Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Vale do Taquari"

Vale Aventura - o sonho que se tornou realidade em Colinas

12 de abril de 2017 0

O mentor deste projeto é o Vitor Juliano Hollmann. Ele sempre gostou de viajar, já conhece 7 países, e resolveu criar aqui no RS um projeto especial. O Vale Aventura é, antes de tudo, um empreendimento familiar. O Vitor uniu toda a família para tornar o sonho em realidade.

DSCN5513

DSCN5512

O fato de ele conhecer bem a cidade e a região onde mora, ajudou. Vitor buscou parceiros para levar o projeto adiante. O Vale Aventura é uma Casa de Hospedagem, onde o turista é recebido num ambiente bem familiar. Localizada bem no centro de Colinas, é um lugar bem aconchegante que oferece café da manhã, serviço de bar, tv  a cabo, ar condicionado e sala de jogos. O hóspede tem toda a privacidade, como se estivesse num hotel ou pousada, com atendimento bem diferenciado.

DSCN5507

DSCN5506

DSCN5505

Além dos pernoites, são oferecidos pacotes personalizados. Tem o turismo de aventura que inclui canoagem, stand up no rio Taquari, passeios de bike e a cavalo, além de trekking, entre outros.  No turismo rural, uma das atividades são as trilhas ecológicas, observação de pássaros, bonsais, produtos coloniais e hortas colhe e pague, além de visitação em propriedades rurais, tudo mediante agendamento.

DSCN5510

O visitante é recebido com tapete vermelho…

DSCN5511

Na Casa de Hospedagem tudo é bem planejado. Não é um projeto amador, mas muito profissional. Os quartos tem decoração especial. O banheiro é amplo e a cozinha compartilhada tem na geladeira refrigerantes, água, cerveja e picolés, tudo à disposição do hóspede. Pois bem, o Vale Aventura funciona com parceiros na cidade de Colinas e na região. Um desses parceiros é a Floricultura/Viveiro Léo, onde os visitantes encontram mudas de várias espécies de plantas e folhagens. Há também uma estufa para visitação e a venda de acessórios para as plantas.

DSCN5519

DSCN5522

DSCN5523

DSCN5524

Colinas é conhecida como a Cidade Jardim. E a propriedade da Família Andrade tem o jardim mais bonito da cidade. É um espaço com inúmeras especies de plantas bem distribuidas num lindo gramado, além de pássaros, onde o Sr. Mário Andrade por hobby já registrou e fotografou mais de 100 especies de aves. Lá é possível realizar com agendamento um birdwatching ( trilha com observação de pássaros).

DSCN5536

DSCN5532

DSCN5541

Toda a região de Colinas tem belas paisagens, que estão à disposição do visitante, de graça:

DSCN5539

DSCN5527

DSCN5550

DSCN5558

Outro parceiro é o Retiro, que oferece um belo local de descanso, com piscina e outras atrações. O local recebe grupos e tem alojamento para até 200 pessoas. Lá, o visitante pode fazer passeios a cavalo, charrete e jogar futebol, entre outras atividades. Fica no alto de uma das Colinas da cidade, com uma bela vista para o Vale. O por do Sol da foto postada mais acima foi registrado lá.

DSCN5554

DSCN5553

Colinas fica ao lado do Rio Taquari, onde o Vale Aventura oferece canoagem e Stand Up.

DSCN5585

DSCN5590

DSCN5595

Um passeio pela mata termina no Espaço Terapias Naturais Ano Bom, onde o Sr. Oscar oferece massoterapia, meditação, reiki e massagens com cristais. Ele é conhecedor do Calendário Maia, e fala aos visitante sobre a integração do homem com o Planeta e o Universo. Caminhar pela mata com o Oscar é uma experiência inesquecível, mesmo que o visitante seja obrigado a superar alguns obstáculos.

DSCN5620

Afinal, a superação de obstáculos e a integração com a Natureza fazem parte do pacote. No caminho, tem a trilha das Samambaias.

DSCN5617

DSCN5618

O Oscar mora à beira da Mata com a esposa Maria Helena e nove cachorros. O simpático casal recebe os participantes da caminhada com um café da manhã.

DSCN5609

DSCN5607

Um roteiro meio místico que torna a caminhada bem interessante. O Vale Aventura está no Facebook, com as informações de contato. A Casa de Hóspedes está aberta a todos que desejam viver uma bela experiência. Eu garanto que vale a pena conhecer. Confira os comentários dos visitantes no Face. O Blog também publica fotos no Instagram.

