Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Descobrindo novos caminhos no Peru : Deserto de Paracas

17 de abril de 2018 13

 

IMG_3637

Depois de conhecer , Lima, Cuzco, Machu Picchu e o Vale Sagrado e ter simplesmente se apaixonado pelo Perú, queríamos mais,  nossa vontade era ficar e poder explorar todos os recantos deste país que dá lições de como receber bem as pessoas. É importante relatar para vocês o tamanho da hospitalidade deste povo que é humilde sem ser servil e ao mesmo tempo tem orgulho de ser peruano. Cada vez que volto ao Peru eu fico mais encantada, seja pela beleza natural, pela história do seu povo, das suas antigas crenças pagãs, e sobre tudo pela sua autenticidade.Dos muitos  lugares que tenho andado por aí dificilmente encontrei uma cultura tão genuína.. Quando a gente anda pelo Vale Sagrado, aquele povo colorido, as mulheres carregando as crianças em panos coloridos nas costas, não estão ali para serem vistos pelos  turistas, as pessoas estão somente levando sua vida da mesma maneira que seus ancestrais incas faziam.

Nesta viagem exploratória colocamos Paracas no nosso roteiro. Paracas fica na beira do Pacífico a 250 km ao sul de Lima e de lá saem 2 ou melhor 3 passeios imperdíveis.

O primeiro e mais famoso sai precisamente da cidade de Pisco, que fica uns 20km de distância de Paracas, Do aeroporto de Pisco saem os voos que sobrevoam as famosas linhas de Nazca, você não está lembrando das linhas de Nazca? Lembra daquele livro “Eram os Deuses astronautas?” Pois este livro questionava se aquelas figuras enormes feitas no deserto não teriam sido feitas por seres de outro planeta.A verdade é que até hoje nenhum estudioso chegou a uma teoria conclusiva de como foram feitas, o que se sabe é que elas estão  lá intocadas há pelo menos 1500 anos.São figuras enormes de macaco, colibri, condor ( a maior de todas com 360metros),aranha, além de muitas outras linhas que se assemelham a campos de pouso. A visão destas misteriosas figuras no meio do deserto é impactante. Os voos são feitos em aviões Cesna que levam até 12 pessoas, e leva uns 30 minutos de Pisco até chegar nas linhas de Nazca.

Decolando a bordo do Cesna em Pisco. Depois de 30 minutos de vôo chega-se as famosas Linhas de Nazca

O vôo é tranquilo, pois no deserto o céu é quase sempre azul, mas confesso que, quem tem estômago delicado é complicado, pois o piloto inclina muito o avião hora para a direita ora para a esquerda afim de as pessoas possam ver bem as figuras lá embaixo.

E começa o show das figuras, vejam ali o macaco.

O beija flor, uma das mais nitidas.

A aranha.

O segundo passeio, que confesso foi o que mais me deslumbrou, foi conhecer as Ilhas Ballestas, conhecidas como as Galápagos do sul.

Nossa lancha saiu do Hotel Paracas – http://www.libertador.com.pe/pt/2/1/5/paracas-hotel, que aliás é um espetáculo! Vou falar mais sobre ele na sequência. Nossa primeira parada na lancha foi depois de 10 minutos, quando deparamos com uma imensa figura como que entalhada na pedra de um morro, a figura conhecida como “Candelabro”. Existem teorias que dizem que o candelabro tinha a função de um farol, sinalizava para os navegadores a proximidade da terra.

Saindo do pier do Hotel Paracas

O enigmático “Candelabro”, seria como um farol para os antigos navegadores?

Seguimos de lancha por mais uns 20minutos até chegarmos nas Ilhas Ballestas, são várias ilhotas de pedra onde não se pode descer, e o interessante e lindo é que as ilhas são cobertas de pássaros de muitas espécies, pinguins e leões marinhos. É um verdadeiro santuário ecológico, eu só tinha visto uma cena parecida na National Geographic, as aves deram um espetaculo, aquelas revoadas com milhares de pássaros, ver os leões marinhos a 1metro de distância, foi muito legal, foi inesquecível.

Chegando nas Ilhas Ballestas

Várias grutas com muitos ninhos.

 

muitos leões lagarteando ao sol.

Conhecer estas  ilhas foi de verdade uma experiência marcante.

Nosso terceira aventura foi no deserto. Saimos à tardinha em camionetes 4×4 em direção ao deserto. O famoso rally Paris / Dakar que agora acontece nesta região . Então já viu né? A gente se sentiu fazendo parte da corrida mais glamorosa das areias.

O famoso rally Paris / Dakar que agora acontece nesta região.

Eram dunas muuuito altas e nossos motoristas aceleravam e faziam umas curvas bem radicais, uma dose de adrelalina na medida certa.

Depois de uma parada estratégica para ver o sol se por lindíssimo como só no deserto, seguimos em direção do leste, quando para a nossa surpresa a camionete da frente parou sobre a crista de uma duna e quando nos aproximamos tivemos a visão do que nos aguardava.

 

Alto astral contagiante

Até que deparamos com este acampamento nos esperando….

Champanhe, vinho, espetinhos, quitutes peruanos e música, o que poderámos pedir mais?

Como vocês puderam ver o Perú tem infinitas possibidades de lugares para todos os tipos de turismo. Citei aqui 3 passeios bárbaros que conseguimos fazer em apenas 2 dias.

Deixo vocês aqui com umas imagens deste verdadeiro oásis no deserto – o Hotel Libertador Paracas! Adios!

 

Se você gostou deste post e curte dicas de viagem, arte, restaurantes e afins, curta a nossa página Viajando com Arte no Facebook:

 https://www.facebook.com/pages/Viajando-com-Arte/121374657937187

 

Trilhas nos Pirineus - para descobrir uma outra Espanha

12 de abril de 2018 0

Faz um ano eu vi uma foto das formações dos Mallos e Riglos quando estava pesquisando sobre trens na Europa e desde lá fiquei com esta ideia fixa , queria ir para a região dos Pirineus espanhóis. Eu já conhecia a região dos Pirineus  francêses mas a perspectiva de cruzar a fronteira e descobrir o que estaria por trás daquelas montanhas lindas me capturou a imaginação.

A Espanha (35)

A Espanha (19)

Mallos de Riglos – Espanha

Foi uma viagem bem diferente , saímos de Barcelona e fomos em direção a Huelva. No caminho ainda veio de lambuja uma passada no Mosteiro de Montserrat. Um lugar lindo , mas como era domingo e estava lotado perdeu um pouco do encanto . Mas acho que vale muito a pena , para quem é mais religioso ou só pela paisagem também.

A Espanha (150)

A Espanha (141)

Santuário de Montserrat

A Espanha (134)

Bom , seguimos para nosso destino por umas três horas por estradas ótimas. As cidades dos Pirineus espanhóis são bem mais rústicas e simples que suas vizinhas francesas. Muitas casas de pedras em vilarejos quase abandonados. Igrejas do século XII e XIII abundam , mas sem indicações mais precisas e muitas fechadas.

   A Espanha (291) Igreja de Panticosa

A Espanha (95)

Chegando a Murillo Gallego , onde estava nossa pousada veio o impacto. Nenhuma foto  retratava o que são estas formações rochosas ao vivo. As mão de Deus poderiam ser seu apelido, algo forte e desconcertante.

 A Espanha (211)

Foto dos Mallos desde a janela da Pousada

Nosso hotel , encarapitado num monte bem à frente nos deixava com a melhor parte, ver suas mudanças de cor conforme o sol caía no horizonte.

A Espanha (246)

A Espanha (239)

A Espanha (212)

Murillo Gallego

 

Murillo Gallego é uma cidade medieval com não mais que 100 moradores, mas fora a dona do hotel e seu ajudante/ namorado francês que sumiu depois da primeira noite , não encontramos mais ninguém .

A Espanha (162)

Mas tudo é encantador , até o campo abandonado onde crescem as papoulas selvagens

A região é toda voltada para turismo de aventura , nas corredeiras é possível fazer rafting, as paredes dos Mallos são o cenário perfeito para o rapel e escaladas, nós ficamos com a trilha que dá a volta no monte.

