Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Paris gastronômico

15 de fevereiro de 2012 0

Agora lembro que, na postagem anterior sobre a Cidade Luz, eu deveria ter lhe recomendado a casa Caviar Kaspia, a Maison de La Truffe, e a épicerie Hediard. Pode parecer um verdadeiro sonho, mas era longe de onde eu pretendia conduzi-lo neste passeio imaginário. Mas esteja bem com você mesmo e faça tudo com muita calma. Aprecie uma Veuve Clicquot sentadinho nas mesas na Fauchon por apenas 40 euros e fique olhando em volta para imaginar o passado da velha casa e lembrar as delícias que já abrigaram aqueles balcões, quem foi atendido naquelas mesmas mesas, e depois viajar nas geléias da Hediard. É a uma quadra da Fauchon. Aprenda ali sobre trufas e caviar.
Para o dia da despedida, reservamos um passeio especial ao Grand Palais. Uma linda exposição (não sei quem estará ali, mas só o prédio já é um colírio para os seus olhos e a sua mente).
Tudo visto, antes de fechar as malas, não deixe de refletir sobre o porquê de tantas reclamações em relação ao jeito “francês” de ser. São elas verdadeiras ou nós é que não seguimos as normas dos donos da casa? Há dúvidas. Eu, que nunca tive nenhuma contrariedade, já tenho minha resposta: quem não se sente Napoleão possuído numa cidade como Paris? Linda, imponente, exuberante, culta e única? Até podemos perdoá-los por algum exagero.
Se você tem dúvidas sobre o porquê de Paris, toujours Paris, não se constranja, pergunte ao pessoal de esquerda. Todos os famosos e bem-sucedidos têm casa lá.
Au revoir e bon retour!!!

Foto: Laerte Martins.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário