Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Córsega um paraíso de praia e montanhas

27 de outubro de 2015 0

De longa data queríamos conhecer a Córsega.  Em tempos do real desvalorizado, resolvemos  andar um pouco mais e conhecer também a Sardenha tipo combo, compre 1, leve 2.

Como  “ navegar é preciso”, elaboramos o roteiro  e desembarcamos em  Bastia na Córsega. Não dispúnhamos de muito tempo por isso descartamos a travessia de ferry da França em função da distância e do longo tempo à bordo ( 9 horas ).

248

Bastia

257

Feira local

Começamos a viagem contornando o “Cap Corse”, que é aquela parte que parece um dedo se projetando em direção a França . Aqui a influência Genovesa que durante largo período dominou a ilha, se faz presente nas inúmeras torres que serviam de observação e defesa da costa. A “corniche’, estrada  que vai  serpenteando por  todo o litoral, algumas vezes nos passa a impressão que vamos mergulhar no mar . A costa é bem escarpada , via de regra a estrada é no alto e as pequenas cidades portuárias são lá em baixo com sinuosas  descidas para chegarmos.

 

262

Corniche .

276

O que ver aqui vai do gosto de cada um . As pequenas cidades são todas cinematográficas ,sempre com uma parte mais antiga ,a marina e, em  algumas  com a torre guardando a entrada do Porto .Eu recomendaria  Erbalunga, Centuri e Nonza  sem medo de errar. As estradas por conta do terreno  em muitos casos são bem estreitas e sem acostamento. Um eixo  rodoviário central corta a ilha e ali já são mais retas e com mais recursos.

266

Torre

274

Centuri

259

Erbalunga

283

Nonza

Depois do Cabo Corso, fomos sempre por estradas vicinais até Calvi  que,  segundo uma das versões da história e do monumento na cidade , é  terra natal de Napoleão .Uma bela cidade, com a característica marcante da cidadela murada junto ao porto e a cidade moderna crescendo ao seu redor .

290

Calvi .

Em Setembro ainda é bem quente  . As praias  mais bonitas ficam no  sul da ilha. Cruzamos  pela reserva natural de Scandola onde os apreciadores do trekking tem inúmeras opções  para explorar . Fizemos uma breve trilha até a praia de Tuara e depois  Girolatta. Nosso destino ali era a pequena vila de Porto para visitarmos as Calanques de Piana.

297

Tuara

355

341

C alas de Piana      -

324

Le coucher du soleil Porto.

No outro dia pela manhã, pegamos um barco  que nos levou a um bonito passeio para a visualização das Calanques ( Calas ) . A cor da água é inacreditável  . O melhor seria conhecer por terra  mas isto demandaria no mínimo um dia de caminhada, tempo que não tínhamnos  . De Porto, cruzamos o maciço central da ilha e fomos para o outro lado até outro endereço famoso,PortoVecchio .O cenário cinematográfico não muda . Ali segundo várias opiniões está uma das praias mais bonitas da Córsega, Palombaggia .

Ilhas - 2015 1146

Palombaggia

Já estávamos a 30 km de Boniface e dela  mais 12 km por ferry até a Sardenha . A ilha toda é  um grande jardim florido. A culinária é a mais fraca de todas as regiões que andamos na França, em compensação os queijos, embutidos e, sempre o vinho, em tempos “bicudos” fazem do  sanduíche uma festa .

487

Happy hour

Boniface , cidade construída sobre as falésias, sem dúvida é a mais bonita da ilha, tanto por sua geografia peculiar quanto por seu entorno de aguas transparentes e  ilhas na volta  . É imperdível um passeio até as Ilhas Lavezzi ( 30’ de barco ) Na Córsega  a sensação   é de um ritmo mais tranquilo  sem o stress de cidades grandes, com a vantagem de que tudo funciona perfeitamente .

397

384

Boniface

382

Visitando a história

Ilhas - 2015 1257

Ilhas Lavezzi

403

transparência das aguas

477

Gruta

No próximo post, contarei a  parte da Sardenha que vimos. Pouco diante do que não  conseguimos olhar por conta do pouco tempo .

Para quem gostou deste post e quer informações sobre viagens em grupo ou assessoria privada :

www.viajandocomarte.com.br 

Envie seu Comentário