A Espanha (94)

Partindo da pequena vila ao pé dos morros , subimos todo o caminho pedregoso até o topo e de lá voltamos pelo outro lado. Logo na saída nos deparamos com esta família com duas crianças pequenas, nos motivou a pensar que o caminho seria mais fácil do que o encontramos , ledo engano. As crianças é que tem cruza com cabrito montês e subiram sem nem reclamar!

A Espanha (169)

A Espanha (227)

 

A Espanha (173)

Mallos de Riglos – a vila

Foram umas 3h de caminhada , no inicio uma trilha tranquila e depois com subidas muito íngremes, confesso que duvidei da minha própria capacidade de vencê-las quando olhei para cima a primeira vez, mas como devagar se vai ao longe …

A Espanha (177)

A Espanha (46)

O visual é fantástico e cruzar com o pessoal escalando as paredes é emocionante. Eles desafiam seus limites ao máximo.

A Espanha (149)

Lá pelas tantas encontramos esta placa que dizia, 1:30h para seguir caminho ou voltar pela mesma trilha . Quase demos a volta , mas daí já era uma questão de honra!

A Espanha (190)

A quase desistência

             A Espanha (179)

    Mas o visual compensou o cansaço

 

A Espanha (213)

Aqui o visual desde o melhor hotel da região, o Spa de Mallos de Riglos!

Seguindo em direção a França passando pela estação de esqui de Formigal chegamos as paisagens  dos montes mais altos da região dos Pirineus, ainda com picos nevados. Aqui a ideia era fazer uma trilha , mas nossos casacos não contavam com o frio de 8 graus e só curtimos a paisagem de dentro do carro mesmo. Tudo já iluminado por um sol fraco de primavera.

B França (108)

Fronteira de Portalet

Posts relacionados

Roteiro pelas praias do norte da Espanha: Astúrias ,Cantábria , Galícia e País Basco

Espanha Verde, no Caminho de Santiago de Compostela

Um outro caminho para Santiago de Compostela, praias do norte da Espanha

Roteiro pela França e país Basco – St Jean de Luz – Hondarríbia e os Pirineus

Para saber sobre roteiros em grupo ou assessoria particular do Viajando com Arte visite nosso site www.viajandocomarte.com.br

Indonésia , terra de superlativos

06 de fevereiro de 2018 1

A Indonésia evoca superlativos, o maior arquipélago da terra com mais de 17 mil ilhas, o mais populoso país muçulmano , uma nação transcontinental , com terras na Ásia e Oceania.

IMG_3125

Não precisava muito mais para aguçar o desejo, mas o melhor estava por vir. No convite estava incluída a estadia no Nihi Sumba Island, que ganhou por dois anos seguidos (2016 e 2017) o prêmio de melhor hotel do mundo pela renomada publicação turística Travel and Leisure, a aventura estava coroada .

IMG_3838

Chegar à Indonésia e como emergir em um mar de culturas que, misturadas criaram um melting pot único e saboroso. .

São tantas ilhas formando um petit pois de pontos escuros num oceano profundamente azul e tépido, assim é o Oceano Índico. E no interior cursos de água abertos em meio à plantações de arroz, como veias numa mata tropicalmente verdejante que seguem o traçado da linha do Equador.

IMG_3692

IMG_3696

Um país de diversidade , ao mesmo tempo o maior país muçulmano do mundo , com seu núcleo em Java , convive com o universo hinduísta e espiritualizado de Bali e com o animismo primitivo de Sumba.

IMG_3892

Sumba traz sua verdade, e não se entrega em luzes cristalinas. Surpreendentemente revela uma comunidade cristã em meio a construções tribais de torres chamadas Menara , onde eles acreditam viver seus antepassados. Criam búfalos e pequenos cavalos que são o troféu dado como iniciação aos meninos na puberdade. O artesanato tem uma riqueza única, em objetos rituais feitos de ossos e conchas, peitorais quase como cocares invertidos.

A vida mantém intacta sua vocação em um sistema de castas ancestral que identifica mas não descrimina.

