Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Variados"

A África do Sul promete te surpreender

06 de dezembro de 2019 0

Nosso roteiro na África do Sul começou em Cape Town, logo de inicio fomos impactadas pela visão das montanhas e do mar, a paisagem lembra um pouco a do Rio de Janeiro, com a diferença que Cape Town, assim como toda a África do Sul, tem pouquíssimos prédios altos, as cidades são horizontais e espalhadas o que dá uma sensação boa de espaço, de liberdade.

 

IMG_4898
É impossível falar da África do Sul sem lembrar do seu passado recente, historicamente falando, poderíamos dizer que ontem por ali negros eram segregados a guetos e tinham sua circulação restrita em muitos lugares. O Apartheid, um regime de segregação racial implementado em 1948, foi oficialmente extinto em 1994 com a eleição de Nelson Mandela como primeiro presidente negro depois de passar 27 anos na cadeia por lutar contra os opressores da minoria branca.

De lá para cá se passaram 25 anos e a África do Sul vem tentando encontrar um caminho, uma maneira de lidar com este passado da melhor maneira, as vezes explodem algumas manifestações de violência com cunho de vingança às minorias brancas, difícil passar incólumes depois de tanta discriminação e opressão.

Mas dito isto, durante os dias que passamos por lá, não senti em nenhum momento alguma tensão no ar, ao contrário depois da Copa do mundo, achei a cidade ainda mais linda.

Continuar lendo …

IMG_1639

Subindo o Signal Hill com vista para a Table Mountain.

A conciliadora e surpreendente Jordânia

28 de novembro de 2019 0
Começando mais uma jornada de prospecção! Desta vez e o Oriente Médio é o nosso destino, vamos buscar o que há de mais interessante , as experiências mais legais na Jordânia !

DSC05665

A Jordânia é um país quase sem litoral e relativamente pequeno com uma população de pouco mais de 9,5 milhões de pessoas. São muçulmanos e predominantemente sunitas. O país é considerado um dos lugares mais seguros do do Oriente Médio, tendo se submetido a políticas de paz tanto americanas e israelenses, quanto da Arábia Saudita. Em 1920, a antiga Jordânia tinha uma população de 200 mil pessoas, sendo que deste total mais da metade era nômade, vivendo nas terras áridas do comércio e pastoreio. Em 100 anos , o pais recebeu migrantes de todas as regiões vizinhas.

DSC05995

A Jordânia tem sido muito hospitaleira mesmo em meio ao tumulto dos países circundantes, aceitando refugiados de praticamente todos os conflitos desde 1948, com estimativas dizendo que quase 70% de sua população é proveniente de refugiados palestinos  e  atualmente 1,4 milhões de sírios vivem no país. Os iraquianos trouxeram muito dinheiro, os sírios vivem em campos refugiados em situação mais precária, os palestinos com passaporte da Jordânia que vieram depois da guerra 1967 foram praticamente incorporados à população . E , apesar dos tratados de paz, muitos jordanianos continuam considerando o Estado hebreu como um “inimigo”. Continuar lendo …

Novo site Viajando com Arte

08 de janeiro de 2019 1

Olá queridos viajantes. Para nos mantermos sempre atualizados estamos com um novo site no ar, passem lá para ver as novidades: http://www.viajandocomarte.com.br/ Capturar2

Glamping nos Aparados da Serra: Cachoeira dos Borges

09 de outubro de 2018 0

Glamping , você já ouviu falar ?

Pois é , eu também nunca tinha ouvido este termo , mas fui chamada pela sua sonoridade. Algo como camping com glamour…

IMG_7843

Resolvi arriscar e ir até Mampituba, uma cidade próxima a Torres no litoral gaúcho ou a Praia Grande em Santa Catarina , que é conhecida como a capital da aventura neste estado. Para isto contei com o apoio de sete amigos , aventureiros que às vezes topam levar um cocar para os programas de índio que eu invento! Desta vez não foi usado.

