Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de abril 2010

Compre malhas em Farroupilha

29 de abril de 2010 1

Farroupilha não tem muitos atrativos turísticos. A exceção é o Salto Ventoso, uma bela cascata a 14 km do centro, sobre a qual já postei fotos. A cidade é mais conhecida pelas malharias. O centro de compras mais conhecido de Farroupilha é aquele localizado às margens da RS-122, ao lado da rodoviária. Geralmente, nos fins de semana, está sempre cheio. Há lojas de todos os tipos e é uma boa opção para quem deseja comprar malhas.

O centro de compras é bem espaçoso:

Algumas lojas:

Lá tem também uma pequena praça da alimentação, com almoço, lanches e venda de produtos coloniais:

fotos: arquivo pessoal.

Farroupilha fica a 107 km de Porto Alegre e a pouco mais de 30 km de Caxias. Também está bem próxima de Bento Gonçalves. Em maio, a partir do dia 7, a cidade sediará mais uma edição da Fenakiwi.

Um castelo em Caxias do Sul

28 de abril de 2010 0

Fui conferir o castelo da vinícola Château Lacave, em Caxias do Sul. Para quem não conhece, o castelo fica localizado às margens da BR-116 perto de Ana Rech. É à direita de quem segue na direção norte. Há um restaurante no local que, de acordo com alguns guias de turismo, é um dos melhores do Estado em se tratando de culinária italiana. A conferir. Turistas interessados apenas no passeio podem conhecer as dependências do castelo. Uma guia acompanha e conta toda a história do lugar.

Na parte interna:

As pedras do castelo foram colocadas sem cimento, apenas ajustadas uma à outra:

No sub-solo a área do castelo é reservada aos vinhos:

O restaurante do castelo:

Do lado de fora, muito verde:

fotos: arquivo pessoal.

Quem ficou interessado pode conferir horários de visitação no site do Château Lacave. Ah, no castelo também é possível comprar vinhos no varejo.

Barragem do Salto

27 de abril de 2010 2

As barragens estão em capas de jornais hoje, transbordando por causa da chuva. Pois imagino como deve estar agora a Barragem do Salto, que visitei há uns 10 dias. Em setembro do ano passado, 2 pessoas morreram afogadas nesta barragem, que fica em São Francisco de Paula, na serra gaúcha. Eles atravessavam de caminhão e foram surpreendidos pela forte correnteza do rio santa cruz, por causa da chuva. O caminhão foi arrastado e os 2 ocupantes morreram. Quem visita a barragem não imagina que possa ter acontecido algo semelhante. Quando estive lá a situação era bem tranquila. Agora, com a chuva dos últimos dias, acredito que o nível da barragem tenha subido bastante.

Neste caminho pavimentado à esquerda da foto foi onde o caminhão transitava e acabou levado pela correnteza. Choveu muito e a água passou por cima do muro de contenção da represa.

fotos: arquivo pessoal.

O acesso à Barragem do Salto é feito a partir da estrada que liga Canela e São Francisco. O trecho de uns 4 km mais ou menos é de chão, em condições razoáveis.

Uma livraria em São Chico

24 de abril de 2010 0

Já faz tempo que eu quero escrever sobre esta livraria de São Francisco de Paula, que já foi assunto de inúmeros blogs e matérias de jornais. A Livraria Miragem na verdade é bem real. Ela foi inaugurada em 2008 pela professora aposentada Luciana Olga Soares. Pois a livraria de São Chico virou atração turística da cidade. Na verdade não é apenas uma livraria, mas um espaço cultural, com casa de chá e sala de eventos.

Além de livros, é possível saborear um bom café ou lanche na casa de chá.

Ou visitar o centro cultural:

A Livraria Miragem fica na avenida principal da cidade, que no Outono ganha cores bem variadas.

fotos: arquivo pessoal.

Para escolher um local de hospedagem em São Francisco de Paula visite o site do Hotel in Site.

Uma estrada muito graciosa no Paraná

23 de abril de 2010 1

Sempre que vou ao Paraná faço este passeio. Desço de carro a Estrada da Graciosa. É um caminho diferente para quem sai de Curitiba em direção a Morretes. A estrada tem trechos em asfalto e trechos em paralelepípedo. Há pelo caminho pontes antigas, riachos, cascatas e mirantes. De lá é possível ver até o mar, em dias de céu claro. Para quem não conhece a Estrada da Graciosa, eis algumas fotos:

fotos: arquivo pessoal

O acesso à Estrada da Graciosa é feito a partir da Rodovia Régis Bittencourt, o trecho da BR-116 que liga Curitiba e São Paulo. A estrada termina em Morretes mas o passeio pode ser estendido a Antonina e Paranaguá e às praias do litoral do PR, como Matinhos, Caiobá e Guaratuba. Em Morretes não deixe de experimentar o tradicional prato da região, o Barreado. Há vários restaurantes especializados na cidade.

Um castelo na Serra Gaúcha

18 de abril de 2010 0

Recortes de Viagem. É assim que posso chamar este post do fim de tarde de domingo, após voltar de mais um passeio de carro. (tomando emprestado o nome do Blog da Colega Rosane Tremea). Pois o passeio que começou na sexta-feira à noite terminou na tarde de domingo e rendeu dezenas de fotos de lugares bem variados. Apesar de visitar cidades que já conhecia, procurei variar um pouco nas fotos. O resultado disso sai nos próximos dias aqui no Blog. Por enquanto, um aperitivo. Visitei, por exemplo, um castelo medieval na Serra:

Fui a uma barragem onde no começo do ano 2 pessoas morreram afogadas durante uma enxurrada:

E visitei ainda um famoso lago numa das cidades gaúchas mais conhecidas Brasil afora.

fotos: arquivo pessoal

Bem, fotos desses lugares aí a partir de terça-feira. Para segunda já tenho um post preparado de outro lugar bem bacana aqui no estado. Diferente de tudo que já postei até agora.