IMG_3959

IMG_3778

É nesta comunidade que está o Nihi Sumba Island , numa ilha duas vezes maior do que Bali um único complexo que além de oferecer todo o conceito de sustentabilidade em sua construção e funcionamento , ainda prepara a população local para trabalhar em quase todas as funções no hotel , mantém uma fundação que abre poços artesianos , alimenta as crianças da região e está erradicando a malária na ilha.

IMG_4357

Tudo aqui fala sobre luxo despretensioso, pés descalços mesmo, focado na experiência e no serviço, sem nenhuma ostentação. Cada vila é decorada com o artesanato local e prima pela privacidade total.

IMG_3932

Cada cantinho é pensado nos mínimos detalhes, os banheiros tem duchas ao céu aberto e banheiras com vistas estonteantes. Tudo convida ao romance e não é à toa que o Nihi Sumba é um dos hot spots para lua de mel no mundo.

IMG_3853

E as experiências!! Nihiwatu é famosa pelas suas ondas perfeitas para o surf e este é um dos pontos altos da estadia, mas cavalgar em uma praia virgem de águas cristalinas ao por do sol , fazer um safári SPA com todos os tratamentos de frente para o mar em total privacidade não deixa ninguém triste por não saber surfar!

IMG_4264

Para além de praias intocadas está a floresta rica e densa, macacos espiam com curiosidade, aldeãos copiam motivos naturais em panos e sarongs. E no mar golfinhos que nadam livres num mar tépido e cristalino, junto com seu maior competidor, o surfista.

IMG_4102

 

Um idioma nacional congrega, e os dialetos de cada ilha mantém viva a tradição e as diferenças.

IMG_3560

Em Bali, em todos os dias do ano se está celebrando algum deus, de algum templo e as festas abundam . A religiosidade é uma espécie de inscrição de pertinência. E a responsabilidade de manter a tradição cabe ao homem da família, que também recebe toda a herança. Meninas são “dadas” à família do marido e não tem direito ao patrimônio paterno .

Bali alimenta seu legado, e em Ubud chega a ser proibida a construção de qualquer Igreja cristã ou mesquita islâmica , para não macular o hinduísmo vigente.

IMG_3482IMG_3493

Todos têm templos em casa, na comunidade e na confraria profissional. Sustentam e oferecem seu tempo à manutenção da espiritualidade.

IMG_3235

 

A natureza é profícua, flores são usadas em oferendas e se oferecem belas e perfeitas. Frangipani é a flor onipresente, mas não faltam bouganvilies, flamboyants, jasmins e todas as espécies de tumbérgias azuis e brancas, formando cortinados pendentes.

Apesar do trânsito caótico, com motorbikes cruzando em todas direções a natureza parece desdenhar e se manter virgem e exuberante.

É uma terra tão rica em diversidade quanto em sensações , cores, reflexos e aromas.

IMG_4375

A gastronomia é tão diversificada quanto a mistura de raças e religiões, mas a pimenta reina soberana junto com o arroz! Patos , porcos e peixes complementam o cardápio, misturando sempre sabores ácidos e adocicados! Coco e tamarindo , são ingredientes que dão o toque inusitado criando uma nova paleta de sabores.

IMG_4385

A selva se oferece abundante, jacas, mangas, mangostins e lichias, o paladar também vai aprender.

IMG_3220

Bali leva nosso pensamento para a beira da praia, mas é no interior que está sua maior beleza, em Ubud desbravamos cachoeiras , terraços de arroz e alcançamos vulcões que ameaçam e encantam ao mesmo tempo. A atenção com o corpo faz parte da cultura e a delícia de um SPA que nos cuida por inteiro encontramos no Como Shambala Estate.

IMG_3563

As praias são a parte mais desenvolvida e cosmopolita da ilha.

IMG_4485

A história da Indonésia tem sido influenciada por poderes estrangeiros atraídos por seus vastos recursos naturais. Na Era dos Descobrimentos vieram os ocidentais, em busca das famosas especiarias. Portugueses, ingleses e por fim os holandeses que colonizaram batizaram Jakarta como Batavia e custaram até o século XX para sair.

Hoje as influências são de povos diversos, australianos, chinêses e até brasileiros figuram numa longa lista! Mas são assimilados como parte de um país que se orgulha de sua diversidade.

