Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Povos irmãos

05 de setembro de 2016 0

Hoje é dia do irmão e esta ideia me inspirou a pensar neste conceito, mais profundo do que o do sangue , da semelhança.

 

        IMG_5736

Família indiana no Rajastão

Irmão é aquele que me completa,  me rebate e me inspira a dar o melhor de mim. Não busco no irmão o gêmeo , aquele espelho que divide comigo o destino.

Minha expectativa está pronta a ser superada, modificada  encontrando novos sentidos e significados para minhas verdades. Nem toda a russa é loira e linda , nem todo italiano galanteador, na Asia encontramos povos espiritualizados como a Índia mas também o Vietnam, um dos mais descrentes de todos.

 

 IMG_6516

Modelo Uzbek

Russia com Arte - Interior 210

Matrona Russa

Por isto procuro irmãos no mundo , nas diferenças de costumes, religiões e crenças. Busco irmãos nas diferentes etnias, latitudes e fusos horários. Irmãos que mesmo em outros idiomas compreendam o valor universal do sorriso e do gesto amigável.

IMG_4218

Professora com seu filho no Laos

Quero irmãos que aprendam a minimizar dores e apreciar diferentes estágios de crescimento. Que vejam na alegria dos outros fonte de estímulo e nunca de rancor e inveja.

egito com arte 073

Meninas na mesquita de Alabastro no Cairo

Uma irmandade simplesmente humana, sem juízo de raças ou credos. O domador de elefantes na Tailândia na sua cumplicidade telúrica com os animais não é mais inspirador do que a moça uzbek em trajar estampado rumo a mesquita. Quero poder aprender com a sabedoria de cada um, sua história e seu valor intrínseco.

IMG_2773

Domador de elefante tailandês

As bizarrices ou originalidades de uns podem ser a porta aberta ao diálogo e ao entendimento de nossas próprias dúvidas. O que se passa pela mente de um cameleiro que guarda a entrada de uma pirâmide milenar? Esta dimensão do tempo esta presente na sua consciência ? E a cultura que ele personifica para nós , faz algum sentido na vida dele?

blog2

Cameleiro na pirâmide escalonada no Egito

Todos vamos levar conosco as coisas nenhumas que nos pertencem , mas vamos deixar as relações que fizemos , a teias que tecemos. Vamos parar para olhar o outro além de sua casca exterior que nos diferencia, buscar o mais profundo que nos aproxima .

IMG_2884

Minorias tailandesas

Olhar para irmão de outras culturas de outras historias nos ajuda a entender melhor este mundo que ficou tão pequeno e as vezes tão ininteligível.

IMG_5801

Patriarca da Igreja Ortodoxa Russa

Vamos criar irmãos , tramar novas alianças seja com vizinhos ou com outras culturas. Todos temos o futuro nas solas de nossas botas e no amor que injetamos nas nossas relações.

Para saber mais sobre nossas viagens em grupo ou roteiros sob medida visite o site

www.viajandocomarte.com.br

 

Passeios pelas origens de Gramado: Linha Ávila

02 de setembro de 2016 0

Não canso de buscar passeios alternativos nos finais de semana. Por isto sempre que subo a serra não me contento em ficar naquele programa básico e batido de lojas do centro ou caminhadas pelos arredores. Canela e Gramado são lindos , organizados e tem ótima gastronomia mas podemos aproveitar muito mais com um pouquinho de disposição e espírito desbravador.

IMG_5461

Nossa última descoberta foi a Linha Ávila, que se divide em Alta e Baixa. Logo na entrada está o Restaurante Sabor Rural, a propriedade do Sr. Henrique fica há uns três quilômetros  do centro de Gramado e é mantida com muito capricho pela família Fioreze.  

 A estradinha para chegar até lá é um convite ao devaneio. 

São tobogãs de hortências azuis em vários tons, gerânios vermelhos em profusão e araucárias centenárias coroando o cenário.

O Sabor Rural faz parte de uma propriedade maior que abriga os chalés Fioreze e oferece cabanas para o final de semana.

 

 

Seguindo pela estrada logo nos deparamos com um campo repleto de pequenos totens de pedra, esta é a senha para a entrada do Sitio dos cogumelos , que não tem placa de identificação mas que vende cogumelos direto da plantação , se é que é assim que se chama esta produção.

IMG_4367

São três tipos de cogumelos, o Paris, Shimeji e o Rosa , fresco e deliciosos. Não resisti e comi cru ali mesmo.

IMG_5487

IMG_5474

Além disto tem uma plantação de flores comestíveis e o sítio todo é muito bem cuidado e lindo. Uma alento ver um meio de vida tão sano e próximo a natureza.

IMG_5478

Seguimos para Linha Ávila Alta com uma bela vista da cidade de Gramado ao fundo. A estradinha fica mais estreita e logo adiante já não é mais asfaltada. Muitas plantações de morando , pomares e pequenos lagos pela frente.

IMG_5465

Tudo conspira para limpar a mente e os pulmões, ar puro , poluição visual zero. Aqui da para deixar o carro e partir para uma caminhada já na parte mais baixa. Nesta época do ano as glicínias floridas são um cartão postal em cada jardim , mas elas tem a duração da borboleta , portanto corram!