IMG_7847

IMG_7759

O Glamping da Cachoeira dos Borges foi uma super e grata surpresa. São cabanas de madeira em meio a natureza , com charme e conforto na medida do necessário. O lugar é encantador , de frente a esta enorme cachoeira ao pé dos Aparados da Serra. Pertence ao mesmo dono do Refúgio da Pedra Afiada que fica perto,  também conhecemos e é muito bacana, mas mais tipo pousada de aventura.

IMG_7929

As três cabanas mais simples, chamadas de glamping,  são equipadas com camas confortáveis e um lavabo com vaso, duas tem também uma pequena banheira.

IMG_7844

As 3 cabanas chamadas Jacuzzi , são maiores e tem um banheiro com uma grande banheira. No mais tem um banheiro coletivo que é usado também por quem acampa de maneira tradicional. Tudo uma grande curtição num fim de semana de temperatura amena.

IMG_7845

IMG_7846

Eles oferecem churrasqueiras portáteis para alugar e a possibilidade de fazer uma fogo de chão para aquecer as noites que são frias por ali.

IMG_7851

Muitas trilhas pelas belas paisagens da redondeza são acompanhadas por guias profissionais. Para trilhas mais curtas até a cachoeira ou as piscinas naturais que ficam muito próximas as cabanas,  é tranquilo e seguro fazer por conta.

IMG_7873

IMG_7903

A fauna e a flora são um capítulo à parte! Super rica e  abundante.

IMG_7900

IMG_7766

As piscinas naturais são incríveis , parecem saídas de imagens do pinterest! Mas preparem o coração para a água gelada, quase tive uma síncope cardíaca , mas valeu a pena. As águas cristalinas são potáveis e convidam a gente a se atirar após uma caminhada pelas montanhas.

IMG_7937

IMG_7967

Para completar eles oferecem uma área comum onde servem o café da manhã (incluído na diária) , cheio de produtos locais , uma delícia. O Gustavo é o administrador, cozinheiro e quebra galhos, um encanto de pessoa. Levamos uns bifes de hambúrguer que ele transformou num banquete , com pão feito em casa , acompanhamentos bem apresentados e para fechar a festa de Babete, bananas orgânicas flambadas na cachaça.

IMG_7955

IMG_7974

Uma experiência a ser repetida!

Convidem os amigos, desconectem-se do mundo virtual , curtam a natureza de uma forma lúdica e intensa.

Faz um bem danado para o corpo e para a mente! Recomendo sem restrições.

IMG_7869

Amazônia - impressões de encantamento

28 de setembro de 2018 2

Numa primeira viagem para a Amazônia o encantamento de vivenciar o Brasil mais profundo me tomou de assalto.

IMG_1044
IMG_1399

Foi um roteiro sob medida e enxuto , saindo de Manaus e subindo o Rio Negro por três dias de barco.

Pegamos o Untamed, um barco com 8 cabines com todo o conforto e charme , que incluía um chef inspirado , camareiras e o melhor e mais profundo conhecedor da selva que poderíamos sonhar.

IMG_1063
IMG_1056

Foi uma aula sem fronteiras, que abriu nosso léxico de Amazônia e colocou uma semente de brasilidade em nosso coração.

IMG_1583IMG_1585

A pergunta mais frequente já respondo de cara, não tem mosquitos por aqui, nem nenhum outro tipo de inseto incômodo. O Rio Negro tem uma acidez que não deixa que eles sobrevivam, o que torna a viagem aprazível da manhã a noite.

IMG_0860

Manaus tenta resgatar sua rica historia do tempo das glórias do ciclo da borracha. O Teatro Amazônia está lindo e já vale a visita. Mas ainda tem o Mercado , Palácio Rio Negro e o delicioso hotel Villa Amazônia que além de bem localizado é lindo e confortável.

IMG_0622

Em três dias de navegação vimos muitos dos mamíferos e répteis  da selva como jacaré, macacos, preguiças e muitos botos.

