Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "santa catarina"

Restaurante Nota 10 em Criciúma

03 de outubro de 2016 1

Este restaurante me surpreendeu em Criciúma por vários motivos. É o restaurante da Família Rosso, que fica no alto do morro da TV, com vista para a cidade. O restaurante serve um Buffet com preços diferenciados. A comida é preparada pelo Chef Alex e tem um sabor especial. Só experimentando para ver. O ambiente é de restaurante fino, mas os preços não. No sábado à noite, o Buffet com dezenas de pratos e saladas sai por menos de R$ 30. Custa apenas R$29,90. Em dias de semana há promoções. Na terça, o valor cai para R$ 19,90. Não se encontra restaurante assim no RS a esses preços.

rest1

O prédio onde funciona o restaurante é considerado histórico em Criciúma, já teve várias finalidades. Hoje é um restaurante que serve comida italiana.

rest4

rest3

Se fosse em Porto Alegre, uma refeição por lá não custaria menos do que uns R$ 80 , acredito. Em Criciúma, custa mais barato. O dono do lugar quis fazer um restaurante para as famílias e grupos de pessoas. Ele ganha pela quantidade. E está sempre cheio. Uma mostra de que não precisa ter ganância, é possível oferecer um serviço de primeira com preços acessíveis, que o lucro vem mesmo assim.

rest6

A vista para a cidade é bonita, mesmo à noite.

rest7

As fotos não estão perfeitas porque foram feitas por celular. Eu quis postar mesmo assim para mostrar o restaurante, que é muito bom mesmo. Um ambiente Chic a preços módicos. Isso não se encontra aqui no RS. Infelizmente. Para saber mais, visite a página do Família Rosso no Face. E visite meu perfil no Instagram, ou no Twitter.

 

 

Na Praia Grande catarinense

19 de setembro de 2016 1

O Aparados da Serra é uma das regiões mais bonitas do Brasil. Aqui no Rio Grande do Sul, o Itaimbezinho em Cambará do Sul é o principal ponto visitado. Do lado catarinense, o destaque fica por conta da parte baixa dos cânions. A cidade de Praia Grande fica bem na divisa com o RS. Lá não tem praia, mas as belezas naturais se destacam. Já na chegada, a vista da Serra Geral impressiona:

DSCN3103

DSCN3104

DSCN3105

Praia Grande se destaca pelo turismo rural. Uma das atrações é subir a estrada que vai para Cambará do Sul. No começo há alguns trechos de asfalto, mas o trajeto maior é de terra mesmo. Dirija com cuidado porque tem muita pedra.

DSCN3109

Não cheguei a subir muito, um dia ainda vou fazer o caminho contrário: vou sair de Cambará do Sul para Praia Grande. É mais fácil descer. Na subida, algumas fotos da região.

DSCN3112

DSCN3114

DSCN3115

Para quem curte o turismo rural e entre montanhas, este é o caminho certo. Outro lugar que se pode visitar em Praia Grande fica para os lados da Vila Rosa. Lá tem um restaurante que serve comida caseira, o Casa Nossa, que cobra R$ 38 por pessoa. Seguindo mais adiante, tem uma estrada que termina no pé da montanha.

DSCN3132

DSCN3133

É preciso deixar o carro e subir uma parte a pé.

DSCN3134

DSCN3136

Na região uma das atrações é o cânion Malacara, onde é possível fazer caminhadas com guia.

DSCN3143

Ou então apenas circule de carro pela região, apreciando a vista.

DSCN3144

DSCN3145

Praia Grande fica a uns 40 km de Torres e a estrada tem asfalto a partir da BR-101. Eu também tenho perfil no Instagram. E no Twitter.

