Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 17 julho 2011

Índios chilenos invocam o espírito do vulcão

17 de julho de 2011 0


Os Mapuches, habitantes originários da Patagônia, postaram-se à beira do Lago Nahuel Huapi, aquele maravilhoso, nas redondezas de Bariloche. Eles suplicavam ao Pillán (o espírito que, segundo sua crença, reside no vulcão Puyehue) que acalmasse sua ira e parasse de emitir as cinzas que estão soterrando milhares de hectares ao sul da Argentina.

Segundo eles, o que acontece hoje será bom para a terra, em dois ou três anos, mas o hoje preocupa cada vez mais.

O ano novo Mapuche é comemorado no dia 24 de junho, mas, antes dessa data, a cerimônia de preces, que deveria ocorrer apenas em casos de emergência, já foi feita mais de três vezes. A última, comandada por uma mulher de preto da cabeça aos pés (usando um cinto negro com pequenos discos prateados) reuniu 300 pessoas antes do raiar do sol.

Os Mapuches não conseguem entender o porquê da fúria do Puyehue, normalmente benigno. O céu cinza, o lago sempre azul que ganharam cores profundas, tudo os assusta. É comum dizer que eles não se assustam por pouco. São famosos por seu espírito guerreiro.

Quando os colonizadores espanhóis chegaram ao Chile, no início do século XVI, e fundaram Santiago, esses indígenas se refugiaram ao Sul do país, em Chiloé, e estão ali até hoje.

Até aí tudo bem. E se o vulcão acalmar? O que vamos pensar? Foram as forças da natureza que esgotaram o ciclo normal ou as danças Mapuches?

 

Bookmark and Share