IMG_1466IMG_1419

Fizemos todas as atividades que a floresta oferece: caminhadas, pescarias, banhos de rio, visita a comunidades indígenas e nado com o boto cor de rosa! Voltamos encantadas e inspiradas e este texto abaixo fala um pouco de tudo isto.

IMG_1224IMG_1187

“O Brasil não pode esperar para ser redescoberto.

São tantas águas, cursos abertos como veias na mata.

Um planeta água, verde, intocado. Rios que trazem sua verdade e não se entregam em luzes cristalinas.

Negro , Amazonas ou Solimões, cada qual mantém intacto o seu percurso. Igarapés singram os igapós, os manauara comem o seu tacacá feito de tucupi e jambu!

Um novo idioma , uma plêiade de criações da natureza ainda virgem e inviolada.

E nós, gente do sul, cheia de sabedoria estrangeira alheia ao nosso âmago, nossa verdade primordial.

Uma floresta tão rica em diversidade quanto em sensações , cores, reflexos e aromas.

Macacos que espiam com curiosidade, botos que nadam livres e interagem sem medo de seu maior predador.

Jacarés dividem as águas repletas de alimento conosco , e quem tem mais a temer?

Pirarucu, piranhas e tucumãs, o anzol não dá conta de tirá-los da água , criando uma nova paleta de sabores.

A selva se oferece abundante, açaí, cupuaçu, graviola ou cajá o paladar também vai aprender.

Cada palmeira com seu milagre, o palmito que mata ou o açaí que perpetua, a escolha é sua.

E mais água, e cipós e seringueiras que trouxeram a riqueza e logo a decadência.

A selva é sustentável, se sugada em excesso seca, murcha e morre.

E mais conhecimento em curas para todos os males, até para aqueles que nem sabemos que temos.

Curas para o corpo e para a alma que retorna repleta de orgulho de fazer parte de um Brasil que alheio à tudo insiste em sobreviver.”

5 Filmes que vão deixar você louco para viajar

20 de setembro de 2018 0

Dica-de-filme“Diários-de-Motocicleta”-do-diretor-brasileiro-Walter-Salles

Se você sofre do mesmo mal que eu – vontade crônica de viajar, não precisa ver nada para aumentar ainda mais o seu desejo, mas resolvi fazer uma lista de 5 filmes inspiradores, que vão fazer você viajar sem sair do sofá e depois ir correndo para o computador comprar uma passagem.
confere aqui:

 

1- Diários de motocicleta

https://www.youtube.com/watch?v=RWBsQArUkQY

Sinopse:

Che Guevara (Gael García Bernal) era um jovem estudante de Medicana que, em 1952, decide viajar pela América do Sul com seu amigo Alberto Granado (Rodrigo de la Serna). A viagem é realizada em uma moto, que acaba quebrando após 8 meses. Eles então passam a seguir viagem através de caronas e caminhadas, sempre conhecendo novos lugares. Porém, quando chegam a Machu Pichu, a dupla conhece uma colônia de leprosos e passam a questionar a validade do progresso econômico da região, que privilegia apenas uma pequena parte da população.

 

2 – Na natureza selvagem

https://www.youtube.com/watch?v=0YBDpPIhEYo

Sinopse:

Baseado na história real de Christopher McCandless, que aos 22 anos de idade resolveu se aventurar em meio à natureza, o filme Into the Wild é mais que uma simples crítica para nossa sociedade e nosso estilo de vida; é uma história de resistência que nós todos deveríamos nos inspirar.

Christopher nasce em uma família tradicional e bem sucedida da Califórnia, nos Estados Unidos, crescendo para ser um profissional bem sucedido e com todo o apoio de seu pai através de rígida educação. Chris realiza o sonho de seus pais e se forma em uma das melhores escolas de sua região com notas mais que suficientes para estudar em Harvard, para alegria de seu pai. Porém, seu filho resolve embarcar em uma aventura selvagem, doa todas suas economias para uma instituição de caridade, USS 24.000,00, abandona seus pertences capitalista e vai rumo a uma experiência que julga ser a verdadeira liberdade, sem a hipocrisia da sociedade para nos corromper.