O Parque Histórico de Lajeado

07 de dezembro de 2016 1

Lajeado tem um Parque Histórico Municipal. Fica ao lado do Parque do Imigrante, o centro de eventos onde são realizadas as feiras da cidade.

DSCN4378

No parque, com acesso gratuito, o turista tem a chance de conhecer um pouco da cultura alemã, colonizadora do município, e apreciar a gastronomia local.

DSCN4384

DSCN4385

DSCN4386

Além dos prédios de estilo enxaimel, uma característica das habitações alemãs, o parque também possui espaço destinado à realização de eventos de lazer e gastronomia, onde pode ser apreciado o tradicional café colonial.

DSCN4393

DSCN4394

DSCN4395

O parque fica logo depois da ponte do Rio Taquari, à direita de quem sobe a BR-386. Um curiosidade: o Parque Histórico serviu de cenário para o filme “A Paixão de Jacobina” (2002) do diretor Fábio Barreto. Há uma placa informando qual a casa usada no filme como a residência de Jacobina.

DSCN4397

DSCN4398

DSCN4400

Lajeado é a maior cidade do Vale do Taquari. Fica a cerca de 120 km de Porto Alegre. Os primeiros colonos alemães chegaram à região em 1854 e Lajeado foi fundada em 1855.

DSCN4401

DSCN4404

DSCN4406

Lajeado é vizinha de Estrela. O Rio Taquari separa as duas cidades.

DSCN4412

DSCN4413

DSCN4416

Curta também o Blog no Instagram e no Twitter.

O Lago Verde e a Cascata da Baleia em Ilópolis

25 de novembro de 2016 2

Duas atrações naturais em Ilópolis. A barragem do Lago Verde foi construída no início da década de 40 para fornecer água à uma pequena usina hidrelétrica que funcionava no município.

DSCN4262

DSCN4263

Com a desativação da usina em 1981, a barragem perdeu sua finalidade original, mas firmou-se como um dos mais belos cartões postais de Ilópolis.

DSCN4264

DSCN4265

DSCN4269

DSCN4270

A água do lago às vezes tem um tom meio esverdeado devido à composição orgânica. O lago Verde fica bem perto do centro de Ilópolis. Há placas indicando o caminho. E logo depois do lago está mais uma atração, a Cascata da Baleia.

DSCN4278

A Cascata da Baleia é formada por três quedas d’água consecutivas, e atinge uma altura de 50 metros.

DSCN4277

Para chegar até a cascata, o turista precisa descer pouco mais de 200 degraus e caminhar por 200 metros de trilha.

DSCN4274

DSCN4276

Na área da cascata, mais uma vez percebe-se a falta de educação de alguns visitantes. Latas de cerveja entre as pedras e isso que existe uma lixeira na entrada.

DSCN4282

DSCN4287

DSCN4286

Bem, não se assuste com os degraus e a trilha. Vale a pena fazer a caminhada e conhecer a cachoeira.

DSCN4284

DSCN4285

A estrada que leva até a região da cachoeira está ótima e o trajeto é curto.

DSCN4288

E circulando pelo centro de Ilópolis, o visitante descobre algumas casas antigas.

DSCN4260

Confira também aqui no Blog outra atração de Ilópolis, o Museu do Pão. E curta minhas fotos no Instagram. Também estou no Twitter.

Ilópolis: Museu do Pão e o Santuário

23 de novembro de 2016 1

Fica no centro de Ilópolis uma das principais atrações turísticas da cidade, o Museu do Pão. É bem ao lado do Moinho Colognese, construído em 1917, que foi restaurado e hoje faz parte do conjunto arquitetônico do museu.

DSCN4228

DSCN4227

No Museu, o visitante conhece a história do pão, por meio de uma linha do tempo que mostra equipamentos utilizados desde o plantio de grãos até a elaboração do alimento. Há uma Oficina de Panificação, onde são ministrados cursos por pessoas especializadas na área de farináceos. O antigo moinho também é utilizado para visitas ao complexo.

DSCN4225

DSCN4226

No moinho funciona a a chamada Bodega, onde os atrativos são a degustação das iguarias feitas na oficina. No Moinho Colognese, é possível acompanhar o processo de transformação do grão em farinha, com equipamentos originais.

DSCN4231

DSCN4235

DSCN4229

O Museu do Pão funciona de terça a sábado, pela manhã e à tarde.

DSCN4236

DSCN4238

DSCN4237

Ilópolis é uma pequena cidade localizada no vale do Taquari. Fica a quase 200 Km de Porto Alegre. Pela BR-386 até Lajeado e depois pegando a RS-130 até Encantado, onde tem uma estrada à esquerda que leva para Anta Gorda, Ilópolis e Arvorezinha.

