Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Somos 7 bilhões

31 de outubro de 2011 0

Hoje, segunda-feira, dia 31, todos nós sabemos que a humanidade chegou aos sete bilhões. Não sei se é auspicioso chegarmos com o número 7, e no dia das bruxas. Mas deixo esta análise para quem tiver uma relação mais próxima com as “forças ocultas”. É claro que não estou falando das do Jânio e de outros presidentes.

Só não sabemos quem é o Sr. Ou a Sra. 7 bi. Sabemos, também, que China e Índia são os países mais habitados do planeta. Aliás, não é de agora. Quando, ainda no século passado, eu mambembeava apresentando documentários, sempre que exibia um, chamado “A China que eu vi”, era crivado de perguntas.

Ora! Na década de 70, qualquer coisa sobre o Império do Meio era novidade, e uma das perguntas era: “joga-se futebol na China?” Ante as minhas dúvidas, a pergunta era: “qual o esporte mais popular lá?” Eu respondia que, se um país havia chegado a 1,1 bilhão pessoas, nem se precisava perguntar qual a atividade recreativa mais popular.

Pois bem, hoje eles têm 19% da população mundial (mais ou menos assim: de cada 5 habitantes do planeta, 1 é chinês e produz quinquilharias para o Paraguai).

Mas há outras deduções interessantes.

Por exemplo, quantos por cento da humanidade moram em cidades? A resposta é: 50,5%, ou seja, um pouco mais do que os que moram no campo.

Tem o mundo mais homens ou mulheres? Pela primeira vez, leio que há mais homens: 50,4% (não sei como estão sendo computadas as desistências – cada vez mais comuns, não é Ricky?).

E o número de cristãos? Trinta e três por cento dos indivíduos.

E a idade média da população? Vinte e nove anos.

E quanto ganha em média cada ser humano? US$ 10.290,00 por ano.

E quantos não usam a internet? Eu e mais 73% da população.

Quantos por cento da terra utilizamos? Cinquenta e cinco por cento. Os 45% não usados estão justamente no continente mais faminto: a África.

O que assusta é que, em 1927, éramos só dois bilhões; ou seja, em 84 anos, crescemos cinco bilhões – isto com campanhas, pílulas, camisinha, etc.

Se retrocedermos, saberemos que a Terra é habitada há uns 50.000 anos. Cento e oito bilhões de humanos já viveram neste planeta, e, hoje, 6,5% de todos os seres humanos nascidos estão aí vivos (não tão vivos quanto a família Sarney), mas vestidos e protegidos.

A boa notícia é que temos alimentos para eles. A má notícia é que as populações que mais crescem são as das regiões mais pobres.

Os dados usados, inquietantes ou não, são da Revista Time, a quem agradeço.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário