Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Alentejo , além mar, além...

29 de julho de 2015 0

Começar a falar de um lugar sempre tem um que de melancolia, dos momentos que lá passamos e dos carinhos que lá deixamos. O Alentejo é mestre neste quesito , nos toca o coração mais que aos outros sentidos mais superficiais. Tem um que de desamparo , de solidão características de uma região de grande extensão e  pouca população. Amplitude que toca do Atlântico à fronteira com a Espanha, espaços de campos banhados de luz pontilhados por oliveiras e corticeiras. Onde a população se concentra em pequenos povoados caiados com janelas emolduradas de azul do céu ou amarelo dos campos.

20150510_222746

User comments

Alentejo

Saindo de Lisboa e cruzando a Ponte 25 de Abril está o Alentejo, região entre a capital portuguesa e a fronteira espanhola, é uma área predominantemente rural, ocupada por extensos olivais e vinhedos. Évora fica na rodovia A6 de Portugal, à uma hora e meia de carro de Lisboa.

User comments

Évora – Templo de Diana

Grande parte dos excelentes presuntos do país e outros produtos de porco vem daqui, assim como a maioria das rolhas do mundo. Os famosos porcos de patas pretas da região, aliás, engordam com os frutos que caem dos sobreiros e azinheiras. Sem falar, é claro, de seus vinhos, de primeira linha. Suas atrações são numerosas, mas muito perto umas das outras.

User comments

Nas estradas os sobreros, de onde se tira a cortiça, montam um cenário de cartão postal combinando com trigais e paisagens campestres. Eu adoro vagar por estradas tranquilas e descobrir cidades que nem sonham ser atrações turísticas, é lá que, na maioria das vezes deixo um pedacinho do meu desejo de retornar.

User comments

User comments

Este foi o caso de Montemor-o-Novo onde escapamos da autoestrada para adentrarmos no coração de um Portugal rural , antigo e genuíno. Não sei muito sobre a cidade , foi uma descoberta casual e prefiro mantê-la assim, um encontro de olhares sem pretensões históricas.

IMG_8118

IMG_8120

IMG_8121

Três imagens de Montemor-o-Novo

A maior cidade da região é Évora, mas todo o Alentejo possui um grande número de cidadezinhas de arquitetura típica, com casinhas caiadas, fortalezas medievais, palácios, igrejas barrocas, resquícios da época romana e até sítios arqueológicos do Paleolítico.

 

User comments

Évora

Ao contrário das metrópoles , que exigem tempo para serem desbravadas, Évora é um bibelô que se encaixa perfeitamente em um passeio de um dia.

User comments

A cidade reúne, em espaço relativamente pequeno, uma incrível combinação de arquitetura romana, gótica e barroca – que fez de Évora Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

User comments

Ruas de Évora

Capital do Alto Alentejo, Évora é dona uma história peculiar, com períodos como importante centro  urbano romano e baluarte fortificado mouro. Ela foi centro da corte portuguesa na dinastia Avis (1385-1580), quando muitos de seus prédios mais interessantes foram edificados.

User comments

 Praça do Giraldo

O centro da cidade é a Praça do Giraldo , mas acho que a atração mais fotografada é o Templo de Diana , resquício do passado romano da região.

User comments

Templo de Diana

Monsaraz é uma cidade amuralhada no topo de um monte, com uma bela vista para a barragem do Alqueva, cheia de casinhas brancas e que ainda mantém intactas as ruas construídas há muitos séculos. Uma cidade cheia de silêncios, ausências e histórias.

User comments

User comments

Cidade e Igreja de Monsarás

Eu tenho uma  especial com a cidade , indiquei para um casal de amigos passarem e conhecerem a região . Pois foram e se apaixonaram, acabaram ficando por lá quase uma semana , estadia esta que acabou gerando um livro de poesias.

User comments

Monsarás

Copio aqui o poema do Celso Gutfreind, que traduz um pouco a alma do lugar :

Silêncio em Monsarás

Chegamos ao silêncio absoluto. O silêncio onde o sino aparece soberano de si e do que não é sino e também resplandecem os ruídos de dentro , melodias que trazem as palavras que tentam sair pelo intestino, dizendo o que foi paz e hoje são murmúrios. Chegamos ao silêncio que expõe nosso barulho.

User comments

Passear sobre a muralha da cidade é uma experiência “elevada”, uma das menores e mais pitorescas vilas do Alentejo, mas que foi o ponto alto da estadia de quase todos que passam por lá!

User comments

Campos do Alentejo

User comments

 Muralhas de Monsarás

Post relacionados

Chiado e Bairro Alto – onde tudo acontece em Lisboa

Lisboa renovada: Cais Sodré , Alfama e Rua Augusta

Para saber sobre roteiros em grupo ou assessoria particulare do Viajando com Arte visite nosso site www.viajandocomarte.com.br

Envie seu Comentário