3 – A map for Saturday

https://www.youtube.com/watch?v=0xyWnYJ1aUQ

Sinopse:

(Brook Silva-Braga, um jovem produtor de televisão de Nova York decide abandonar tudo por um ano e sair de mochila pelo mundo. ele percorre 26 países, sempre hospedando-se em hostels e convivendo com outros mochileiros. da aventura, que ele teoriza ser composta apenas de sábados, captou muitas horas de vídeos, que compilou neste documentário obrigatório para quem pensa seguir o mesmo caminho).

4 – Last Stop For Paul – A Última Viagem de Paul

https://www.youtube.com/watch?v=V-qGe3Vx6Sc

Sinopse:

Charlie e Cliff são dois amigos e trabalham juntos. Charlie adora viajar e passa o tempo que pode ao redor do mundo, sem gastar muito; Cliff, no entanto, é nervoso com a perspectiva de ir longe de casa e, apesar de ter prometido muitas vezes a Charlie, nunca fez isso. No entanto, quando Charlie propõe que eles vão para a Tailândia para a Festa da Lua Cheia, o pedido coincide com a morte do velho amigo Paul, que sonhava viajar pelo mundo. Cliff decide honrar os desejos de seu amigo, espalhando suas cinzas nos quatro cantos da terra. Com duas semanas disponíveis, Charlie e Cliff visitam o máximo de lugares que podem, liberando um pouco das cinzas de Paul a cada nova viagem.

5 – The Way – O caminho de Santiago de Compostela

https://www.youtube.com/watch?v=o5VZKWcgw6c

Sinopse:

Tom é um médico americano que viaja para a França para recuperar o corpo de seu filho, Daniel, morto numa tempestade enquanto fazia o trajeto “El Camino de Santiago”, também conhecido como ” The Way of Saint James”, ou “O Caminho de Santiago”.Levado por sua profunda tristeza e pelo desejo de compreender melhor seu filho, Tom decide deixar sua vida californiana vazia para trás, e embarca em uma peregrinação histórica, numa combinação de luto e homenagem a Daniel, refazendo a trajetória de seu filho no “Caminho de Santiago”.

 

Croácia al mare - navegando pelo paraíso

31 de agosto de 2018 0

Nossa última viagem foi uma experiência inesquecível.

O Viajando com Arte montou um grupo de 9 mulheres a bordo de um veleiro nas belíssimas ilhas do sul da Dalmácia na Croácia . Nossa viadem começou em Split, onde ficamos 2 noites para conhecer um pouco do passado romano da Croácia, no muito bem preservado Palácio de Diocleciano, onde até hoje podemos ver as muralhas que delimitavam as fronteiras do palácio, contém hoje o centrinho histórico de Split, cheio de lojinhas, restaurantes e bares.

IMG_8178

IMG_8028

Detalhe da esfinge no Palácio de Diocleciano em Split.

No dia seguinte fomos conhecer um dos incríveis parques nacionais, a Croácia tem vários deles, todos lindos demais, o que visitamos fica a 1 hora de Split, é o Parque nacional de Krka, um lugar com uma beleza de tirar o fôlego, cachoeiras e passarelas sobre uma água verde esmeralda, cristalina. A grande vantagem de Krka é que é permitido tomar banho nas suas cachoeiras, o que já não acontece no Parque de Plitvice, seu irmão mais célebre.   IMG_8008

Parque Nacional de Krka.

