Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Canadá"

Toronto por Luciano Terra ( parte II)

12 de novembro de 2012 0

 

Toronto é uma cidade vibrante e culturalmente repleta de atrações. Nós tivemos a sorte de sermos agraciados pela presença do espetáculo “Michael Jackson – The Immortal World Tour – Cirque du Soleil” que estava em cartaz no Air Canada Centre (um maravilhoso ginásio multiuso e casa do time de basquetebol Toronto Raptors e do time de hóquei no gelo Toronto Maple Leafs). Um espetáculo grandioso sobre a história musical do rei do pop. A partir do final deste ano ele estará excursionando  pela Europa, então se estiver por lá não deixe de ir. Sendo assim, escolha a sua atração e aproveite a oportunidade de estar em uma das mais modernas cidades do mundo. Ainda no âmbito cultural a AGO (Art Gallery of Ontário) e o ROM (Royal Ontario Museum) possuem um acervo com artistas locais e de todo o mundo que vale a visita.

Se por acaso museus não são seu programa favorito, não deixe de passar ao menos em frente a esses dois prédios, pois são dois belos exemplares da arquitetura moderna. Se for um (a) amante de sapatos não poderá deixar de ir ao Bata Shoe Museum, um museu especializado no assunto.

Uma região muito interessante de Toronto é a que compreende o Parlamento de Ontário e a Universidade de Toronto. Os prédios históricos são maravilhosos e seus jardins e parques valem a visita em um dia ensolarado de verão.

Se você quiser um pouco de aventura, e porque não adrenalina, suba a CN Tower pelo seu elevador panorâmico e se atreva a caminhar em um chão de vidro a mais de300 metrosde altura. Mesmo os mais descolados têm um friozinho na barriga e os mais medrosos não chegam nem perto. Mas se a adrenalina for seu vício aproveite a visita e faça o “Edge Walk”, onde você irá caminhar pelo lado de fora da torre a mais de350 metrosde altura e somente preso por um cabo de aço. Se tiver coragem, boa sorte. Eu fiquei do lado de dentro do vidro.

Esportes é sua distração predileta? Então vá a um jogo de beisebol ou futebol americano no Roger´s Centre. O estádio é fantástico e dependendo do tempo poderá estar com o teto aberto ou fechado. Fomos a um jogo de beisebol do Blue Jays e foi muito interessante. O estádio estava fechado e pudemos curtir o mega telão e toda a função de um jogo que para nós ainda é uma novidade.

Como toda metrópole o melhor programa de Toronto é caminhar. Somente dessa forma você irá achar construções magníficas, pessoas interessantes e se surpreenderá a cada esquina que dobrar. Um exemplo dessas surpresas foi as dezenas de pianos que encontramos em calçadas, parques e praças. Com a frase “play me, I’m yours”, estavam ali disponíveis a quem quisesse sentar e dar o seu show. Tivemos a oportunidade de ouvir músicas clássicas, modernas e até mesmo uma menina cantando acompanhada de um amigo e rodeada de toda a turma. Um concerto? Não, apenas caminho para uma balada!

 Tenho certeza que não será nada difícil você voltar apaixonado por Toronto. Eu confesso: rendi-me aos encantos de Toronto e quero voltar lá em breve.

 

Toronto , uma cidade vibrante por Luciano Terra

09 de novembro de 2012 0

 

Quando comecei a pensar em visitar o Canadá neste verão 2012 do hemisfério norte o que me atraía mais era o seu ar cosmopolita, inclusivo e liberal. Um país de primeiro mundo, pacífico e com um dos menores níveis de violência mundiais. Além de tudo isso poder conhecer cidades como Toronto, Montreal, Ottawa e Quebec sempre estiveram no meu radar de viajante. Entretanto, quando se começa a estudar um destino não tão conhecido e visitado pelas pessoas ao seu redor muitas surpresas agradáveis surgem no caminho. Descobrimos coisas sobre o país que nunca tínhamos imaginado, e aquilo que antes era apenas um esboço acaba por ganhar um acabamento primoroso. O que nos restou então foi entrar com tudo e aproveitar ao máximo cada segundo dessa nova aventura.

Com o plano de viagem traçado a “quatro mãos”, por mim e excelentes agentes de viagens, passagens emitidas, hotéis e carro reservados começamos nossa experiência no final de julho em um voo tranquilo e direto de São Paulo a Toronto pela Air Canada.

Ao amanhecer já estávamos em terras canadenses. Na chegada fomos recepcionados por um aeroporto digno de uma metrópole: enorme, funcional, moderno e interligado ao centro da cidade por um sistema de ônibus e metrô que funciona perfeitamente. O primeiro contato com o povo local foi uma premissa daquilo que iríamos diagnosticar ao final da viagem: o povo canadense está entre os mais educados e simpáticos povos entre todos os que já visitamos. A sua gentileza e sua disposição em auxiliar estão presentes em todos os momentos. Durante toda a viagem jamais ficamos com um mapa aberto na rua por mais de um minuto até alguém parar e perguntar se precisávamos de ajuda. Todos muito simpáticos e dispostos a auxiliar o turista. Coisas que fazem a diferença em uma viagem.

