Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Café Literário"

5 Filmes que vão deixar você louco para viajar

20 de setembro de 2018 0

Dica-de-filme“Diários-de-Motocicleta”-do-diretor-brasileiro-Walter-Salles

Se você sofre do mesmo mal que eu – vontade crônica de viajar, não precisa ver nada para aumentar ainda mais o seu desejo, mas resolvi fazer uma lista de 5 filmes inspiradores, que vão fazer você viajar sem sair do sofá e depois ir correndo para o computador comprar uma passagem.
confere aqui:

 

1- Diários de motocicleta

https://www.youtube.com/watch?v=RWBsQArUkQY

Sinopse:

Che Guevara (Gael García Bernal) era um jovem estudante de Medicana que, em 1952, decide viajar pela América do Sul com seu amigo Alberto Granado (Rodrigo de la Serna). A viagem é realizada em uma moto, que acaba quebrando após 8 meses. Eles então passam a seguir viagem através de caronas e caminhadas, sempre conhecendo novos lugares. Porém, quando chegam a Machu Pichu, a dupla conhece uma colônia de leprosos e passam a questionar a validade do progresso econômico da região, que privilegia apenas uma pequena parte da população.

 

2 – Na natureza selvagem

https://www.youtube.com/watch?v=0YBDpPIhEYo

Sinopse:

Baseado na história real de Christopher McCandless, que aos 22 anos de idade resolveu se aventurar em meio à natureza, o filme Into the Wild é mais que uma simples crítica para nossa sociedade e nosso estilo de vida; é uma história de resistência que nós todos deveríamos nos inspirar.

Christopher nasce em uma família tradicional e bem sucedida da Califórnia, nos Estados Unidos, crescendo para ser um profissional bem sucedido e com todo o apoio de seu pai através de rígida educação. Chris realiza o sonho de seus pais e se forma em uma das melhores escolas de sua região com notas mais que suficientes para estudar em Harvard, para alegria de seu pai. Porém, seu filho resolve embarcar em uma aventura selvagem, doa todas suas economias para uma instituição de caridade, USS 24.000,00, abandona seus pertences capitalista e vai rumo a uma experiência que julga ser a verdadeira liberdade, sem a hipocrisia da sociedade para nos corromper.

3 – A map for Saturday

https://www.youtube.com/watch?v=0xyWnYJ1aUQ

Sinopse:

(Brook Silva-Braga, um jovem produtor de televisão de Nova York decide abandonar tudo por um ano e sair de mochila pelo mundo. ele percorre 26 países, sempre hospedando-se em hostels e convivendo com outros mochileiros. da aventura, que ele teoriza ser composta apenas de sábados, captou muitas horas de vídeos, que compilou neste documentário obrigatório para quem pensa seguir o mesmo caminho).

4 – Last Stop For Paul – A Última Viagem de Paul

https://www.youtube.com/watch?v=V-qGe3Vx6Sc

Sinopse:

Charlie e Cliff são dois amigos e trabalham juntos. Charlie adora viajar e passa o tempo que pode ao redor do mundo, sem gastar muito; Cliff, no entanto, é nervoso com a perspectiva de ir longe de casa e, apesar de ter prometido muitas vezes a Charlie, nunca fez isso. No entanto, quando Charlie propõe que eles vão para a Tailândia para a Festa da Lua Cheia, o pedido coincide com a morte do velho amigo Paul, que sonhava viajar pelo mundo. Cliff decide honrar os desejos de seu amigo, espalhando suas cinzas nos quatro cantos da terra. Com duas semanas disponíveis, Charlie e Cliff visitam o máximo de lugares que podem, liberando um pouco das cinzas de Paul a cada nova viagem.

5 – The Way – O caminho de Santiago de Compostela

https://www.youtube.com/watch?v=o5VZKWcgw6c

Sinopse:

Tom é um médico americano que viaja para a França para recuperar o corpo de seu filho, Daniel, morto numa tempestade enquanto fazia o trajeto “El Camino de Santiago”, também conhecido como ” The Way of Saint James”, ou “O Caminho de Santiago”.Levado por sua profunda tristeza e pelo desejo de compreender melhor seu filho, Tom decide deixar sua vida californiana vazia para trás, e embarca em uma peregrinação histórica, numa combinação de luto e homenagem a Daniel, refazendo a trajetória de seu filho no “Caminho de Santiago”.