IMG_5491

Mas a primavera é rica em sabores e cores. Ipês pintam os céus de cor de rosa e muitas belezas se enfileiram pelos caminhos.

IMG_4410

Num tempo de tristezas e falta de perspectivas a gente precisa se nutrir de afetos e imagens simples.

IMG_5468

Se você gostou deste post e quer saber mais sobre viagens em grupo ou roteiros sob medida conheça nosso site :

 www.viajandocomarte.com.br

 

 

 

Vietnam da cor , luz e tradição em Hue e Hoi An

27 de agosto de 2016 0

Quatro grandes filosofias e religiões estão na base da vida religiosa e espiritual do povo vietnamita: o Confucionismo, o Taoísmo, o Budismo e o Cristianismo. Ao longo dos séculos, Confucionismo, Taoísmo e Budismo fundiram-se com a crenças populares chinesas e o antigo animismo vietnamita, para dar vida àquela que por todos é chamada de “Tam Giao “(“tríplice religião”).

IMG_0446

Hoi An

Mas o mais significativo nos dias atuais é que quando perguntada , 80% da população do pais se diz sem uma religião. É o maior indice mundial deste tipo de comportamento a-religioso.

Uma das regiões mais tradicionais no Vietnam é a região central onde localiza-se Hoi An e Hue.

IMG_0154

Casal pousa com lanternas em Hoi An

Hue foi a capital Imperial do Vietnam e guarda um Patrimônio Universal da UNESCO em uma cidade Imperial semelhante a Cidade Proibida de Pequim.

IMG_4181

Cidade Imperial de Hue

Como está situada na fronteira entre a região norte e sul foi palco de muitas batalhas durante a Guerra do Vietnam, e teve uma parte de sua herança destruída.  Na Ofensiva do Tet de 1968, a cidade sofreu danos consideráveis​​ e sua população sofreu baixas e danos físicos.

IMG_4213

Palácio Imperial de Hue

Após a conclusão da guerra, muitas das características históricas da cidade foram negligenciadas , consideradas como “relíquias do regime feudal”. A doutrina do Partido Comunista vietnamita descreveu oficialmente a dinastia Nguyen como “reacionária” o que acabou preservando o legado histórico , relegado a segundo plano. Desde então, houve uma mudança de política e  muitas áreas históricas da cidade estão sendo restauradas.

IMG_0015

O Rio Perfume banha a cidade de Huế  por onde desfilam muitos outros monumentos, incluindo os túmulos de vários imperadores  e também o notável pagode de Thiên Mụ, o símbolo oficial da cidade.

IMG_4343

IMG_0088

Tumba do último Imperador

DBYS3665

Barqueiros do Rio Perfume

A culinária vietnamita tradicionalmente apresenta uma combinação de cinco elementos fundamentais: picante (metal), azedo (madeira), amargo (fogo), salgado (água) e doce (terra). Os pratos comuns da culinária do país incluem o molho de peixe, a pasta de camarão, o molho de soja, o arroz, as ervas frescas, as frutas e os legumes.

A cozinha vietnamita tradicional é conhecida por seus ingredientes frescos, o uso mínimo de óleo , é considerada uma das culinárias mais saudáveis ​​em todo o mundo.

IMG_0312

Vendedora de aves vivas

O arroz, base de tudo, nem sempre está presente em forma de grãos: surge como macarrão, crepes ou em forma de farinha para pães cozidos no vapor. Os crepes são os mais apreciados: os discos finos, hidratados em água morna, tornam-se maleáveis e são recheados com camarão cozido, saladas, ervas e legumes crus.

IMG_4547

No século XIX  os franceses introduziram o café  no país e sua produção disparou desde então. Atualmente o Vietnam é o segundo maior produtor mundial de café, com aproximadamente 14% da produção mundial. Fica apenas atrás do Brasil, cuja produção do estado de Minas Gerais é maior que a produção de todo o país.

IMG_4240

Hoi An é a cereja do bolo na região central do país, uma pequena cidade com praia , bairro histórico e um clima super receptivo. É a cidade das lanternas que colorem a o bairro histórico todas as noites, num clima festivo e alegre.

IMG_4501

Oferendas em Hoi An

Tudo é luz e cor por aqui , desde os barcos iluminados em passeios pelo rio, oferendas em velas acesas vendidas por todo o lado. Mas o mais encantador são as lanternas, de papel colorido , tecido ou palha que enfeitam  a cidade num cenário de manchar a retina para sempre.

As feiras de alimentos são incríveis também, muito próxima do campo e dos produtores tudo é muito fresco e variado. Aqui o passeio de bicicleta pelos campos de arroz também é muito gostoso, cenas de uma vida bucólica nas plantações são abundantes e corriqueiras.

IMG_0215

Cenas nos arrozais de Hoi An

IMG_0212

O passeio pode acabar na beira do rio e ser coroado com um tour de round boat, outra tradição local.

IMG_0261

Nosso roteiro em grupo  para Vietnam , Laos e Tailândia parte em novembro de 2016. Informações (51) 3025.2626 com a Porto Brasil.