 Toronto , uma metrópole vibrante por Luciano Terra

Toronto é considerada a Nova Iorque canadense e faz jus a esse título. E ainda tem uma vantagem: aquela neurose de seguranças e policiais que vemos nas ruas de NYC inexiste. A sensação de segurança e tranquilidade pairam no ar desde a primeira quadra que você caminha no meio da noite e sente que nada irá lhe acontecer.

Há lugares em Toronto que mostram a sua verdadeira face. Arranha-céus de vidro contrastam com uma arquitetura mais clássica e essas se mesclam em reflexos que tornam tudo único e multiplicam a sua beleza. Como se o antigo penetrasse nas entranhas do novo e se tornasse com isso parte do mesmo. Uma harmonia de texturas e materiais que tornam a cidade extremamente agradável e dão-lhe um ar cosmopolita.

Além da arquitetura, as pessoas são um espetáculo a parte. Desde executivos engravatados em seus trajes, até esportistas, punks e todas as tribos que delineiam a cara de uma cidade. O melhor de tudo isso é que todos parecem viver em total equilíbrio. Como se aquele sapato Jimmy Choo fosse o contraste perfeito para aquele All Star esfarrapado, ou aquele terno Hermenegildo Zegna fosse o contraponto ideal para aquela bermuda cargo rasgada.

Os contrastes desta metrópole não param por aí. Se de um lado temos construções grandiosas como a CN Tower e seus mais de500 metrosde altura e o Roger´s Centre, um estádio de beisebol e futebol americano, com seu teto móvel em forma de noz, por outro lado temos monumentos simples e interessantes como o “The Pasture” que fica no Toronto Dominion Centre e apresenta sete vacas de bronze deitadas em um gramado na praça central desse centro financeiro. Nelas executivos almoçam encostados e aproveitando o sol de meio dia. 

 

Outra atração interessante são as galerias subterrâneas do centro da cidade. O chamado “underground” liga a maioria dos principais prédios e se o tempo não estiver bom é uma excelente opção para circular por essa área.

Atrações imperdíveis de Toronto são:

- Casa Loma – uma mansão em estilo de castelo aberta à visitação. Fica um pouco longe do restante das atrações, mas se você gostar de uma caminhada vai adorar o trajeto até lá. Você irá passar por bairros de casas antigas e encontrará lojinhas para lá de charmosas.

- Prefeitura de Toronto – tanto o prédio antigo quanto o novo são uma atração interessante de ser visitada;

- Área Portuária e as ilhas de Toronto – possui restaurantes, passeios de barco e locais de caminhada por toda a orla do lago Ontário.

- Eaton Centre – não deixe de ver os gansos migratórios que “sobrevoam” no hall central deste centro comercial

- Saint Lawrence Market – com bancas de frutas, peixes, carnes e todos os tipos de legumes da região. Ainda possui restaurantes simples e deliciosos

- The Distillery – complexo de uma antiga destilaria revitalizado e repleto de restaurantes e galerias de arte

- Brookfield Place – e sua estrutura de metal e vidro gigantesca

- Yonge Dundas Square – a Time Square de Toronto


Super pub em Toronto

22 de outubro de 2009 0

Para aqueles que vão para Toronto aí vai uma dica quentíssima da Fernanda Seligman que morou em Toronto o ano passado, eu não conheço, mas ela garante que o lugar é show! 

 


Dica:
Um lugar imperdível na cidade de Toronto é o Madison Avenue Pub, que fica perto da Universidade de Toronto. Esse pub que foi inaugurado em 1983, é formado por 3 casas no estilo vitoriano interligadas por passagens bem loucas e muito interessantes. Muito conhecido por todo o Canadá, e norte dos Estados Unidos,  o pub é ótimo para sentirmos um pouco da verdadeira cultura local.

O Maddy (como os torontonianos chamam) é considerado um dos melhores bares do mundo,  tendo capacidade para duas mil pessoas em 6 andares, com o total de 12 bares (5 deles nos pátios – que no inverno são aquecidos e cobertos). Cada ambiente tem um estilo próprio para atrair diferentes clientes,  alguns deles são equipados com televisões grandes para assistir aos jogos (em geral de hóquei), mesas de sinuca, palcos de música ao vivo e mesas para saborear os aperitivos e o vasto cardápio de cervejas.

O ambiente mais interessante do pub durante a noite é o Piano Bar, onde os pianistas embalam os jovens que frequentam a casa com hits dos Oasis, Green Day, Beatles, Bob Dylan, etc. Já no horário do happy hour os pátios são uma boa pedida.


Endereço:
14, Madison Avenue. (Entre as avenidas Bloor e a Spadina) A estação de metrô mais próxima é a Spadina (linha verde).


Site:
www.madisonavenuepub.com