Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Rio, confete e serpentina II

24 de fevereiro de 2012 0

Não se surpreenda por eu voltar ao assunto. Assisti ao desfile na avenida várias vezes, mas nunca havia participado da intimidade dos blocos de rua.

Nos dias de carnaval, a produtora Júlia e as amigas podem ser vistas entre 6h 30min e 7h numa lanchonete do Leblon com um copo de suco na mão, já fantasiadas e com muita disposição para enfrentar a maratona de, pelo menos, três blocos. Elas são algumas dos muitos atletas que andam e pulam quilômetros atrás de diversão.

O principal segredo para encarar a prova de quatro dias é a empolgação, doses extras de disciplina e empenho. Eu nunca poderia imaginar, mas, graças à prima Regina, fiquei sabendo que há dois tipos de carnavalescos: os que vão para a avenida e os que não saem da sua área – ou seja, os que vivem o carnaval e os que vêem a escola passar. Assim como na vida, você pode ser expectador ou participante.

Muito da energia vem do que elas carregam na mochila – e não da birita, como eu sempre pensei. Na noite anterior, foram ao supermercado e refizeram o estoque de suprimentos: barras de cereal, água de coco e isotônicos, tudo bem leve. E cerveja? Pode?

“Durante o bloco, pode, sim, claro que pode, mas, entre um e outro, ou quando em casa, o negócio é água de coco.”

Eu não sabia, mas a prima Regina, que sabe tudo de carnaval, me explicou: de acordo com a sua amiga Luciana, nutricionista, uma mulher queima, em média, 300 calorias durante duas horas de folia num bloco, e um homem 500.

“O metabolismo de quem é ativo favorece a queima”, explica ela, destacando, ainda, que é muito importante não sair de casa em jejum. Tomar um café da manhã reforçado garante energia e ajuda na saciedade ao longo de todo o dia.

Entre um bloco e outro, a recomendação é que os foliões façam lanches como frutas secas e castanhas, que devem ser levados de casa, o que os manterá longe de bares e ambulantes que vendem pastéis, empadas e salgadinhos gordurosos.

Se você não resiste a uma cervejinha ou a um drinque feito com destilados, as duas especialistas concordam que se pode beber, mas com moderação – uma artimanha é alternar as doses com água.

Elas lembram que um copo de bebida alcoólica tem, em média, a mesma quantidade de calorias de um pão francês, ou seja: 135.

Se pensar que, ao tomar cinco chopes, estou comendo cinco pães franceses, já paro antes de pedir o segundo.

Foto: 

http://www.sxc.hu/browse.phtml?f=download&id=479998

Bookmark and Share

Envie seu Comentário