DSCN4242

DSCN4243

Ilópolis tem outra atração no Centro. O Santuário São Paulo Apóstolo, único local fora do Vaticano dedicado ao Apóstolo. A igreja foi construída em 1937 e no ano 2000 passou a ser chamada de Santuário.

DSCN4247

DSCN4246

DSCN4245

Uma curiosidade. No interior da igreja há área dedicada ao papa João Paulo II. Tem uma estátua em tamanho natural com uma veste doada pelo próprio papa. Ilópolis é o único município do mundo a ter um santuário em homenagem a João Paulo II. Por esse motivo, recebeu a doação de uma gota de sangue do papa, feita pelo cardeal Stanislaw Dziwisz, que foi assessor pessoal do pontífice.

DSCN4248

Ilópolis tem outras atrações, na área rural, que serão mostradas no próximo post. Eu também tenho fotos no Instagram e conta no Twitter

No Caminhos da Forqueta

10 de agosto de 2016 1

Forqueta é um distrito de Arroio do Meio, no Vale do Taquari. A região está na lista das mais bonitas do RS. Em Forqueta tem uma igreja de pedra, que se destaca por ser justamente diferente. A construção demorou uns 50 anos. A obra começou em 1900 e só terminou em 1951.

DSCN2989

DSCN2988

DSCN2998

A igreja fica ao lado do cemitério, que é muito bem cuidado e limpo. Aliás, a maioria das regiões com população de origem alemã é assim. A organização é marca registrada.

DSCN2993

DSCN2991

DSCN2995

Tem outra igreja na região:

DSCN2999

Esta é mais simples, tradicional.

DSCN3000

Outra marca da região: casas antigas e belas paisagens.

DSCN3002

DSCN3001

Arroio do Meio fica ao lado de Lajeado. Os Caminhos da Forqueta tem acesso por estrada asfaltada, a partir da RS-130, no trevo de acesso para Arroio do Meio. É só seguir na direção de Travesseiro. Para acompanhar as fotos de minhas viagens, confira minha conta no Instagram. Eu também estou no Twitter.

 

Na cidade de Coqueiro Baixo

01 de agosto de 2016 4

Nos últimos 15 dias mais ou menos conheci três cidades novas no Rio Grande do Sul. Uma delas é Coqueiro Baixo, que fica no Vale do Taquari. No total, já estive em 315 cidades gaúchas. São 497. Coqueiro Baixo chama a atenção pela limpeza das ruas. É uma cidade pequena, mas parece ser bem organizada. Quem chega a partir de Nova Bréscia do Sul ou Travesseiro, logo na entrada encontra a igreja.

DSCN3007

A igreja fica numa área elevada.

DSCN3009

DSCN3010

O centro da cidade fica logo adiante. Tem uma bela praça nas proximidades.

DSCN3014

DSCN3015

DSCN3016

O nome Coqueiro Baixo é de 1850. Havia muitos coqueiros na região. Um deles era bem baixo e com o tronco grosso, que ficava próximo ao arroio que banha a cidade. Daí veio o nome do município.

DSCN3017

DSCN3018

DSCN3019

A colonização italiana deixou marcas em todas as comunidades do município, isso é percebido pelas edificações de igrejas e de vários capitéis religiosos que manifestam também a fé pelo catolicismo pregado até hoje pela maioria da população.

DSCN3020

No centro tem outra praça, um pouco menor.

DSCN3024

DSCN3023

DSCN3022

O Município de Coqueiro Baixo possui muitas belezas naturais, contando com cascatas e campings de lazer, turismo e aventura. Aliás, essa é uma característica dos municípios do Vale do Taquari. Eu também tenho perfil no Instagram e no Twitter.

Passeando pelo Vale do Taquari

25 de julho de 2016 1

Na metade de Julho fiz um roteiro pelo Vale do Taquari. Não apenas pelas estradas principais, mas também por estradas de chão, que ligam os municípios da região. Esses passeios permitem a descoberta de lugares pouco conhecidos. Como o domingo passado foi um dia de Sol, facilitou as fotos. Saindo da RS-130 em Arroio do Meio em direção a Travesseiro, a estrada tem asfalto até a localidade de Forqueta. Depois é apenas chão. Eu segui até Coqueiro Baixo e pelo caminho fotografei algumas paisagens.

DSCN3003

DSCN3005

No interior de Relvado, um antigo moinho.