Depois de 2 dias estávamos prontas para embarcar em nossa aventura pelas ilhas da Croácia.   IMG_8049 Este era nosso barco, onde passaríamos 1 semana, conhecendo lugares que eu nem imaginava existirem, fizemos um apanhado das ilhas mais lindas do sul da Dalmácia, Brac, Hvar, Kórcula, Mijet e finalmente Dubrovnik. Esta era minha segunda viagem a Croácia, e faze-la de barco foi uma experiência totalmente diferente, a comunhão com a natureza é total, apenas uma noite ancoramos em uma marina – em Vela Luka – na ilha de Korcula, as outras noites parávamos em baias, tranquilas, onde a gente só ouvia os sons da noite, grilos e o ondular do mar. Noites estreladas, com o melhor serviço de bordo que vocês podem imaginar, nosso jovem chef, o Viktor, tinha muito talento e saboreamos o melhor de frutos do mar e da culinária local. Longas conversas a bordo depois da  terceira noite já parecíamos amigas de infância. Conversar com nosso capitão Ante e sua esposa, Sandra, foi também muito enriquecedor, aprendemos muito do sofrimento e saga deste povo aguerrido que atravessou períodos dificeis de uma guerra sangrenta. IMG_8213 Nosso chefe a bordo, Viktor, o fato de estarmos lá durante a copa do mundo criou mais vinculos entre nós e a tripulação super atenciosa e carinhosa dos croatas. IMG_8317

Entardecer em Hvar.

IMG_8318

Nosso grupo em Hvar, antes da ilha ir a loucura no jogo que ganharam nos pênaltis da Dinamarca.

IMG_8424

Trilha que fizemos em Vela Luka na ilha de Korcula.

IMG_8552

E assim é o mar por lá, impressionante!

IMG_8553

Pic nic na praia.

IMG_8748

Pelas ruelas estreitas no centro histórico de Korcula

. IMG_8758

Pedalando pelo parque nacional na ilha de Mijet.

IMG_8985

Por do sol memorável na ilha de Sipan.

E finalmente chegamos em Dubrovnik, uma cidade saída dos contos de fadas, nosso barco ancorava um pouco para fora das muralhas antigas da cidade e pegávamos o bote em 10 minutos estávamos chegando no portinho antigo. Duas coisas imperdíveis para se fazer em Dubrovnik, caminhar pelas suas muralhas ao entardecer e subir no teleférico para ver a cidade de cima, uma visão que vai te acompanhar para sempre.

IMG_9262

nas muralhas de Dubrovnik

IMG_9323

IMG_9287

IMG_E9298

Hora da despedida, foram dia absolutamente inesquecíveis, uma experiência que super recomendo.

Parceria do Viajando com Arte + OP Turismo

21 de agosto de 2018 0

dd9027bd-9f5b-4b26-8f63-2589ab518b73

China com Arte - Esgotado

20 de agosto de 2018 0

banner roteiro viajando arte china 2019 - grande

Não poderíamos estar mais felizes com o resultado do lançamento da viagem China com Arte.

Em três dias todas as 24 vagas foram esgotadas!

Um super retorno para o nosso trabalho e mais uma prova de confiança e credibilidade.

Obrigada Porto Brasil por mais esta parceria de sucesso.

39497522_2043990748978600_9063623494238994432_n

Trilhas nos Pirineus - para descobrir uma outra Espanha

17 de julho de 2018 0

Faz um ano eu vi uma foto das formações dos Mallos e Riglos quando estava pesquisando sobre trens na Europa e desde lá fiquei com esta ideia fixa , queria ir para a região dos Pirineus espanhóis. Eu já conhecia a região dos Pirineus  francêses mas a perspectiva de cruzar a fronteira e descobrir o que estaria por trás daquelas montanhas lindas me capturou a imaginação.

A Espanha (35)

A Espanha (19)

Mallos de Riglos – Espanha

Foi uma viagem bem diferente , saímos de Barcelona e fomos em direção a Huelva. No caminho ainda veio de lambuja uma passada no Mosteiro de Montserrat. Um lugar lindo , mas como era domingo e estava lotado perdeu um pouco do encanto . Mas acho que vale muito a pena , para quem é mais religioso ou só pela paisagem também.

A Espanha (150)

A Espanha (141)

Santuário de Montserrat

A Espanha (134)

Bom , seguimos para nosso destino por umas três horas por estradas ótimas. As cidades dos Pirineus espanhóis são bem mais rústicas e simples que suas vizinhas francesas. Muitas casas de pedras em vilarejos quase abandonados. Igrejas do século XII e XIII abundam , mas sem indicações mais precisas e muitas fechadas.

   A Espanha (291) Igreja de Panticosa

A Espanha (95)

Chegando a Murillo Gallego , onde estava nossa pousada veio o impacto. Nenhuma foto  retratava o que são estas formações rochosas ao vivo. As mão de Deus poderiam ser seu apelido, algo forte e desconcertante.

 A Espanha (211)

Foto dos Mallos desde a janela da Pousada

Nosso hotel , encarapitado num monte bem à frente nos deixava com a melhor parte, ver suas mudanças de cor conforme o sol caía no horizonte.

A Espanha (246)

A Espanha (239)

A Espanha (212)

Murillo Gallego

 

Murillo Gallego é uma cidade medieval com não mais que 100 moradores, mas fora a dona do hotel e seu ajudante/ namorado francês que sumiu depois da primeira noite , não encontramos mais ninguém .

A Espanha (162)

Mas tudo é encantador , até o campo abandonado onde crescem as papoulas selvagens

A região é toda voltada para turismo de aventura , nas corredeiras é possível fazer rafting, as paredes dos Mallos são o cenário perfeito para o rapel e escaladas, nós ficamos com a trilha que dá a volta no monte.

A Espanha (94)

Partindo da pequena vila ao pé dos morros , subimos todo o caminho pedregoso até o topo e de lá voltamos pelo outro lado. Logo na saída nos deparamos com esta família com duas crianças pequenas, nos motivou a pensar que o caminho seria mais fácil do que o encontramos , ledo engano. As crianças é que tem cruza com cabrito montês e subiram sem nem reclamar!

A Espanha (169)

A Espanha (227)

 

A Espanha (173)

Mallos de Riglos – a vila

Foram umas 3h de caminhada , no inicio uma trilha tranquila e depois com subidas muito íngremes, confesso que duvidei da minha própria capacidade de vencê-las quando olhei para cima a primeira vez, mas como devagar se vai ao longe …

A Espanha (177)

A Espanha (46)

O visual é fantástico e cruzar com o pessoal escalando as paredes é emocionante. Eles desafiam seus limites ao máximo.

A Espanha (149)

Lá pelas tantas encontramos esta placa que dizia, 1:30h para seguir caminho ou voltar pela mesma trilha . Quase demos a volta , mas daí já era uma questão de honra!

A Espanha (190)

A quase desistência

             A Espanha (179)

    Mas o visual compensou o cansaço

 

A Espanha (213)

Aqui o visual desde o melhor hotel da região, o Spa de Mallos de Riglos!

Seguindo em direção a França passando pela estação de esqui de Formigal chegamos as paisagens  dos montes mais altos da região dos Pirineus, ainda com picos nevados. Aqui a ideia era fazer uma trilha , mas nossos casacos não contavam com o frio de 8 graus e só curtimos a paisagem de dentro do carro mesmo. Tudo já iluminado por um sol fraco de primavera.

B França (108)

Fronteira de Portalet

Posts relacionados

Roteiro pelas praias do norte da Espanha: Astúrias ,Cantábria , Galícia e País Basco

Espanha Verde, no Caminho de Santiago de Compostela

Um outro caminho para Santiago de Compostela, praias do norte da Espanha

Roteiro pela França e país Basco – St Jean de Luz – Hondarríbia e os Pirineus

Para saber sobre roteiros em grupo ou assessoria particular do Viajando com Arte visite nosso site www.viajandocomarte.com.br