Para saber mais sobre viagens em grupo ou roteiros sob medida visite nosso site www.viajandocomarte.com.br

Da série : Eu amo Paris - Pavillon des Canaux, um lugar que você vai querer conhecer.

26 de agosto de 2016 0

Localizado no coração do Bassin de la Villette, no 19º arrondissement de Paris, o Le Pavillon des Canaux, reinaugurado em 2015, é um espaço de intensa atividade.

petit2


Por trás das paredes desta grande maison, cujas fachadas exteriores e interiores foram pintadas pelo artista, grafiteiro – Alexone Supakitch, descobre-se um mundo em movimento.
um café, um lugar onde se pode (realmente) trabalhar em coworking.

Um ponto de encontro amigável para usuários de Internet, mídia de Internet e áreas públicas.

petit5

Onde você pode discutir o mais recente filme em voga ou última conferência TED, até o último episódio do game of Thrones.
A casa tem vista para o Canal de l’Ourq e suas casas flutuantes, Le Pavillon é bonito, colorido e pacífico.

petit4

Os funcionários te recebem com um sorriso em uma grande sala que parece uma casa de bonecas – Na decoração eclética, poltronas petit pois, móveis diferentes e coloridos, louças charmosas, plantas e até uma gaiola.

Grandes mesas de madeira para um grande grupo, ou você pode subir e jantar na sala de estar, no quarto-de-rosa ou até mesmo no banheiro.

pavillondescanaux-brunch-paris

O brunch servido aos domingos é uma delicia.

Em um dia ensolarado, a pedida é sentar na rua.

 

Se você curtiu este post, pode também visitar nossa página no Facebook – Viajando com Arte ou conhecer mais do nosso trabalho através do site : www.viajandocomarte.com.br.

O Vietnam não é apenas uma guerra

24 de agosto de 2016 0

Quando se fala em Vietnam, a primeira coisa que vem no pensamento é a guerra. Mas percorrendo o Vietnam, o que a gente descobre é um país de muita beleza e paz.

Um país onde o passado inspira o presente. E onde, logo percebemos que tudo está mudando muito rápido.

CQSC1688

No caminho , um grande desafio: se transformar num  país moderno sem perder a delicadeza.

IMG_3236

Palácio do Governo Hanoi

Hanói é uma cidade multicultural onde a Ásia tem um toque europeu. Repleta de referências ao período de colonização francesa da Indochina, mas também aos mil anos de dominação chinesa, a cidade é uma miríade de informações. Precisamos de um tempo para absorvê-la , enxergar além da casca de fios emaranhados e fachadas desgastadas. Tudo pulsa e os odores se misturam.

IMG_3310

Templo da Literatura – Hanoi

Como capital guardou a arquitetura francesa em prédios coloniais bem conservados e seu passado mais recente no Mausoléu de Ho Chi Min marca a relação com o comunismo da URSS.

IMG_3291

Mausoléu Ho Chi Min

Existem 44 milhões de motos no Vietnã. Só na cidade de Ho Chi Minh são 6 milhões de motos para 9 milhões de habitantes. Eles transportam tudo nelas!

IMG_3374

IMG_3535

Ruas de Hanoi

As casas são extremamente finas e altas, porque lá você paga mais imposto se a casa for larga.

Todos, desde homens, mulheres e crianças sentam em bancos minúsculos e bem baixos. Se não tiver banco também não é problema, eles sentam da mesma maneira na rua ou calçada. E comem todo o tempo e em qualquer lugar , a comida de rua é uma instituição nacional.

IMG_3391

O Vietnam tem 7 monumentos listados como Patrimônio da Humanidade pela Unesco mas é Halong Bay, com suas mais de 1600 ilhas , seu patrimônio natural mais conhecido. Imperdível apesar de superlotada de barcos e turistas.

IMG_3673

Halong Bay

Uma paisagem única que que se eleva a um plano quase sobrenatural . Passar uma noite ali para aproveitar a calmaria do entardecer é imperativo.

IMG_9574

Dragon Boat

Os barcos são muitos , para todos os gostos e bolsos! Nossa escolha foi o Dragon Boat e não nos decepcionou. Cabines grandes e super confortáveis , almoço belíssimo no deck e serviço ok.

IMG_3565

IMG_9528

Para os mais bem preparados um passeio de caiaque também é muito recomendado.

IMG_9589

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Halong Bay

IMG_9562

 

O Vietnã é barulhento. O Vietnã é colorido. O Vietnã tem um povo simples, que te recebe com certa parcimônia mas que ao segundo olhar te ve como um velho amigo. Um povo que apesar de toda uma história de sofrimento, decidiu olhar pra frente.São quase 90 milhões de pessoas vivendo nesse pequeno tigre asiático que corre firme atrás do desenvolvimento.

Se você deseja explorar estas paisagens in loco , estamos com um grupo programado para a Indochina em novembro de 2016. Informações (51) 3025.2626 na Porto Brasil.

Para saber mais sobre viagens em grupo ou roteiros sob medida visite nosso site www.viajandocomarte.com.br