A Pousada da Pedra Afiada

12 de setembro de 2016 1

Um pouco da viagem que fiz para o Sul de Santa Catarina em julho. Não me hospedei nesta pousada, mas fui conhecer. A pousada da Pedra Afiada fica na cidade de Praia Grande, em SC, aos pés dos Aparados da Serra. Um lugar tranquilo, em meio a belas paisagens. É considerada um Refúgio Ecológico, idealizado para proporcionar ao hóspede a vivência do ambiente natural e suas grandes belezas, respeitando a fragilidade da terra.

DSCN3127

Uma das atrações da pousada é o gigantesco cânion Malacara. Da pousada, o visitante ou hóspede tem vista para os mil metros de altura da montanha.

DSCN3118

DSCN3119

DSCN3120

A pousada é ideal para quem procura fugir da agitação das cidades, dormindo ao som do rio batendo nas pedras e acordando com o cantar dos pássaros.

DSCN3121

DSCN3123

DSCN3124

A Pedra Afiada fica no interior de em Praia Grande, na localidade conhecida como Vila Rosa. Para chegar lá a estrada é de chão, mas está boa. E tem uma paisagem espetacular.

DSCN3117

DSCN3128

Chegar na pousada a partir de Praia Grande é fácil. Siga em direção à Vila Rosa. Há algumas placas pelo caminho. Em caso de dúvida, basta perguntar a qualquer morador. Para acompanhar minhas outras fotos de viagens, me siga no Instagram. Eu também estou no Twitter.

Na rota do frio em Santa Catarina

10 de junho de 2016 3

Neste fim de semana em que uma forte massa de ar polar vai gelar ainda mais o Sul do Brasil e outras regiões, alguma coisa sobre a região serrana de Santa Catarina. A serra gaúcha é muito fria, mas é em SC onde se encontra frio ainda mais intenso. É mais fácil ter temperaturas abaixo de zero por lá. E no Morro da Igreja, às vezes neva. Certo que a região serrana de SC não tem a mesma infra-estrutura da Serra Gaúcha para receber o turista, mas a região é muito bonita e merece destaque também. Uma das cidades mais frias de lá é Urupema. A cidade, em si, é bem pequena. Do hotel que fica no alto de um morro, é possível ver toda a área urbana.

urup3

A região mais fria de Urupema é no Morro das Antenas, na entrada da cidade. É lá que são observadas as temperaturas mais baixas. Nesta sexta-feira, 10 de junho, por exemplo, fez 7 graus abaixo de zero. O morro tem acesso por estrada de chão.

urup2

urup1

Perto de Urupema fica a cidade de Urubici. Um pouco maior e com mais estrutura para receber o turista. Tem um bom hotel no centro e algumas pousadas.

urub

Urubici tem uma cascata, a do Avencal, que merece uma visita.

uru4

Também é a partir de Urubici que o turista tem acesso ao Morro da Igreja, onde fica uma base militar. Lá em cima tem a pedra furada e na área geralmente neva quando faz muito frio. O acesso para o morro tem asfalto mas parece que não está em boas condições. Mesmo assim, vale a pena conhecer.

urub2

uru3

A pedra furada nem sempre pode ser observada. Às vezes tem muita neblina por lá. Outra cidade da região serrana de SC é São Joaquim. Esta é muito badalada, mas também não tem uma grande estrutura para o turismo. No centro, se destaca a grande igreja.

sj1

São Joaquim tem o parque da neve, onde turistas vão quando neva, mas confesso que não vi grandes atrativos por lá. Tem uma pousada no meio da mata, para quem curte esse tipo de hospedagem. E para encerrar o post, a cidade de Bom Jardim da Serra, que fica bem na descida da Serra do Rio do Rastro, um dos lugares mais espetaculares que conheci.

bjs3

Descer a Serra de carro é um roteiro que recomendo a todos.

bjs4

Na região, a altitude é superior a 1.300 m. Bem na boca da serra tem uma pousada, com cabanas.

bjs

bjs1

Na estrada, ao lado de um restaurante, tem uma bela cascata.

bjs5

Bem, tanto o RS, quanto SC, tem regiões belíssimas na Serra e vale a pena conhecer todos esses lugares. Santa catarina está bem ao nosso lado. Fácil de ir. Eu também tenho perfil no Instagram. Também estou no Twitter.

 

Em Nova Veneza

15 de março de 2012 0

Durante a viagem de férias passei por Nova Veneza, um município ao lado de Criciúma, SC, que afirma ser o mais italiano do Brasil. É uma cidade bem pequena. Na rua principal, vi muitas pizzarias.

A praça principal onde tem uma gôndola de Veneza está em obras. A cidade é cortada por um rio, que tem uma água amarelada…

Na estrada, pouco antes do pórtico, o que chama a atenção são as flores no acostamento.

Olha, em se tratando de cidades brasileiras de origem italiana, sou muito mais Antonio Prado.

Na serra do rio do rastro

07 de março de 2012 0

Estamos a 1.421 m de altitude, no mirante da Serra do Rio do Rastro, observando a estrada que vamos percorrer abaixo. São 12 km de descida íngrime.

Antes de descer é possível apreciar a vista…

… ou alimentar os quatis.

Uma vez na estrada, é preciso atenção. Ela é estreita, cheia de curvas e em alguns trechos colada ao paredão de pedra.

Outro problema são os caminhões, especialmente quando vem em sentido contrário. Acho que a estrada deveria ser totalmente proibida para caminhões.

Um lugar para sentir frio - e só.

06 de março de 2012 0

Quem visita Urupema só tem um objetivo. Sentir o frio e se possível, ver neve. A cidade é super pequena e não tem nada a oferecer. Na foto, 95 por cento de Urupema aparece.

O principal ponto turístico é o Morro das Torres, mas o acesso é bem complicado em alguns trechos.

Como caiu uma forte chuva no dia da visita, não pude visitar a cachoeira que congela no inverno, que fica ao lado.

No centro de Urupema, esta igreja é diferente. Fica na frente da praça.

Se estiver pensando em visitar Urupema meu conselho é: desista. Vá para Urubici ou São Joaquim…

Litoral Norte de SC - Garuva

05 de março de 2012 0

Saindo de Guaratuba em direção à SC, a estrada tem belas paisagens.

Chegando em Garuva, a última cidade antes do Paraná.

Garuva fica bem ao pé da serra.

Quando chove, é comum ocorrerem deslizamentos na região.

Na serra catarinense

29 de fevereiro de 2012 0

Na serra catarinense, a 1.400 m de altitude, em Urupema. Na viagem pela BR-282, belas paisagens.

Urupema é uma cidade minúscula. Cabe inteira na foto tirada da janela do hotel.

O Morro das Torres, com uma altitude de 1.750 m é de difícil acesso, mas a vista lá de cima é espetacular.

Aqui, no inverno, faz 6 graus abaixo de zero. No verão, espero uma noite bem agradável para dormir…

O melhor hotel de Brusque

03 de fevereiro de 2011 0

Quem vem a Brusque não pode deixar de se hospedar no Colina Monthez, o melhor hotel da cidade e região, sem dúvida. Fica no alto de uma colina, com vista para toda a cidade.

Tem uma piscina térmica e outra ao ar livre, com água levemente aquecida, para tirar o gelo.

O café da manhã é muito bom e os apartamentos são, na maioria, bem espaçosos. No geral o ambiente do hotel é ótimo. O prédio tem um estilo alemão. Vale a pena mesmo ficar aqui. Brusque é uma cidade pequena, onde o maior atrativo são as compras. Há vários mini shoppings espalhados especialmente às margens da estrada. Mas vista do hotel, Brusque parece uma cidadezinha bem interessante.

Eu não tinha programado vir a Brusque, nem mesmo ao litoral do Paraná, mas acabei mudando os planos e foi bom. Daqui para a frente ainda não sei bem meu destino. A única certeza é que volto para Porto Alegre domingo.