Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Pássaros ameaçados

01 de fevereiro de 2012 0

“A exemplo dos tico-ticos, os beija-flores também estão desaparecendo da natureza. No caso, o principal motivo do desaparecimento são esses bebedouros coloridos que pessoas adquirem nas lojas para fornecer água doce às aves e deixam vários dias sem lavar e nem trocar a água”

Quem escreveu isto na Coluna do Leitor foi José Jordão Disconzi: professor.

Li atentamente. A palavra professor ainda é respeitada por pessoas da minha geração.

Pois bem, eu sou um dos que alimenta beija-flores – quem sabe os esteja transformado em beija-garrafas, mas faço isso há tanto tempo que não me atrevo a fechar o restaurante deles. Me dão muito prazer, e, quando me atraso, sinto até um certo remorso de vê-los nas plantas, em volta, à minha espera (os beija-flores armazenam muito pouca energia; portanto, entre o acordar e a primeira alimentação, a sua autonomia é diminuta).

Se os meus são bem cuidados? Acho que sim – pelo menos no setor higiene. Convivem bem, muito bem, com carruíras e cambacicas e consomem, em média, 2,5 litros de água adocicada. E só quem os afugenta, às vezes, é um casal de pássaros pretos (não convidados), que têm dez vezes o seu tamanho.

A higiene não é complicada. Só evite sabões ou detergentes com cheiro, pois o chamado perfume os espanta, os inibe. Os bebedouros são retirados ao anoitecer  (se não o fizermos, chegam os morcegos – nada contra eles, mas, entre os beija-flores e os “ratos com asas”, prefiro os primeiros. Os alimentadores novos são bem maiores e facilitaram bastante a tarefa. Os meus tomam o café da manhã comigo. Só estamos em lados opostos da janela (mantenho a janela semi-fechada para que não entrem; quando acontece, é um rebuliço: tranca-se a porta, abrem-se todas as janelas, etc.), mas a um metro de distância.

Quanto de açúcar uso? Não sei, nunca medi, mas aproximadamente 20%.

Me fazem muito bem.

Portanto, Professor José Jordão Disconzi, aqui está a minha colaboração. Sei que postagens eletrônicas estão longe de ser um Exocet, mas lembre: foram pequenas postagens que iniciaram a Primavera Árabe… Se cada um fizer a sua parte…

Foto: 

http://www.sxc.hu/browse.phtml?f=download&id=715886

Bookmark and Share

Envie seu Comentário