 

Da série : Eu amo Paris - Pavillon des Canaux, um lugar que você vai querer conhecer.

26 de agosto de 2016 0

Localizado no coração do Bassin de la Villette, no 19º arrondissement de Paris, o Le Pavillon des Canaux, reinaugurado em 2015, é um espaço de intensa atividade.

petit2


Por trás das paredes desta grande maison, cujas fachadas exteriores e interiores foram pintadas pelo artista, grafiteiro – Alexone Supakitch, descobre-se um mundo em movimento.
um café, um lugar onde se pode (realmente) trabalhar em coworking.

Um ponto de encontro amigável para usuários de Internet, mídia de Internet e áreas públicas.

petit5

Onde você pode discutir o mais recente filme em voga ou última conferência TED, até o último episódio do game of Thrones.
A casa tem vista para o Canal de l’Ourq e suas casas flutuantes, Le Pavillon é bonito, colorido e pacífico.

petit4

Os funcionários te recebem com um sorriso em uma grande sala que parece uma casa de bonecas – Na decoração eclética, poltronas petit pois, móveis diferentes e coloridos, louças charmosas, plantas e até uma gaiola.

Grandes mesas de madeira para um grande grupo, ou você pode subir e jantar na sala de estar, no quarto-de-rosa ou até mesmo no banheiro.

pavillondescanaux-brunch-paris

O brunch servido aos domingos é uma delicia.

Em um dia ensolarado, a pedida é sentar na rua.

 

Se você curtiu este post, pode também visitar nossa página no Facebook – Viajando com Arte ou conhecer mais do nosso trabalho através do site : www.viajandocomarte.com.br.

Lisboa - Lx Factory, novíssimo lugar hype da cidade.

22 de agosto de 2016 0

 

Se você ainda não conhece a LX Factory em Lisboa, vai enlouquecer de vontade!


Em uma esquina escondida de Lisboa entre o centro e Belém, afastada dos centros mais turisticos da cidade, no lugar mais trendy e fashion de Lisboa, lotada de ateliers de Arte e estúdios de Design, fica a LX Factory, montada em um antigo complexo Textil – A Companhia de Fiação e Tecidos Lisbonense, um dos mais importantes complexos fabris de Lisboa. A sensação é de estar em um cenário de cinema de uma antiga zona de produção.

A gente transita em meio a estúdios de produção, restaurantes e lojas. Tudo muito legal, descolado , preservaram bastante da antiga industria e aí reside muito do charme da LX factory. Tem de tudo desde salão de beleza ambientado nos anos 50, Pubs até Hotel –Uma ilha de criatividade.


Segundo a palavra dos criadores do projeto “Em LXF, a cada passo vive-se o ambiente industrial. Uma fábrica de experiências onde se torna possível intervir, pensar, produzir, apresentar ideias e produtos num lugar que é de todos, para todos.”

 

lx2

 

Livraria “Ler devagar” fica dentro do complexo.

lx3

barracas e brechós ao ar livre.

lx4

Bares e restaurantes.

Se você curtiu este post, pode também visitar nossa página no Facebook – Viajando com Arte ou conhecer mais do nosso trabalho através do site : www.viajandocomarte.com.br.

La Recyclerie , um lugar novíssimo e original em Paris

16 de agosto de 2016 2

Da Série: Eu amo Paris

Demorou, mas a equipe que já comanda os super hypes – Comptoir General e Divan du Monde, assumiram a antiga estação de trem Ornano, que estava fechada desde 1939. Localizada perto da saída do metro Porte de Clignancourt no 18 ème, há apenas 5 minutos do famoso mercado de pulgas, o La Recyclerie é uma das novidades mais surpreendentes de Paris.

la recy 2
Um lugar que a gente queria que tivesse muitos outros iguais na cidade, aparte de todos os clichês BoBo – bourgeois-bohème ou burguês-boêmio ( produtos biô, orgânicos e ecológicos bla bla bla), o La Recyclerie criou vários espaços interativos e uma atmosfera super bacana, bar, restaurante, hortas, a oficina do René ( tipo faça você mesmo) enormes aberturas, pé direito altíssimo, terraço, e verde, muito verde.

la recy 3
Um lugar absolutamente único, garotada bonita.

la recy 1
Pode ser até que você não curta lugares e refeições mais alternativas, mas tem que conhecer o La Recyclerie, opção ideal para ver novos conceitos e fugir um pouco do óbvio.

la recy capa 2

Endereço: Parisgioll, 83 Boulevard Ornano, 75018 Paris

Uma livraria pra lá de original em Óbidos, Portugal

04 de agosto de 2016 0

Adorei está livraria ou será um mercado?

Na verdade os dois!

Uma ideia pra lá de original em Óbidos Portugal.

Uma livraria especializada em livros de gastronomia, vinhos e livros raros funcionando junto com um mercado onde só vendem produtos orgânicos da região, trazido pelos próprios produtores.
Em um roteiro por Portugal, visita imperdível.

livraria Mercado-Biologico_obidos

livraria-obidos-3

livraria obidos prima

 

Livraria Mercado Biológico, Óbidos

Endereço: R. Direita 27, Óbidos, Portugal

Um roteiro pelos 5 cafés mais lindos de Viena.

18 de agosto de 2015 1

 Os famosos Cafés Vienenses

cafe viena

Nenhuma viagem a Viena é completa sem que você visite os cafés vienenses, eles são uma instituição nacional.

Parte importante da vida dos vienenses se passa em uma poltrona confortável de um café com um jornal à mão ou, simplesmente, vendo o dia passar.

Os vienenses acreditam que os cafés como tem alma, e resistiram até mesmo a menor mudança nos últimos 300 anos de idade desta instituição quase tão antiga quanto a cidade. “Em Viena, o Kaffeehaus é um enclave cultural intocado pelo tempo.

 Cinco cafés cheios de história e charme, que você não pode perder na sua visita a Viena:

 

- Café Imperial

A cafeteria fica dentro do Hotel Imperial, erguido em 1863. O cinco estrelas é talvez o mais exclusivo da capital austríaca, sendo geralmente a acomodação de escolha de Chefes de Estado que visitam a cidade. Quando estiver por lá, não deixe de experimentar a imperial tarte. A trufa de chocolate é o doce mais famoso da casa.

Endereço: Kärntner Ring, 16

- Café Sperl

O café que foi fundado em 1880 e tinha, no período anterior à Primeira Guerra, mistura interessante de clientela: jovens artistas se mesclavam a membros militares de alta patente. No filme “Antes do Pôr do Sol” (1995), o Sperl serviu de cenário para as conversas filosóficas dos protagonistas Ethan Hawke e Julie Delpy.

Endereço:  Gumpendorferstraße, 11

***** Café Central

A cafeteria foi aberta em 1876 e com o tempo se tornou ponto de encontro para figuras ilustres que viveram na capital austríaca. O escritor Hugo von Hofmannsthal, o pai da psicanálise Sigmund Freud, e o político Leon Trotsky são alguns dos que adoravam o ambiente do Central.

Endereço: Herrengasse/Strauchgasse, 1010

- Café Sacher


O hotel cinco estrelas fundado em 1876 deve boa parte da fama justamente ao café ou, mais especificamente, a um doce servido na cafeteria: a sachertorte. Criação de Franz Sacher, o bolo imitado no mundo inteiro leva chocolate meio amargo e recheio de damasco.

A famosa e tradicional torta Sacher, um atentado a qualquer dieta! :)

Endereço: Philharmonikerstrasse, 4

Café Dommayer 


Aberto em 1787 é um grande feito que o Dommayer tenha conseguido se manter abaixo do radar turístico por tanto tempo. Um pouco afastado do centro histórico, a cafeteria é frequentada pela alta sociedade vienense. No século 19, os músicos Johan Strauss, pai e filho, estrearam diversas obras no local.

Endereço: Dommayergasse, 1

Posts relacionados

Viena no verão, a aristocracia modernizada

Viena revisitada – Parte I

Viena revisitada – Parte II

Para saber sobre roteiros em grupo ou assessoria particular do Viajando com Arte visite nosso site 

www.viajandocomarte.com.br

Cafés Literários - Estrasburgo

06 de março de 2013 12


Oi pessoal, estou inaugurando aqui no blog uma nova categoria – a dos cafés literários!