Rio Branco, no Uruguai

14 de abril de 2010 1

Apenas por curiosidade, estou postando uma matéria sobre a pequeníssima cidade uruguaia de Rio Branco, já que na minha recente viagem a Jaguarão não me limitei a visitar a área dos free shops. Fui conhecer o centro também. Além de pequena, Rio Branco me parece uma cidade velha. Praticamente não há prédios novos, apenas casas bem antigas, mas não no estilo de Jaguarão. São casas velhas mesmo. No centro, uma praça que me pareceu um pouco largada, para não dizer abandonada. À noite voltei a Rio Branco, desta vez para um bom jantar. Decidi experimentar a famosa carne uruguaia. O jantar foi bom e não saiu caro. O real vale bem mais do que o peso uruguaio. As fotos de Rio Branco:

Pracinha do centro:

O centro:

Carro estilo uruguaio?

No café e confeitaria Iberia, pausa para tomar um cortado e comprar doces.

À noite, o jantar:

fotos: arquivo pessoal.

A ponte que liga Jaguarão a Rio Branco

13 de abril de 2010 3

Hoje o Caderno Viagem de ZH publica matéria sobre Jaguarão, que saiu aqui no Blog. Então resolvi publicar mais alguma coisa da cidade. É sobre a ponte Barão de Mauá, que começou a ser construída em 1927 mas só foi inaugurada em 31 de dezembro de 1930. A obra foi paga pelo Uruguai. De acordo com informações da prefeitura de Jaguarão, 6 mil pessoas trabalharam na construção. Com o incremento dos free shops em Rio Branco, a ponte está ficando defasada. Já foi assinado acordo para construção de nova ponte ligando as duas cidades, separadas pelo rio Jaguarão. Mas dificilmente será tão bonita quando a atual. Pena que as fotos foram tiradas num dia nublado. O sol destacaria melhor esta obra de engenharia.

Como são apenas 2 pistas simples, uma em cada direção, nos dias de grande movimento o trânsito fica bem complicado.

Vistas do lado uruguaio.

Ao fundo, Jaguarão.

fotos: arquivo pessoal.

Mais sobre Jaguarão e Rio Branco aqui no Blog:

Onde se hospedar em Jaguarão.

As casas centenárias de Jaguarão.

Os free shops de Rio Branco.

São Lourenço do Sul - Praia de água doce

12 de abril de 2010 3

Começo a semana falando de praia. Mas praia de água doce. Passei por São Lourenço do sul na Páscoa, a caminho de Jaguarão. A cidade fica na zona sul do RS, bem perto de Pelotas e às margens da Lagoa dos Patos. Lá tem praias bem legais, muito procuradas no verão, especialmente por pessoas de cidades da região. Agora o verão já acabou mas para quem não conhece, é uma boa oportunidade de visitar a cidade, em clima mais tranquilo, e quem sabe programar um período de férias para o ano que vem. São Lourenço tem várias praias, mas a com melhor infra-estrutura é a das Nereidas, que fica bem ao lado do Arroio São Lourenço:

A área é toda urbanizada, com bares, restaurantes, muitas casas e um ótimo local para caminhadas.

A praia das Nereidas tem águas calmas com enseadas, pedras e lugares bem legais para descansar.

Também é possível fazer passeios de barco pela Lagoa, com saída do Arroio Lourenço.

fotos: arquivo pessoal.

Bem, a cidade de São Lourenço do Sul fica a 190 km de Porto Alegre, com acesso pela BR-116. Há alguns pedágios pelo caminho e a BR é movimentada por causa do porto de Rio Grande, mas vale a pena o passeio.

Os Free Shops de Rio Branco

07 de abril de 2010 7

Virou mania agora ir a Rivera ou Rio Branco fazer compras. O dólar baixo está levando muita gente aos free shops. Fui conferir Rio Branco na Páscoa. É bem menor do que Rivera. A área dos free shops na verdade funciona fora da cidade. É apenas uma rua ao lado da ponte. A cidade de Rio Branco fica a uns 5 quilômetros de distância. Acho que a colocação dos free shops ao lado da ponte foi mal planejada. Podiam ter feito no centro de Rio Branco, atraindo turistas também para o comércio local. Quem vai a Rio Branco nos fins de semana encontra tudo lotado, mas no feriadão da Páscoa o movimento foi ainda maior. Quem atravessou a ponte de carro teve dificuldades para achar local para estacionar.

Dentro das lojas também muito movimento:

Além de bebidas e perfumes, a maioria dos turistas vai em busca de eletrônicos. Mas é preciso pesquisar bastante ou conhecer o lugar porque muitos produtos tem preços quase semelhantes aos cobrados aqui no Brasil. Levando em conta o valor do pedágio – 68,20 reais ida e volta a partir de Porto Alegre – a diária do hotel e o combustível, a viagem pode não valer a pena. Mas é impressionante como tem gente consumista e compra tudo o que vê pela frente.

fotos: arquivo pessoal

Portanto, antes de sair em debandada para Rio Branco ou Rivera, verifique os preços dos produtos que deseja comprar aqui no Brasil, antes da viagem, e depois faça a comparação. Produto comprado lá não tem garantia.