: 8 de janeiro de 2013

    Viagem maravilhosa!

  • Isaura diz: 13 de janeiro de 2013

    Adorei seus comentarios, mas a partir de Montevideo como fazer para chegar a Punta. O onibus é na rodoviaria? O taxi seria uma boa opcão?
    Aguardo sua resposta pois pretendo passar o Carnaval em Punta.
    Onrigada

  • Fernanda diz: 21 de janeiro de 2013

    Meninas! …fiquei sem resposta!…7 de janeiro, acima do Augusto q foi respondido!
    continuo no aguardo, ta’?

  • Yuri diz: 22 de julho de 2013

    quais sao os onibus de pta del diablo para cabo polonio e depois de cabo polonio para la pedrera? nos sites das empresas nao encontro essas linhas, para ver a tarifa e os horarios. tem toda hora esses onibus?

  • Cristian diz: 5 de agosto de 2013

    Oi Clarisse, acabei de ler o teu post para relembrar minha trip pro Uruguai e me vi numa foto! Que baita coincidência!
    Parabéns por este trabalho, acabei de recomendar o link para uma amiga que está interessada em conhecer esses lugares.

  • Cristian diz: 9 de agosto de 2013

    sem camisa de boné e óculos no canto inferior direito da foto no bar com toldo vermelho e branco. Te mandei e-mail mas não sei se ainda tá ativo. Vi num post teu.

  • Pedro Schneider diz: 15 de abril de 2014

    Olá, troquei santa catarina por esse lugar !
    calmo, agitado, td mto mais barato, as praias as ondas as festas as cervejas nossaaaa que lugar mas estileira. quando falo de punta del diablo ou do forte de santa tereza relaciono com o rosa a 20 anos atras ! muito roots essencia de praia de surfista e muita vibe positiva !
    todos os anos faço uma excursao, com este pessoal da Trips Universitarias ( facebook )

  • Claudia Boscari Ribeiro diz: 20 de abril de 2014

    Eu e meu esposo acabamos de chegar de Punta del Diablo, saímos de Poa na sexta feira Santa e pretendíamos voltar somente dia 22/04, lamentavelmente ontem quando voltamos do jantar no restaurante Panes y Peces, a 30 mtr de onde estávamos hospedados, nossa casa foi assaltada, levaram todo nosso dinheiro, um computador, câmera e celular, sensação horrível …Felizmente foram só danos materiais…Embora o lugar seja mágico não pretendemos voltar tão cedo.

  • maria cristina diz: 19 de outubro de 2014

    ola, vcs se lembram do nome desse lugar que vcs ficaram?? sera q ainda ta la? hehe to procurando por acomodação nessa regiao e seria bom ter algum lugar em vista ja pra nao entrar em furada. desde ja agradeço!!!

  • Priscila Ferreira diz: 29 de dezembro de 2014

    Adorei as dicas sobre Punta del Diablo. Gostaria de saber qual é o valor destes caminhões adaptados para ir pra Cabo Polonio.

  • Priscila diz: 19 de novembro de 2016

    Oi Clarisse, adorei sua viagem para as praias do Uruguai. estamos pensando em passar o réveillon em uma destas 3 praias do Uruguai. Qual das praias você recomenda ficar entre Punta del Diablo e lá Pedrera?

    Obrigada, Priscila

  • Valdemar diz: 4 de janeiro de 2017

    Prezado, estou me me preparando para visitar em fevereiro esse lugar tão lindo descrito por vc, mas tenho algumas dúvidas, ex. Existem postos de gasolina, os bares aceitam o real ou tenho que levar pesos e ainda se é um lugar seguro, existe polícia nas ruas, desde já obrigado.

Envie seu Comentário