Eu particularmente sou apaixonada por esta modalidade de bares e cafés que incluem livrarias ou simplesmente disponibilizam livros para os seus clientes.

Uma vez pensamos em editar um guia só com cafés literários legais que descobrimos nas nossas andanças, mas enquanto o guia nao sai, resolvi abrir a nossa caixa de Pandora e mostrar para vocês que existe muita coisa incrível além de Starbucks ! :)))

Estive em Paris em fevereiro deste ano, e junto com a Magda ( outra amiga de grandes indiadas) tá gente eu sei, Paris não é, e nem nunca foi, própriamente uma indiada, mas se você for um ser humano que tem horror de frio, que prefere arder no mármore do inferno a passar frio como eu, pode entender porque sair do Brasil em pleno verão de fevereiro e se jogar numa cidade gélida como Paris nesta época, pode quase (heresia mor) ser uma indiada.

Na verdade o café que vou apresentar aqui hoje não é em Paris, mas numa cidade  mais a nordeste, mais fria e linda que é Estrasburgo.

Estrasburgo é a capital da região da Alsácia, que históricamente foi objeto de muitas disputas entre franceses e alemães. Ela trocou de mãos várias vezes até passar definitivamente para a França no final da segunda guerra mundial em 1945.

Como estávamos em Paris há uma semana e queríamos fazer um programa diferente,  eu sugeri irmos passar 2 dias lá, pois não conhecia a Alsácia.A Magda topou, e lá fomos nós de TGV ( o trem rápido francês) e 2horas e 20minutos depois, estávamos chegando em Estrasburgo.

Chegando na cidade o clima era este….

A arquitetura é de forte influência germânica, muito linda. E fomos caminhando, reconhecendo a cidade, cujo centro histórico não muito grande e que facilmente pode ser recorrido a pé.

 

Só que depois de 1 hora caminhando nesta friaca, estávamos congelando e foi neste momento que deparamos com esta pérola – o café La Tinta!

 

 

 

Todo transadinho e pensado nos seus mínimos detalhes, reparem nas mantinhas para a gente colocar no colo!

 

O andar de baixo era pequeno, destinado a cafés, tortas e outras ameaças sérias a qualquer tentativa de dieta.

 

E para espantar o frio foi necessário aditivar nossos cafés com Mirabelle, que é um tipo de aguardente de ameixa, bem popular por lá, uma delicia!

 

E subindo esta escada com fotos de diversos escritores, chega-se ao segundo andar onde servem refeições leves como quiches, saladas, sopas.

 

 

Fica aqui então minha dica cult se você um dia for visitar esta linda cidade da Alsácia!

 

Ah! Eu quase ia esquecendo! Está ai da foto é a Magda!!

 

La Tinta

36 rue du Bain aux Plantes

Estrasburgo

Café Literário - Istambul

04 de outubro de 2011 0

Seguindo com a nossa série de cafés literários legais hoje eu trago para vocês um café muito interessante que conheci em junho de 2011.

O café ADA que em turco quer dizer ilha, abriu em 2007 na incensada avenida Istiklal Caddesi, no bairro Beyoglu, que fica na parte mais moderna de Istambul.

Eles tem uma seção de livros bem completa, com vários títulos em inglês, tem também uma pequena seção de discos, revistas que você pode apreciar enquanto toma seu café. Uma coisa bem popular por lá são os Iced coffee, receita super refrescante para os quentes verões turcos. O iced coffe tem algumas variáveis, as vezes tem sorvete ou nata, as vezes tem algum licor misturado, mas todos são café batidos gelados, uma delícia!

É claro que se você vier a Istambul vai passear pela Istiklal Caddesi que é a rua mais importante do lado de lá da Ponte Gálata, e certamente vai querer fazer uma parada neste local frequentado pelos locais e quem sabe comprar um livro sobre o grande lider e figura amadíssima até hoje na Turquia, o grande Ataturk.

 

 

Istiklal Caddesi, rua mais movimentada da Istanbul moderna.

CAFÉ DO MUSEU SMETANA – PRAGA

22 de setembro de 2011 1

Dica de Café Literário do Luciano Terra!