Terimakasih!

IMG_3839

Agradecer de uma forma suave e acolhedora em barassa significa :recebe meu amor.

 

 

 

Quartos onde a vista é toda sua

23 de dezembro de 2017 0

O maior luxo que se pode ter é disfrutar de uma linda vista com toda a privacidade.

São estes oásis de beleza e bem viver que separamos de presente para vocês. Escolha o seu QUARTO com VISTA e peça de presente neste Natal.

4 Shangai (225)

The Península Shangai – Xangai , China

Uma das mais belas vistas de Pudong da janela do seu quarto!

Para não precisar sai à noite e curtir um jantar a dois.

 

deserto (49)

Kasbah Hotel Tombouctou – Merzouga Desert , Marrocos

O deserto entra no seu quarto , com o conforto do silencio e das noites estreladas

IMG_0563

Parador Casa da Montanha – Cambará do Sul , Brasil

Um quarto que já inclui aventura e todo a beleza dos canions do Rio Grande do Sul.

São tendas com charme e estilo acampamento luxo. O quarto é um convite ao romance .

IMG_3077

Como Uma Ubud – Bali , Indonésia

Vegetação exuberante e misticismo num dos lugares mais espiritualizados do mundo.

Privacidade de uma piscina só sua. Para pedir muito pouco depois disto.

IMG_4830

Marina Dubai – Dubai , Emirados Árabes

Para os amantes da modernidade , conforto e luxo.

IMG_1443

Le Prés d´Eugenie Michel Guerrard – Eugénie le Bains , França

O quarto vem com a beleza da pequena vila e as delicias de um chef de cozinha que é o dono da incrível propriedade.

IMG_4786

Taj Hotel – Maldivas

Dispensa comentários, o melhor chuveiro com escolha do banho , doce ou salgado?

IMG_5152

Oberoi Amarvillas – Agra, India

Ter o Taj Mahal somente para você, um privilégio que não tem preço. Para sonhar com as mil e uma noites.

IMG_9829

Eolo Patagônia Spirit – El Calafate , Argentina

Com as extensões sobre-humanas da Patagônia argentina, um hotel fazenda como um quadro só para você.

IMG_3734

Nihi Sumba Island – Sumba , Indonésia

A sacada com banheira do melhor hotel do mundo , eleito pela Traveller & Leisure. Este é covardia.

IMG_6778

Hotel Belmond La Residencia – Deya , Mallorca

Uma vila medieval só sua , para curtir a privacidade de casa com serviço de hotel.

IMG_1501

Chateau de Mercus – Cahors, França

Um castelo , uma vila que parou no tempo e uma vista que te faz sentir a verdadeira Rapunzel.

IMG_3563

Como Shambala State – Bali , Indonésia

De frente para os terraços de arroz , para limpar o corpo e a alma neste spa perfeito.

Sri Lanka, uma viagem de experiências e aventuras

11 de dezembro de 2017 0

Voltar ao Sri Lanka e ser abraçada pela generosidade do povo cingalês é uma das primeiras sensações que nos toca!

A sua gente tem uma ingenuidade forjada pela sua longa história de miscigenação que salta aos olhos e aos ouvidos.

Aqui todas as culturas, raças e religiões convivem em harmonia! E voce se sente acolhido e bem vindo desde o primeiro instante.

IMG_E5931

Meninas saindo da escola

 IMG_5055

Templo Hinduísta em Colombo

Mas é na variedade de experiências que reside a magia do país.

Oito sítios que são patrimônio da humanidade protegidos pela UNESCO convivem nesta ilha três vezes menor do que o estado do Rio Grande do Sul. Dentre estes uma variedade que vai de florestas e berçários de elefantes asiáticos até sítios arqueológicos e templos budistas e hinduístas.

IMG_5560

Templo Hinduísta em Matale

Os elefantes asiáticos são uma dos ícones do país, menores e mais graciosos do que os africanos, fazem uma coreografia à beira de enormes lagos , com seu andar cadenciado e sua figura entre gigantesca e delicada.

Os safáris são brindados com dezenas de animais encontrados livres na natureza! Um privilégio.