DSCN3033

DSCN3030

Engraçado é que as Vacas sempre param e olham quando estou fotografando.

DSCN3028

Já quase chegando a Relvado, uma pequena igreja.

DSCN3037

DSCN3038

Na região, além de Relvado, ficam as cidades de Nova Bréscia e Capitão, entre outras. Todas já foram visitadas pelo Blog. A cidade nova é Coqueiro Baixo, que conheci na semana passada, e vou postar sobre ela nos próximos dias. Eu também tenho perfil no Instagram e no Twitter.

Um passeio por Vespasiano Correa

04 de julho de 2016 3

Dizem que Vespasiano Correa é a terra natal do Renato Gaúcho. A cidade fica na subida do Vale do Taquari para a Serra. Também é a terra do Viaduto 13. Bem no centro da pequena cidade fica a Igreja Matriz São João Batista.

DSCN2560

DSCN2561

A igreja tem uma pintura em estilo barroco, com inúmeras estátuas vindas da Itália. É naturalmente decorada com hortênsias em diversos tons de azul. A escadaria é recente, antes era um calçamento.

DSCN2553

DSCN2554

DSCN2556

DSCN2558

 

DSCN2559

DSCN2564

DSCN2562

A estrada de acesso a Vespasiano a partir da RS-129 é bem bonita e tem uma espécie de túnel verde.

DSCN2565

Você pode fazer também um passeio pelo interior do município, como este, pela Linha Dona Izaura.

DSCN2566

Lá tem uma pequena igreja.

DSCN2567

DSCN2568

Na frente de uma propriedade, uma curiosidade: um encontro de Urubus…

DSCN2569

DSCN2570

Vespasiano fica entre Muçum e Dois Lajeados. Eu também tenho perfil no Instagram e Twitter.

A santa que protege Muçum

01 de julho de 2016 1

Muçum é uma pequena cidade do Vale do Taquari, às margens do rio do mesmo nome e do Rio Guaporé. Também é conhecida como a cidade das pontes. Quem visita Muçum percebe, à noite, uma estátua iluminada no alto do morro. É Nossa Senhora da Salete, que protege a cidade.

DSCN2552

DSCN2551

O acesso para o local da santa pode ser feito pela RS-129. Há uma pequena placa indicando, à direita de quem sobe. A estrada de chão foi recuperada há pouco tempo e está boa. Dá para estacionar o carro a apreciar a vista.

DSCN2548

DSCN2547

Também é possível chegar ao local da santa a partir do centro da cidade, ao lado da igreja, mas o caminho deve ser feito a pé.

DSCN2546

DSCN2545

Muçum também é procurada por turistas que pretendem conhecer a ferrovia do trigo, que passa pelos famosos viadutos da região. Eu também tenho perfil no Instagram e no Twitter.

A "Stairway to River" de Estrela

24 de junho de 2016 2

Aproveitando que nesta semana o Led Zeppelin foi inocentado da acusação de plágio da famosa canção “Stairway to Heaven”, decidi fazer um post sobre outra escadaria, a de Estrela. Fica bem perto do centro da cidade, na Rua Arnaldo José Diel. Na década de 1920 era acesso ao porto de Estrela, inaugurado em 1924. Hoje, é usada como ponto de partida e chegada de lanchas que transportam pessoas para Cruzeiro do Sul e Lajeado, cidades vizinhas também banhadas pelo Rio Taquari.

DSCN2523

As duas estátuas localizadas na parte alta da escadaria são popularmente conhecidas como “Adão e Eva”, e representam a indústria e o comércio.

DSCN2524

DSCN2531

A primeira etapa da revitalização da escadaria foi inaugurada em 21 de março deste ano e significa a retomada da relação da cidade com o rio.

DSCN2529

DSCN2530

A escadaria estava desativada desde 1974. para utilização da área em favor da cervejaria Polar até 2006. Em 2014 começou o processo de reabertura, transformando a escadaria num dos pontos turísticos mais visitados da cidade.

DSCN2532

O prédio onde funcionava a cervejaria polar incendiou em 30 de julho de 2013. A fábrica já estava desativada e a prefeitura tinha a intenção de transformar a área num centro administrativo. Hoje, o prédio está abandonado.

DSCN2533

DSCN2535

Com a liberação da área, as pessoas passam a ter acesso ao local, que é bem bonito. Estive lá num dia com céu fechado, mas pretendo voltar para fazer fotos com Sol e céu azul. O Rio Taquari é um dos mais importantes do RS. Eu também tenho perfil no Instagram e no Twitter.