CAFÉ DO MUSEU SMETANA – PRAGA

Em final de tarde no leste europeu, seja em qual estação do ano for, você poderá ler seu livro predileto tendo a seus pés um rio que segue seu curso suavemente. De um lado você poderá vislumbrar uma ponte medieval e ao fundo um castelo magnífico que com o cair da tarde irá ficar a cada minuto mais iluminado. Enquando você folheia suavemente as páginas, um aroma de café irá surgir no ambiente e o som de um compositor local irá completar esse cenário perfeito.

Neste momento escrevendo estas poucas linhas sinto ainda a brisa de início de primavera, em um início de manhã sem nuvens e de temperaturas amenas. Ao sentar em uma das cadeiras à beira do rio Moldávia (Vltava) pude viajar em um cenário atemporal, onde o moderno se confunde com o antigo e onde seus sentidos são colocados à prova. Sua visão não consegue captar toda a beleza do local, seu tato está enlouquecido entre a suavidade das páginas de um livro e a aspereza de mesas e cadeiras de ferro trabalhadas. Seu olfato sente o aroma de café e de tortas doces maravilhosas chegando à mesa e causando pane em seu paladar. Para completar, sua audição se embriaga ao som de um dos compositores mais famosos do leste europeu: Bedrich Smetana.

http://www.youtube.com/watch?v=bJJfEfP9JVk

Estou falando do café do museu Smetana em Praga (Novotného lávka 1, 110 000 Praha 1). Este museu é totalmente dedicado à vida e obra do famoso compositor tcheco Bedrich Smetana (1824 a 1884). Está situado no centro de Praga em um pequeno bloco de prédios bem ao lado da Ponte Carlos e na margem direita do rio Vltava, ali na Cidade Velha. Além da tradição do local e de toda a magia da música clássica tcheca o local é de tirar o fôlego. A vista é inebriante e única. Mesmo se você não curtir café, livro ou música clássica (o que seria um pecado… afinal você precisa gostar de pelo menos um deles, certo?) vale pelo ambiente externo e sua magia. Você ainda pode aproveitar para entrar no museu e conhecer um pouco mais sobre a vida e obra deste que foi o precursor da música clássica em lingua tcheca.

Aproveite e se delicie…

Programa de inverno - uma escapada até a serra

17 de maio de 2010 14

Sábado amanheceu um dia lindo e resolvemos subir a serra, optamos pela BR 116 que passa por Nova Petrópolis, a Rota Romântica, que é linda, agora toda em tons outonais com os plátanos em matizes de amarelo e vermelho. É uma rota cada vez mais trilhada pelos motoqueiros de final de semana que sobem em suas Harleys aos bandos, quando passamos em um posto no caminho tinha mais de cem estacionados, certamente virou point deles, também a estrada é talhada pra isso, cheia de curvas com belas vistas do vale.

No domingo o dia amanheceu coberto pela neblina e chuva fininha e escolhemos um lugarzinho muito especial para almoçar que fica em Canela, chamado Empório Canela, um lugar perfeito para um almoço num domingo como o de ontem.

É um restaurante com um astral especial, muito acolhedor, tem uma pequena livraria e também algumas coisas de artesanato.

O pessoal é muito gentil e rapidamente nos instalaram numa salinha na frente onde começamos com uma boa caipirinha.

E depois partimos para as sopas que foi dificil escolher, pois tem várias opções convidativas no cardápio.

O Paulinho escolheu uma de abóbora com gengibre, que estava fantástica. E eu fui no creme de queijo com cogumelos. Claro que a esta altura já estávamos acompanhados de um vinho tinto, um carmenére, pois inverno = a vinho tinto não é mesmo?

 Pois vocês vão perguntar ” e ficaram só na sopinha ? ”  e vou responder que a sopa mais o pãozinho torrado foram a medida certa, pois sabe como é que é final de semana de inverno em Gramado/Canela né?  A gente come o que poderia comer numa semana!! : )  Com esta economia no salgado deixamos lugar para saborear uma Apfelstrudel com sorvete de creme que tinha uma aparência tão maravilhosa que eu comi com os olhos e devorei! E só depois lembrei que não fotografei…. sorry.

Bom pessoal fica aqui a dica:

Empório Canela

Rua Felisberto Soares, 238

à 50mt da Catedral de pedra.

Canela/RS.