IMG_5101

Carros de safari de elefantes

 

IMG_5160

Grupos de elefantes a beira do Lago de Mineryia

IMG_5633

Pintura no Palácio de Kandy

Histórias de invasões de povos do Norte, vindos do vizinho mais próximo,a Índia,  são uma constante desde o épico hindu Ramayana, que até hoje norteia a arte e os padrões mais elevados de respeito e educação.

IMG_5073

Colombo – capital administrativa

Nesta linha encontramos ruínas de antigas capitais construídas com alto grau de sofisticação. Polonarwa abriga estupas milenares cobertas de um limo respeitoso mantido pelo ainda baixo afluxo de turistas!

Local sagrado para budistas e hinduístas, mantém belos exemplares de budas gigantescos preservados ali por mais de mil anos.

IMG_5422

Ruínas de Polonarwa

Um colosso encantador ainda a ser descoberto.

IMG_5450

Estupas de figuras ilustres do budismo

Mas o mais impressionante de todos os monumentos fica bem no coração do país , Sigiriya é a rocha do leão, ali numa elevação radical foi construída uma fortaleza criada por uma disputa fraterna pelo trono real no início do século X.

Uma lembrança vem à memória enquanto subimos seus mais de 1300 degraus, Machu Picchu a cidadela sagrada dos incas no Peru! A preservação e o isolamento são os mesmos e no topo, vestígios de um palácio sagrado.

IMG_5320

A rocha de Sigiriya vista da planície

IMG_5359

Ruínas do Palácio de Sigiryia

Passando pelo templo mais adorado, por conter a relíquia sagrada do dente de Buda na última capital unificada antes da tomada dos ingleses, Kandy. A cidade guarda uma beleza meio decadente e lá acontece o maior festival cultural do Sri Lanka, onde dançarinos e elefantes decorados tomam as ruas numa celebração que dura mais de uma semana.

IMG_5532

 

Templo em Matale

IMG_5670

Oferendas ao dente de Buda em Kandy

Já nas montanhas encontramos o maior legado britânico, as plantações de chá que trazem um traçado regular e gracioso.

Aqui nossa experiência mais instigante, participar da colheita com as mulheres tamil, as responsáveis pelos trabalhos mais delicados nas plantações.

IMG_5864

 Plantações de cha em Nwara Eliya

IMG_5803

Moça da etnia tâmil colhedora de chá

O chá do Ceilão é uma marca que nem a mudança de nome do país  conseguiu apagar, o antigo nome se mantém vivo em cada embalagem que o Sri Lanka exporta.

IMG_5808

Experiência colhendo o chá

Chegamos ao extremo sul pelas linhas férreas, os trens por aqui transportam gente e carregam sonhos de muitas gerações. São um microcosmos de tipos e experiências, vale uma  viagem!

IMG_5915

 

Vagão privado

IMG_5884

Nossa experiência aqui foi num vagão privado que lembrava os períodos de colonização.

IMG_E5897

 

Pelos trilhos

IMG_E5881

Galle é a parte mais cosmopolita do país! Uma fortaleza com traços portugueses e holandeses e que hoje é o bastião mais charmoso, repleto de cafés e lojinhas transados e com um por de sol incrível nas ramparts viradas para o transparente Oceano Índico.

IMG_6016

Nas beiradas da muralha

IMG_6039

Hotel Galle Fort

Suas praias enfeitadas por pescadores originais e inesperados em suas estacas, são um convite ao dolce far niente. Ops, os italianos não andaram por aqui, mas os europeus em geral estão descobrindo em massa as belezas desta terra.

IMG_6049

Pescadores de estacas

Passamos por intempéries , pequenos acidentes de percurso e muitos momentos inesperados!

Andamos de ônibus, trem , tuk tuk em estradas que dividimos com crianças uniformizadas indo para escola, patos e galinhas e até elefantes desgarrados. Caminhamos muitos quilômetros em subidas e descidas mas acima de tudo nos deixamos envolver pela aura de outros tempos que permeia o ambiente!

IMG_5850

De tuk tuk pelas plantações de chá

Foi uma experiência transformadora e única em seu ineditismo e originalidade.

 IMG_5950

 Colegial na janela do trem